WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A medicina veterinária e o fornecimento de água urbana. Qual a relação?

Os veterinários têm um importante papel na orientação sobre a água disponível nos centros urbanos. Em cidades da África, eles ajudaram a combater problemas de doenças causados pelo manejo hídrico inadequado

A medicina veterinária e o fornecimento de água urbana. Qual a relação?   Artigos CPT

Nas cidades em que a concentração populacional é um fator dominante há grande quantidade de água. Nessa situação, é preciso viabilizar uma rede para capação e transporte da água até torneira das residências. Mas qual a relação da medicina veterinária com obras para fornecimento de água em áreas urbanas?

"É verdade que o médico veterinário não é a responsável pela engenharia de tubulações e pelo fornecimento da água. Contudo, os veterinários têm um importante papel na orientação sobre a água disponível nos centros urbanos. Em diversas cidades da África, veterinários ajudaram a combater problemas de doenças causados pelo manejo hídrico inadequado", explica Prof. Marcelo Dias da Silva, do Curso CPT Saneamento e Zoonoses em Medicina Veterinária.

Outro ponto importante na temática da água para o meio urbano é o seu local de origem, ou seja, o manancial. Alguns aspectos devem ser levados em consideração ao se escolher esse local:


1- O manancial deve fornecer volume de água adequado à demanda urbana. É preciso que o local forneça quantidade de água suficiente para atender à comunidade.
2- Tendo em vista esta necessidade, é preciso calcular a vazão de água, isto é, quantidade de água por determinado período de tempo e ainda, considerar essa vazão ao longo dos meses e estações do ano.
3- Em seguida faz-se a avaliar da qualidade da água através de testes microbiológicos e toxicológicos.
4- Engenheiros devem dimensionar a rede de canos e tubulação para transporte da água até os locais de análise, tratamento e fornecimento à população.
5- Rede de esgoto: a água utilizada na pia, no vaso sanitário, na cozinha, lavanderia e outros locais de limpeza carrega resíduos, dejetos e necessita ser direcionada para uma rede de esgoto. Uma cidade de 10.000 habitantes gera volume considerável de dejetos. E ao pensar nas grandes capitais com 1 milhão ou mais de habitantes tem-se a ideia do volume de água poluída lançado sem tratamento em rios, córregos e oceanos.
6- Desafio: condução, tratamento e reciclagem de esgoto. A natureza possui seus próprios mecanismos para limpara a água. Há microrganismos que ajudam a depurar e a melhorar a qualidade da água. Contudo, o grande problema é que grandes concentrações urbanas, assim como grandes concentrações animais, produzem volumes de consideráveis de esgoto. Nesses casos, a natureza, sem o auxílio do homem, não possui recursos para eliminar os poluentes.
7- Técnicas e tecnologias gastos em redes de tratamento para eliminar resíduos nos permitem devolver à natureza a água que ela possa depurar.
8- A indústria utiliza grandes volumes de água relacionados à matéria prima ou ao resfriamento de caldeiras. Indústria têxtil, construção civil, abatedouros, frigoríficos, indústrias de laticínios e mineradoras são grandes consumidores de recursos hídricos. As empresas de maior porte são obrigadas, por lei, a providenciar estações de tratamentos da água que entra e sai para o meio ambiente.

Ao atuar na inspeção da produção de indústrias que trabalham com produtos de origem animal, o veterinário exerce um importante papel na vistoria do uso e administração da água ao longo da cadeia de produção. Por isso, é essencial ter noções a respeito das normas e exigências para o tratamento da água. Um inspetor veterinário de alimentos de origem animal, por exemplo, funciona como se fosse os olhos da sociedade garantindo a qualidade dos produtos enquanto, simultaneamente, orienta funcionários e diretores sobre a importância do uso consciente da água.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Atenção, veterinários: água boa, animais saudáveis!

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!