WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cursos da Área Curso Treinamento de Garçom Curso Treinamento de Pizzaiolo Curso Treinamento de Empregada Doméstica Curso Segurança Alimentar em Restaurantes e Lanchonetes - Treinamento de Manipuladores de Alimentos Curso Treinamento de Camareira Curso Treinamento de Chapeiro e Lancheiro Curso Treinamento de Florista Curso Treinamento de Jardineiro Curso Treinamento em Reservas e Recepção Curso Treinamento de Governanta Curso Treinamento de Gerente de Loja Curso Treinamento de Bartender - Barman / Barwoman Curso Treinamento de Churrasqueiro Curso Capacitação de Corretor de Imóveis Curso Técnicas de Memorização Curso Treinamento de Barista Curso Comunicação para o Sucesso Pessoal - Programação Neurolinguística Curso Técnicas de Comunicação Oral e Impostação de Voz Curso Capacitação de Auxiliar de Consultório Dentário - ACD ou ASB Curso Leitura Dinâmica Curso Segurança Alimentar em Restaurantes e Lanchonetes - Treinamento de Gerentes Curso Segredos do Vinho - Compra, Armazenamento, Degustação e Harmonização Curso Treinamento de Recepcionista Curso Treinamento de Secretária Curso Como Desempenhar com Sucesso a Função de Vereador Curso Gerenciamento do Tempo Curso Como Falar em Público Curso Primeiros Socorros - nas Escolas, nas Empresas e em Residências Curso Treinamento de Síndico - Administração de Condomínios Curso Homebrew - A Arte de Fazer Cerveja em Casa Curso Capacitação de Cuidador de Idosos Curso Treinamento de Atendente de Lanchonete Curso Treinamento de Porteiro Curso Capacitação de Manipulador de Medicamentos Curso Capacitação de Atendente de Loja - Técnicas de Vendas Curso Capacitação de Atendente de Farmácia e Drogaria: Organização, Técnicas de Vendas, Serviços Farmacêuticos e Biossegurança Curso Capacitação de Atendente de Farmácia e Drogaria: Anatomia Humana e Farmacologia Curso Treinamento de Motorista Particular Curso Capacitação de Operadores de Telemarketing Curso Treinamento de Babá - Saúde, Alimentação e Higiene da Criança Curso Treinamento de Babá - Desenvolvimento e Comportamento da Criança Curso Treinamento de Babá - Segurança e Primeiros Socorros Curso Bicicletas - Escolha, Regulagem e Manutenção Áreas Afins 13Casa Prática 11Confecção de Roupas 6Consultórios Odontológicos 11Estética e Beleza 5Fabricação de Cosméticos 17Hotelaria 10Marcenaria 6Massoterapia 5Negócios Imobiliários 17Padaria e Confeitaria 12Pet 4Refrigeração 11Salão de Beleza Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Fazendo curso de eletricista? Entenda como o chuveiro funciona

A água flui pela câmara do chuveiro, promovendo o deslocamento do diafragma, a passagem de corrente elétrica pela resistência do chuveiro e o aquecimento

Fazendo curso de eletricista? Entenda como o chuveiro funciona   Artigos CPT

 

O chuveiro elétrico comum é constituído, basicamente, de uma câmara para acúmulo de água, uma resistência elétrica para o aquecimento da água, contatos para a energização da resistência elétrica pela rede de energia, um diafragma para realizar o movimento dos contatos pelo peso da água que flui na câmara e uma carcaça com uma entrada para a água pela canalização da residência, bem como uma saída, onde está localizado um dispositivo com furos.

Quando o registro da tubulação do chuveiro é aberto, a água flui pela câmara, promovendo o deslocamento do diafragma, que faz com que os contatos se fechem, dando início, assim, à passagem de corrente elétrica pela resistência do chuveiro promovendo o aquecimento da água”, afirma Prof. Tarcísio Assunção Pizziolo, do Curso CPT Capacitação de Eletricista: Eletricidade Aplicada.

Avaliação da resistência elétrica do chuveiro elétrico


Um exemplo muito prático da utilização do multímetro, medindo resistência elétrica, é a avaliação da resistência de um chuveiro elétrico. O eletricista pode avaliar, por inspeção nos terminais da resistência elétrica do chuveiro, se é necessário trocá-la, em caso de avaria por curto-circuito, sobrecarga na instalação elétrica ou mesmo desgaste do material que constitui o resistor, comumente denominado resistência do chuveiro elétrico.

- Temperaturas
Os terminais “fêmea” A, B e C constituem as partes que são conectadas no chuveiro para a energização do resistor. Existem, na carcaça do chuveiro, três terminais “macho” onde são fixados terminais “fêmea” A, B e C do resistor. O chuveiro possui uma chave seletora de temperatura que seleciona a ligação dos terminais A, B e C da resistência para o aquecimento da água. Quanto mais curta for a resistência, ou seja, menor seu valor ôhmico, mais corrente circula e, portanto, maior é a quantidade de calor gerado. Então, se a chave seletora estiver conectando nos terminais A e C, o chuveiro proporcionará uma temperatura menor na água (verão), pois sua resistência elétrica à passagem de corrente é maior. Se a chave seletora estiver conectada nos terminais B e C, o chuveiro proporcionará uma temperatura maior na água (inverno), pois sua resistência elétrica à passagem de corrente é menor.

- Teste de continuidade na resistência do chuveiro elétrico
O eletricista poderá avaliar se a resistência elétrica do chuveiro está “rompida”, ou seja, se há descontinuidade no circuito do chuveiro elétrico, pelo fato de a água não esquentar. Primeiramente, o chuveiro deve estar totalmente desligado da rede de energia elétrica, ou seja, deve-se retirá-lo da instalação hidráulica da residência, desligando-se a chave eletromagnética (disjuntor) que o alimenta. Em seguida, deve-se mover a chave seletora do multímetro para a medição de resistência elétrica. A escala a ser escolhida para a medição deve ser em função de um valor muito fácil de se encontrar. Por exemplo, se um chuveiro está ligado em 220 Volts e tem uma potência de 6.660 Watts, sua resistência terá um valor máximo de R = (220)2 / 6.600 = 7,33 Ohms. Assim, o eletricista deverá usar a escala de 200 Ohms no multímetro.

Escolhida a escala de 200 Ω, conectam-se as pontas de prova do multímetro nos dois fios do chuveiro, excetuando-se o fio terra, e seleciona-se a chave do chuveiro para “verão”, pois a temperatura da água é menor. Pressiona-se ar com a boca no cano de entrada do chuveiro, o que fará com que o diafragma desça e feche os contatos do chuveiro. Se o multímetro marcar no display um valor de resistência próxima da calculada previamente (dividindo-se o valor da tensão em volts ao quadrado pelo valor da potência em watts), ou emitindo um som de continuidade, a resistência do chuveiro não está “rompida”. O circuito tem continuidade comprovada pelo multímetro em sua medição em ohms. Mas, se no display do multímetro apresentar o número “1” no dígito mais à esquerda, ou não emitir som de continuidade, isso significa que existe uma resistência com valor infinito, ou seja, a resistência do chuveiro está “rompida”.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Eletricidade: ciência exata e, ao mesmo tempo, abstrata. Certo ou errado?

Conheça os Cursos CPT da Área Treinamento Profissional.
Por Silvana Teixeira.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!