WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Reciclagem de lixo gera economia, redução de impactos ambientais e inclusão social

Programa de Aceleração do Crescimento 2 investirá R$1,5 bilhão em estruturação de políticas para resíduos sólidos

 

A reciclagem diminui o desperdício e o depósito de lixo em lugares clandestinos.

Cerca de 40% do lixo urbano, no Brasil, pode ser reciclado, porém menos de 10% das cidades brasileiras possuem sistemas de coleta seletiva. Diante disso, há um Projeto de Lei em tramitação no Congresso com propostas estratégicas para a eliminação dos lixões, implementação de aterros sanitários e substituição dos depósitos a céu aberto por consórcios municipais, especialmente em cidades de pequeno e médio porte. Há, também, propostas para a utilização do lixo na geração de energia elétrica.

A Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, afirmou que os resíduos sólidos, associados ao tratamento de esgoto, são o principal problema ambiental do país. Seria possível economizar R$ 8 bilhões por ano se todos os resíduos encaminhados aos lixões e aterros sanitários fossem reciclados. Solucionar essa questão é fundamental, também, para a redução dos gases de efeito estufa e diminuição de impactos ambientais.

Para o professor Evaldo de Souza Lima, no curso Reciclagem de Entulho, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a coleta seletiva deve ser pensada sempre em associação com a melhoria do sistema de limpeza urbana como um todo. Reciclar é muito importante para preservar os recursos naturais e o meio ambiente, pois diminui o material aterrado ou jogado a céu aberto, evitando a poluição do ar, da terra e da água. Contribui, ainda, para o adequado manejo dos resíduos sólidos, minimizando os problemas com vetores e doenças associadas aos resíduos e, além disso, torna o custo da produção menor, se comparado com o da produção originada diretamente da matéria-prima virgem”.

O aumento da renda dos catadores, o estímulo à profissionalização e a elevação da eficiência dos mesmos também serão alcançados a partir do projeto, bem como o aumento da coleta de materiais específicos e prioritários, o grau de organização dos cooperados e o incentivo às cooperativas.

A prática da reciclagem prolonga a vida útil dos aterros sanitários; diminui o desperdício e o depósito de lixo em lugares clandestinos e inadequados; minimiza o aparecimento de vetores que vivem e se alimentam de resíduos; reduz o consumo de energia na produção; e gera renda pela comercialização dos recicláveis.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!