WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Como escolher entre uma casa ou um apartamento

Na hora de comprar ou alugar, a escolha entre um e outro depende das prioridades de cada pessoa

 

 Alguns edifícios possuem áreas verdes para quem não abre mão de espaços abertos. Foto: reprodução.

Antes de comprar ou alugar um imóvel, muita gente tem dúvida sobre qual é a melhor opção. De fato, o tipo de moradia vai determinar como será boa parte da rotina dos moradores, já que questões ligadas à segurança, privacidade, manutenção, liberdade e ao próprio custo do bem estão diretamente envolvidas.

Cada tipo de moradia possui vantagens e desvantagens. Assim, escolher entre uma casa ou um apartamento depende bastante das prioridades de cada pessoa, pois a opção por um imóvel determinará mudanças significativas na rotina. Para ajudar na escolha, discutimos sobre as diferenças entre as casas e os apartamentos que lhes são mais características.

Privacidade: em um apartamento, sempre existe uma relação muito próxima entre os vizinhos, seja nos corredores, na garagem ou até por uma parede fina que não oferece privacidade. Em uma casa, é possível conversar, andar, ouvir música e assistir televisão sem que o morador ao lado saiba o que você está fazendo. É mais fácil se manter reservado.

Segurança: de acordo com as empresas de seguros residenciais, menos de 15% dos assaltos residenciais acontecem em apartamentos. O investimento em segurança em edifícios é muito maior do que em residências. Poucas casas investem em equipamentos como câmeras e alarmes. Nos prédios, existem câmeras, portaria, vigias, interfones e outros itens, cujos custos são repartidos entre os moradores.

Liberdade: é fato que se tem mais liberdade em uma casa. Em um apartamento, não é permitido ouvir música alta, fazer festas, reformas e usar todas as dependências como quiser. Não dá para pintar a fachada do prédio da sua cor preferida. Todas as decisões devem ser tomadas em conjunto. Muitos edifícios também não permitem a entrada de animais.

Custos: o preço de compra ou aluguel de uma casa costuma ser até 25% maior. Em um apartamento, o valor do terreno é divido entre todos os moradores. Algumas taxas, como IPTU e energia elétrica, são mais baratas para os apartamentos. Estes, no entanto, possuem as eternas taxas de condomínio. Em alguns casos, elas até compensam mais do que as despesas de uma casa, mas é preciso analisar a situação de cada edifício.

Depois de analisar tais itens, talvez a escolha por uma casa ou um apartamento possa ser mais fácil. Existem diferenças substanciais entre os dois, mas não quer dizer que um seja melhor que o outro. A decisão vai depender do que é mais importante para cada pessoa e também do quanto pode ser investido.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Christiane Ávila

3 de set de 2012

Primeiramente parabéns pelas ótimas dicas do post! Realmente a escolha de adquirir um imóvel (seja casa ou apartamento) deve ser muito bem pensada, por exemplo, não adianta muito ter total segurança no prédio do apartamento mas as localidades ao redor serem violentas. Também acho importante lembrar que um imóvel é antes de tudo um investido, então temos que ter em mente a valorização dele ao passar dos anos para que o investimento seja positivo. Existem alguns sites próprios para fazer pesquisas de imóveis e se ter noção de como está o mercado imobiliário. Com relação à privacidade, vou dar uma dica: procurem apartamentos localizados no andar acima do salão de festas, garagens ou outros locais que não sejam apartamentos, assim, não haverá tanta preocupação com barulhos perturbando o vizinho. Abraços!

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!