WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Sinais clínicos da cardiopatia em cães e gatos. Descubra!

Os pacientes cardiopatas (cães e gatos) costumam ser assintomáticos. Em muitos casos, os primeiros sinais clínicos surgem somente quando o paciente está em insuficiência cardíaca congestiva (ICC)

Sinais clínicos da cardiopatia em cães e gatos. Descubra!   Artigos CPT

Se você é estudante de medicina veterinária ou já está na área faz tempo e precisa saber mais sobre cães e gatos cardiopatas, saiba que este texto pode ajudar e muito, e quem vai iniciar a abordagem sobre o assunto é Eduardo Duarte de Oliveira, professor do Curso CPT Cardiologia de Cães e Gatos.

Segundo o especialista, “Os pacientes cardiopatas (cães e gatos) costumam ser assintomáticos. Em muitos casos, os primeiros sinais clínicos surgem somente quando o paciente está em insuficiência cardíaca congestiva (ICC).”

Conhecer os sinais clínicos que podem estar associados à cardiopatia é de fundamental importância para os profissionais da área que querem um diagnóstico correto. São eles:


• Dispneia noturna.
• Intolerância ao exercício.
• Tosse seca, improdutiva.
• Taquipneia.
• Letargia.
• Secreção nasal.
• Perda de peso.
• Ascite.
• Mucosas pálidas ou cianóticas.
• Expectoração espumosa.

E quanto ao exame físico. É possível realizar este tipo de trabalho em pacientes cardiopatas?


Pois bem. Vamos lá: cães e gatos cardiopatas, em sua maioria, são intolerantes ao exercício físico. Portanto, é de extrema importância submetê-los. Quando bem feito, o Médico Veterinário consegue encontrar alterações que sugerem cardiopatia.

E quais são as etapas do exame físico nas cardiopatias? O que fazer e o que observar?


a) Inspeção e palpação

• Avaliação visual.
• Artéria femoral.
• Comportamento do paciente.
• Pulso arterial.
• Ponto de choque precordial.
• Exame das mucosas.
• Presença de edemas.
• Dilatação de vasos.
• Pulso jugular

b) Auscultação (de todos os focos) cardíaca e pulmonar. Alterações que podem ser observadas:

• Bulhas cardíacas.
• Frequência.
• Sopros (alteração no fluxo cardíaco).
• Arritmias.

Focos audíveis para auscultação:

• Lado esquerdo: pulmonar (3o espaço intercostal), aórtico (4o espaço intercostal) e mitral (5o espaço intercostal).
• Lado direito: tricúspide.

Cuidados para uma boa auscultação:

• Utilização de um estetoscópio de boa qualidade.
• Ambiente do exame deve ser tranquilo, sem barulhos externos.
• Auscultar sempre todos os focos.
• Auscultar também os pulmões.

Gostou do assunto? Leia também a matéria abaixo:


- Veterinário, responda: o que é cardiomiopatia dilatada em cães e gatos?

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT? Assista ao vídeo!


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!