WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Agroturismo traz benefícios econômicos, sociais e ecológicos

O agroturismo ajuda a estabilizar a economia local, criando empregos nas atividades indiretamente ligadas a ele

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia2175/m-agroturismo-novo-conceito-negocio.jpg

Uma das atividades muito procuradas pelos hóspedes é a prática de esportes radicais, como o rapel.

Conceitualmente, o agroturismo constitui uma forma amena de promover o desenvolvimento sustentável e de exercer múltiplas atividades no espaço rural, onde o visitante tem a oportunidade de conhecer as áreas e atividades agrícolas, os produtos locais, a culinária tradicional e a vida cotidiana dos habitantes dessas regiões. Tudo isso sempre respeitando os elementos de civilização e as características autênticas desse espaço, bem como o meio ambiente e a tradição.

Geralmente, são iniciativas dos proprietários em busca de um ganho extra, mas que, em tese, deveriam contribuir para fortalecer a economia local. Os passeios estão mais afeitos ao radicalismo da canoagem em corredeiras (rafting), descidas de cachoeira (rapel), escaladas e caminhadas por trilhas virgens, dentre outros.

Portanto, o agroturismo ajuda a estabilizar a economia local, criando empregos nas atividades indiretamente ligadas a ele, como comércio de mercadorias, serviços auxiliares, construção civil, entre outras, além de abrir oportunidades de negócios diretos, como hospedagem, lazer e recreação. Com relação aos benefícios ambientais, pode-se mencionar o estímulo à conservação ambiental e à multiplicação de espécies de plantas e animais.

Economicamente, pode-se mencionar como exemplo de vantagens associadas ao agroturismo, a possibilidade de agregar valor aos produtos agrícolas do estabelecimento e a instalação de indústrias artesanais, como a produção de alimentos regionais típicos. Além disso, desperta a atenção para o manejo, conservação e recuperação de áreas degradadas e da vegetação florestal e natural. Portanto, as atividades do agroturismo merecem consideração sobre a ação de planejadores comprometidos não somente com a conservação dos recursos naturais, como com a geração de renda e melhoria no padrão de vida e equidade social das comunidades locais.

Entre os principais indicadores para definir as melhores áreas para agroturismo estão os ambientais, como clima, relevo, recursos hídricos, vegetação natural, tipo e uso do solo, declividade; indicadores turísticos, como infraestrutura de hospedagem, malha viária, atrativos; e os relativos à pecuária e agricultura, como adequação de uso agrícola e tipos de cultura e de criação. Nesse contexto, esse turismo envolve diretamente a produção agropecuária. O turista não precisa necessariamente ordenhar a vaca, mas vai conhecer o processo produtivo da propriedade.

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia2175/m-agroturismo.jpg

Uma das vantagens do agroturismo é a possibilidade de agregar valor aos produtos agrícolas.

Utilizando a estratégia de agregar valor a seus produtos e vendê-los diretamente aos turistas, os produtores conseguem rentabilidade, valorização de suas terras e, também, viabilidade para sua permanência no campo.

Para quem deseja conhecer esse novo conceito de negócio no campo, o CPT - Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Agroturismo – Um Novo Conceito de Negócio”, no qual você receberá  informações de Vera Inez Perin, consultora de turismo do SEBRAE-ES e de Fábio Hosken, especialista em Turismo Rural, consultor externo do SEBRAE – MG.

Os assuntos abordados no curso incluem: exemplos em Venda Nova do Imigrante; associação Agrotur; qualidade dos alimentos produzidos; turismo receptivo; agroturismo x turismo rural; exemplos em Domingos Martins; conselho municipal de turismo; e razões para o sucesso da região.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

As propriedades rurais podem verticalizar diversas atividades, passando a processar parte do que produzem para comercialização e receber visitantes que acompanham o trabalho de produção, conhecendo detalhes tecnológicos. Os produtos podem ser comercializados num ponto de venda, instalado pelo produtor rural na própria propriedade ou, mesmo, em uma central de vendas de associações desses produtos.

Hospedagem, refeição, áreas de lazer são os traços marcantes dessa propriedade, com algumas exceções. É no beneficiamento do produto "in natura" e na comercialização sem intermediários que está o sucesso do agroturismo, que em alguns casos já representa 40% do faturamento total dos empreendimentos rurais.

Fontes: Curso a Distância Agroturismo - Um Novo Conceito de Negócio do CPT e As Melhores áreas para o Agroturismo (http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/outubro2006/ju341pag4a.html).

 

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Fernando Henrique Bortolucci

27 de jul de 2019

Gostaria de realizar os cursos sobre turismo rural.

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de jul de 2019

Fernando Henrique Bortolucci,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes por saber que está interessado em fazer os nossos cursos. Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos em relação aos cursos que serão essenciais para o seu sucesso no setor de turismo rural.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

Bernadete Pedreira

20 de mai de 2017

Prezados, olá! Gostaria de saber qual a fonte da informação no parágrafo abaixo: "Entre os principais indicadores para definir as melhores áreas para agroturismo estão os ambientais, como clima, relevo, recursos hídricos, vegetação natural, tipo e uso do solo, declividade; indicadores turísticos, como infraestrutura de hospedagem, malha viária, atrativos; e os relativos à pecuária e agricultura, como adequação de uso agrícola e tipos de cultura e de criação. Nesse contexto, esse turismo envolve diretamente a produção agropecuária. O turista não precisa necessariamente ordenhar a vaca, mas vai conhecer o processo produtivo da propriedade." Aguardarei a resposta. Obrigada!

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de mai de 2017

Olá Bernadete,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Como citado, as fontes do artigo em questão são as seguintes: Curso a Distância Agroturismo - Um Novo Conceito de Negócio do CPT e As Melhores áreas para o Agroturismo (http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/outubro2006/ju341pag4a.html).

Atenciosamente,

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!