WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Pêssego é fruta de fácil comercialização

Essa é uma fruta de excelente aceitação no mercado, tanto para consumo in natura como para a indústria, e pode ser cultivado em diversos locais do Brasil

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1926/m-pessegueiro.jpg

O pessegueiro, que antes era produzido apenas nas regiões de clima temperado, agora  tem grande sucesso em outros locais.

Nos últimos anos, o setor agrícola brasileiro vem incorporando, cada vez mais, às suas atividades, novas espécies de culturas, bem como, também, expandindo para outras regiões cultivos, que, até então, eram produzidos apenas em locais que possuem características de clima e de solo favoráveis. Um desses exemplos vem acontecendo com a fruticultura, atividade agrícola que tem se expandido nos últimos anos, por causa da crescente demanda por frutas, e da expectativa do empresário rural em aumentar a sua rentabilidade.

Essa expansão fica bem evidenciada pelo cultivo de algumas espécies que antes eram cultivadas apenas nas regiões Sul e Sudeste e que, no momento, são produzidas com grande sucesso em terras secas e áridas da região nordeste, como vem acontecendo em Petrolina, Pernambuco. É claro que isso só se tornou possível graças aos avanços tecnológicos do setor agrícola.

Entre vários tipos de frutíferas, o pessegueiro está entre aquelas que antes eram produzidas apenas nas regiões de clima temperado, e que agora são produzidas com grande sucesso em outros locais, antes considerados como não-apropriados para o cultivo. É o caso região de Santos Dumont, em Minas Gerais, local de clima tropical, mas que, por apresentar algumas características particulares, como altitude elevada e número de horas de frio satisfatório, possibilita cultivar, com êxito, o pêssego e a nectarina, resultando na obtenção de frutos de alta qualidade.

Assim, microclimas favoráveis podem ser obtidos em locais de altitudes elevada, geralmente acima de 900 metros, onde é possível obter-se, pelo menos, 100 horas por ano, com temperatura igual ou inferior a 7ºC. Além disso, é necessário a aplicação de tecnologias de cultivo e manejo desde a implantação, como condições topográfica, de fertilidade e preparo do solo, escolha dos cultivares, plantio e tratos culturais adequados até a colheita e comercialização.

A colheita deve ser iniciada imediatamente após os frutos terem atingido o seu ponto ideal de maturação. Isso se deve ao fato de que o pêssego é uma fruta perecível e, por isso, deverá ser colhida assim que atingir a maturação ideal, o que vai depender da espécie. A coloração e o estado de leve maciez da polpa servem de indicativo do ponto ideal de colheita do pêssego. Não são todos os frutos de uma mesma planta que poderão ser colhidos de uma única vez. Portanto, a colheita deverá ser refeita a cada dois dias, até que todos os frutos do pomar tenham sido colhidos.

https://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1926/m-pessego-comercializacao.jpg

 A colheita deve ser iniciada imediatamente após os frutos terem atingido o seu ponto ideal de maturação.

Os caminhões ou tratores conduzirão as frutas até um galpão, onde deverão passar por uma lavagem e uma seleção rigorosa. A seleção é uma etapa em que as frutas estragadas serão destacadas, e as outras serão separadas em dois grupos, ou seja, frutas para consumo in natura e frutas destinadas à indústria. O pêssego, tanto para consumo in natura como para a indústria, é uma fruta de fácil comercialização.

Com o objetivo de apresentar a técnica de cultivo do pêssego o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Produção de Pêssego”, no qual você receberá informações de Francisco Ramos da Fonseca, especialista e  experiente produtor da fruta.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

As frutas destinadas à indústria, que são aquelas de menor tamanho e com boa aparência e qualidade, deverão ser acondicionadas em caixas de plástico de maior capacidade. Após o acondicionamento nas caixas, elas deverão ser transportadas, o quanto antes, até o local de processamento. Uma boa estratégia para evitar que as frutas não estraguem antes de chegarem ao seu destino é realizar a colheita dos frutos na parte da manhã; a lavagem, seleção, a embalagem e o carregamento dos veículos transportadores pela tarde e; nas primeiras horas do dia seguinte, transportá-las até o seu destino, que pode ser a indústria ou o consumidor final.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!