WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dia do Cliente

Pomar - como combater as principais doenças e pragas sem o uso de agrotóxicos

Para não causar acidentes por envenenamento e toxidez, é possível fazer o controle de pragas e doenças dos pomares, sem o uso de agrotóxicos, com práticas bastante simples e eficazes

Os pomares devem ser bem planejados para que pragas e doenças não os ataquem. Foto: reprodução.

Um pomar é atacado por inúmeras pragas e doenças, que acabam trazendo problemas sérios para o volume e para a qualidade da produção final. Sem dizer que as plantas ficam altamente debilitadas e podem vir a morrer. O controle de pragas e doenças não pode sofrer descuido. Isto é, não pode existir dificuldades operacionais. Por isso, os pomares devem ser planejados de forma a garantir essa e outras práticas.

“É grande o número de pragas e de agentes causadores de doenças. O ataque pode ocorrer em uma ou em várias fruteiras. Como a diversidade é grande, é necessário vistorias periódicas. Neste sentido, temos o controle preventivo”, afirma o professor Dalmo Lopes da Siqueira, do curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Uma prática de controle preventivo de formigas é uma espécie de minissaia ou um disco feito com plástico grosso ou o próprio papelão laminado, usado no acondicionamento de mudas, preso ao tronco da planta, evitando que as formigas subam e ataquem a vegetação. Outro método preventivo são as armadilhas, dispositivos preparados para capturar determinados insetos. Há ainda o controle biológico, isto é, disseminação de predadores de pragas e vetores de doenças. Por exemplo, a formiga Cassarema, que faz seus ninhos em pés de graviola.  

Esta formiga não traz problemas para os frutos de graviola, ao contrário é predadora de uma praga prejudicial para a cultura, atacando a Cerconota anonella, uma mariposa que coloniza os frutos para depositar seus ovos. A larva desta mariposa ataca os frutos, é a broca-dos-frutos de graviola. Assim, produtores de graviola procuram disseminar ninhos da Cassarema por toda a plantação.

Entre as pragas mais comuns nos pomares estão os ácaros, que atacam citros, acerola, mamoeiro e macieira. Eles provocam queda de folhas e flores, a morte do ponteiro e mesmo a morte da planta e a depreciação dos frutos com perda de qualidade.

As cochonilhas incidem principalmente em abacaxi, acerola, citros, macieira e pessegueiro. Elas surgem na seiva das plantas, provocando o arqueamento das folhas, manchas necróticas, pardas e dessecadas. Além disso destroem raízes e enfraquecem as folhas e os ramos. Causam a morte da planta ou reduzem a produção.

Já a  mosca-das-frutas ataca diversas espécies. É uma  praga temida em muitos pomares. Suas larvas alimentam-se da polpa da fruta, perfurando a casca e facilitando a entrada de fungos, causando o apodrecimento geral dos frutos. Uma solução para evitar o seu ataque é o ensacamento das frutas, ainda pequenas. As frutas doentes e caídas devem ser recolhidas e enterradas profundamente. Em pomares pequenos, pode-se deixar galinhas, gansos e patos para comerem as larvas e pupas.

O controle químico é o mais praticado e imediato e deve ser acompanhado por um técnico. É preciso cuidado para não causar acidentes por envenenamento e toxidez. Quem for aplicar, precisa estar devidamente protegido.

As cochonilhas incidem principalmente em abacaxi, acerola, citros, macieira e pessegueiro, causando a morte da planta ou reduzindo a produção. Foto: reprodução.

Principais pragas e doenças e como combatê-las sem agrotóxicos

Abacate

Cochonilha: Catação manual ou cortar e queimar galhos atacados.
Coleobrocas: Cortar e queimar ramos atacados. No tronco, injetar inseticida nos orifícios das galerias.
Gomose: Controle preventivo, plantando mudas sadias.
Lagartas: Catação manual dos insetos e matá-los.

Abacaxi

Broca-do-Fruto: Colher frutos atacados e enterrá-los.

Citros

Cancro Cítrico: Cortar a planta atacada e queimá-la.
Gomose: Raspar o local atacado, removendo os tecidos doentes e aplicar pasta cúprica no local.
Rubelose: Cortar os ramos e aplicar pasta cúprica nos cortes.

Goiaba

Broca-das-Mirtáceas: Catar os insetos e matá-los. Matar as lagartas dentro das galerias, usando um estilete de arame.
Cochonilha: Idem Abacate.
Coleobrocas: Idem Abacate.
Lagartas: Idem Abacate.
Mosca-das-Frutas: Ensacar os frutos e usar armadilhas.

Mamão


Mosaico: Arrancar e queimar todas as plantas doentes e evitar a presença de culturas como abóbora, melancia e melão próximos.
Podridão-do-Pé: Evitar situações de umidade alta, plantar em leiras altas. As plantas atacadas devem ser arrancadas e queimadas.

Manga

Broca-da-Mangueira: Com um canivete, escavar a casca ao redor do orifício no tronco e galhos e catar a larva.
Mosca-das-Frutas: Idem Goiaba.
Seca-da-Mangueira: Cortar os ramos atacados, 25 cm abaixo do ponto de ocorrência da doença, e queimá-los. Aplicar pasta cúprica no local do corte.

Maracujá

Lagartas: Idem Abacate.
Mosca-das-Frutas: Idem Goiaba.
Murcha: Plantar em terrenos já cultivados com outras espécies e isentos de encharcamentos.
Podridão-do-Pé: Plantar em leiras altas e evitar terrenos sujeitos a encharcamento. As plantas atacadas devem ser arrancadas e queimadas.

Caso seja necessário usar agrotóxicos, é importante que você procure a assistência de um engenheiro agrônomo.

Confira mais informações, acessando os cursos da área Fruticultura.

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Gleidson Martins

2 de ago de 2018

Tenho um laranjeira no quintal com mais de 3 metros de altura que dava frutos e aos poucos secou toda e tive que cortar o tronco onde encontrei brocas (lagartas brancas parecendo um verme)no pé do tronco nasceu vários brotos que já passam de um metro de altura porém as folhas estão deformadas em função de pulgões. Já pulverizei soluções naturais feitos com alho e também fumo porém a infestação está avançada. A pergunta é posso cortar o topo do brotos que novinhos ou vou enfraquecer ainda mais a planta? Minha laranjeira ainda tem solução? Por favor me ajudem. Obrigado!

Resposta do Portal Cursos CPT

3 de ago de 2018

Olá Gleidson,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Você pode cortar o brotos, não vai fazer mal a planta. Para mais informações, você pode consultar um técnico agricola.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

ELUANE MARIA SOARES DE OLIVEIRA ARAUJO

15 de jul de 2018

Minha muda de pinha esta com 50 centimentos e estava com folhas linda verde e de um mes pra ca cairam todas e parece que meu pe esta morrendo, me salvem

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de jul de 2018

Olá Eluane,

O ideal é que um técnico observe a árvore, para ter um diagnóstico melhor do problema.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

suely damasceno ferreira

12 de abr de 2018

Gostaria de saber o que fazer para meu pé de graviola esta com os frutos ainda pequenos ficando pretos.

Resposta do Portal Cursos CPT

13 de abr de 2018

Olá Suely,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Recomendamos que corrija a adubação de seu pé, para isso é necessário que consulte um técnico agrícola em sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Sônia Oliveira

3 de mar de 2018

Meu irmão plantou duas goiabeiras em seu quintal, elas estão num tamanho bom, mas apareceram uns fungos nos troncos e aparecendo uns buracos, com isso algumas folhas estão ficando escuras. Gostaria de mandar fotos das mesmas, mas por aqui é impossível. O que ele deve usar par combater esse problema? Atenciosamente, Sônia.

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mar de 2018

Olá Sônia,

Recomendamos que procure uma casa agrícola em sua região. Eles, poderão te auxiliar de forma mais rápida.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

marcos cezar rodrigues da silva

15 de jan de 2018

as frutas do meu pe de ponkan estão amarelando antes da hora e caindo. no mes de outubro alguns galhos secaram e eu cortei. Agora outros maiores estão secando. Acho que a arvore esta morrendo. o que devo fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de jan de 2018

Olá Marcos Cezar,

O ideal é que um técnico observe a árvore, para ter um diagnóstico melhor do problema.

Atenciosamente,
Victor Sampaio

ELINA MARIa mareto de aguiar

12 de set de 2017

ola tenho um quintal com laranjeiras mangueiras, abacateiros ,mixiricas, em fim todas as frutas muito bicho a goiaba procipalmente, o que fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de set de 2017

Olá, Elina.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Recomendamos que você procure ajuda com um técnico agrícola para um tratamento sistemático do seu quintal.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Renan Rodrigues

9 de set de 2017

Olá, tenho um pé de acerola, as suas folhas e frutos estão com uma secreção "pegajosas", não sei se isso pode pode prejudicá-la, o que posso fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

11 de set de 2017

Olá, Renan.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Aconselhamos que você procure um técnico agrícola para constatar qual o problema do seu pé de acerola.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

manoel gonçalves neves

20 de ago de 2017

Posso plantar variedades de frutas juntas. Tenho 2 Hares e plantar várias árvores frutíferas no local

Resposta do Portal Cursos CPT

21 de ago de 2017

Olá, Manoel.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Sim, é possível plantasr variedades de plantas juntas.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Susi Candido

8 de ago de 2017

Luciano Wolff, tenho três variedades de graviola no meu sitio e lichia tbm. Recentemente, a praga da lichia chegou lá. Consegui conter o fungo com poda em que a planta ficou sem uma única folha. Depois uma vez por mês, pulverizo calda bordalesa em toda a planta (folhas e caule). Esse procedimento, eu fiz tbm em varias plantas, entre elas as graviolas. No meu caso, deu certo, ambas estão produzindo bem. Se for usar a calda bordalesa, tome muito cuidado caso vc seja alérgico a crustáceo, como é o meu caso. Eu uso todos os equipamentos de proteção na hora de pulverizar. Tem a calda viçosa tbm que é muito boa, pq é adubo foliar tbm. A calda viçosa, eu pulverizo a cada 4 meses, e no mês que aplico, não utilizo a calda bordalesa. boa sorte.

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de ago de 2017

Olá, Susi. 

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site!

Atenciosamente, 

Renato Rodrigues.

Luciano Wolff

19 de jul de 2017

Boa noite, minha muda de graviola parece estar doente. Sai uma camada de substância marrom por baixo da folha, depois começa uma mancha que transpassa a folha, primeiro marrom, depois vai ficando preta e furando a folha. Já perguntei, já pesquisei na internet e ninguém sabe do que se trata. Alguém pode ajudar? O mais perto que encontrei disso foi a descrição sobre um fungo que ataca a Lichia e se apresenta e age desta forma, porém o texto dizia que não tinha solução, que só restaria sacrificar a planta.... Ocorre que a muda de acerola também está apresentando problema semelhante. Peço a gentileza de instruir-me como resolver o problema.

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de jul de 2017

Olá Luciano,

Para mais informações recomendamos que procure uma casa agrícola para que a mesma possa avaliar de forma correta o que está acontecendo com sua planta.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!