WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"horigem-da-bonecas-africana"

Decoração de bolos - como fazer boneco de neve com pasta americana

Os recursos de confeitagem são indispensáveis para que se exerça a função de decorador de bolos, de forma eficiente. Para o Natal, então, é inadmissível a falta de criatividade na decoração de bolos temáticos. Portanto, mãos à obra, inspire-se nesta data tão especial, solte toda a sua imaginação e crie os mais variados enfeites para abrilhantar ainda mais o seu bolo. Para ajudar no passo inicial, siga o passo a passo e aprenda a fazer um maravilhoso boneco de neve decorativo, confeccionado em pasta americana. Quer aprender? Ele é fácil de fazer, não demanda muito tempo, não exige recursos onerosos e são absolutamente lindos quando usados na decoração de bolos natalinos. Então, mãos à obra!

Abelhas com ferrão: Abelhas Africanizadas (Africana+Europeias)

As Abelhas Africanizadas são poliibridos resultantes dos cruzamentos entre a Abelha-Africana, Apis mellifera scutellata, anteriormente classificada como Apis mellifera adansonii, e as raças europeias, Apis mellifera mellifera, Apis mellifera ligustica, Apis mellifera carnica e Apis mellifera caucasica, que foram introduzidas na América antes da chegada das africanas, em 1956. No entanto, predomina, nas Abelhas Africanizadas, as características morfológicas e comportamentais das Abelhas-Africanas.

As abelhas africanas são assassinas. Mito ou realidade?

Muito agressivas, as abelhas africanas (Apis Mellifera Scutellata-africanas), tristemente célebres, procedente de um cruzamento com uma raça importada da África, em 1956, colonizou, desde então, todo o Continente Norte e Sul Americano, onde causou grande número de mortes. “Não é porque seu veneno seja mais perigoso ou mais abundante que o das abelhas europeias, mas, por atacarem com maior facilidade”, Carlos Eduardo Carvalho dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Apiterapia - Tratamento com Produtos das Abelhas, em Livro+DVD e Curso Online.

Mogno africano - espécie importada ganha espaço entre os agricultores

O mogno africano, como o próprio nome diz, é originário da África, mais especificamente dos países: Costa do Marfim, Angola, Nigéria, República dos Camarões, Gabão e Congo. É uma árvore de clima tropical úmido e subtropical, levando vantagem sobre seus pares, que pertencem à mesma família Meliaceae, como o mogno-brasileiro e a andiroba, já que é mais resistente a pragas como a broca das ponteiras, uma mariposa que ataca o mogno brasileiro e que, até hoje, torna inviável o seu cultivo comercial.

Abelhas com ferrão: Abelha-Africana (Apis mellifera scutellata)

A Apis mellifera scutellata veio do leste da África em 1956. Também conhecida como Abelha-Africana, é uma espécie muito agressiva, polinizadora, enxameadora e migratória. Foi introduzida, no Brasil, na região de Rio Claro-SP, para pesquisas científicas, mas acabou escapando do cativeiro, No cruzamento com as raças aqui existentes, produziu um híbrido que passou a ser chamado de abelha africanizada.

Espécies de codornas: europeia, americana, japonesa, chinesa e africana

As aves conhecidas como codornas pertencem à família das Faisanidas, sendo consideradas galináceas. No Brasil, as espécies de codorna mais conhecidas são as Coturnix coturnix coturnix (codornas europeias ou selvagens) e as Coturnix Coturnix japonica (codornas japonesas ou domésticas). Entretanto, há também as codornas americanas (C. Virginianus), sendo a mais conhecida a Bobwhite, além das chinesas (Coturnix adansonii) e das africanas. Cada uma delas com características bem peculiares: uma dóceis, outras nervosas; outras grandes produtoras de ovos, outras baixas produtoras de ovos, mas com excelente produção de carne.

Fantoches possibilitam abordar diversos assuntos de maneira lúdica

Não é possível precisar quando iniciou-se o uso de bonecos na dramatização de cenas para substituir atores humanos. Há séculos, o fantoche é usado para entreter e educar; hoje, seu uso se ampliou muito. Sempre ligado às artes cênicas, ele está presente nas escolas, consultórios médicos, odontológicos e psicológicos, e em programas de televisão. Esse boneco é um instrumento facilitador na abordagem de diversos assuntos, especialmente os polêmicos.

Teatro infantil: das marionetes ao teatro de sombras

O teatro de bonecos é uma das expressões artísticas mais antigas de que se tem notícias. Conta-se sua origem desde a mais remota antiguidade. Estudos apontam que, na Pré-História, os homens se divertiam com suas sombras, movimentando-se nas paredes das cavernas. Inclusive o teatro de dedos, em que as mães entretinham seus filhos movendo as mãos e descobrindo diversas sombras com silhuetas interessantes.

Horta: como plantar Inhame (Colocasia esculenta)

O Inhame (Colocasia esculenta) também conhecido como cará-da-costa (Dioscorea cayenensis), é uma planta de origem africana, sendo cultivado no mundo inteiro por se tratar de um alimento energético e de alto valor nutritivo. Além das diversas utilizações na alimentação humana e animal, o Inhame possui excelentes propriedades medicinais, sendo algumas espécies cultivadas com finalidades farmacológicas visando à obtenção de materiais para a síntese da cortisona e hormônios esteroides.

Ebola - contágio, sintomas, tratamento e vacina

A primeira manifestação do Ebola ocorreu em 1976, em Nzara, no Sudão, e em Yambuku, na República Democrática do Congo, nas margens do Rio Ebola, que dá origem ao nome da doença. Os supostos hospedeiros do vírus são os morcegos frugívoros que habitam as cavernas africanas. Entretanto, também já foi encontrado em gorilas, chimpanzés, antílopes, porcos e em musaranhos-pigmeus.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!