Jabuticaba - 6 dicas para o sucesso da produção

Acabe com os ataques dos insetos, das abelhas, evite o estouro dos frutos, combata doenças, elimine fungos, faça as jabuticabeiras produzirem mais e tenha sucesso

Jabuticaba

Quer ter sucesso com sua produção de jabuticabas? Conheça 6 dicas que irão deixar qualquer produtor orgulhoso por ter investido nesta deliciosa fruta. "Produzir frutas é sempre um bom negócio, podendo ser a atividade principal ou complementar para produtores rurais, sitiantes e chacareiros", afirma Dr. Dalmo Lopes de Siqueira, professor do Curso a Distância CPT Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas, em Livro+DVD e Curso Online.

Acabe com os ataques dos insetos, das abelhas, evite o estouro dos frutos, combata doenças, faça as jabuticabeiras produzirem e elimine fungos. Veja abaixo:

1) Ataques de insetos


Ataques de marimbondos e abelhas, quando não combatidos corretamente, causam danos às jabuticabas, já que estes insetos alimentam-se do néctar das frutas, tornando-as impróprias para consumo.

- O que fazer?

Pulverize, ao cair da tarde, calda de fumo nas jabuticabeiras, para repelir os insetos. Se possível, faça também plantio de citronela, planta que é um repelente natural.

- Como fazer?

Misture 100 gramas de fumo de corda com meio litro de álcool e, em seguida, adicione meio litro de água. Mantenha a solução em descanso por 15 dias. Corte 100 gramas de sabão em pedra neutro em pedaços pequenos e dissolva-os em 10 litros de água quente. Deixe esfriar e junte à mistura curtida e coada.

2) Ataque das abelhas Irapuás


As abelhas Irapuás, apesar de serem pragas agrícolas de muitas espécies de frutas, têm importante papel no auxílio da polinização de fruteiras e na produção de mel. No entanto, em se tratando de prejuízos à cultura, seu combate deve ser realizado.

- O que fazer?

Mude a colmeia de lugar.

- Como fazer?

Ao entardecer, quando as abelhas voltam para a colmeia, siga-as. Encontrando a colmeia, remova-a para um local ainda mais longe. Se necessário, peça a ajuda de um profissional para realizar esta operação, podendo ser um pesquisador, apicultor ou meliponicultor.

3) Estouro das jabuticabas ou rachadura das jabuticabas


Três fatores podem ocasionar o estouro das jabuticabas: excesso hídrico, deficiência nutricional e ataque de insetos. No primeiro caso, o estouro da casca das jabuticabas é causado por irrigações descompensadas, ou seja, por vários dias a planta recebe muita água, depois passa por uma época prolongada de seca e depois, seja por períodos chuvosos ou novas irrigações, a jabuticabeira recebe água em excesso novamente. No segundo e terceiro casos, faz-se necessária a visita de um profissional à plantação para identificação, diagnóstico e tratamento necessários.

4) Ferrugem na jabuticabeira


A ferrugem, doença provocada pelo fungo Puccinia psidii, ataca as jabuticabeiras (folhas, botões, frutos e ramos), formando manchas necróticas circulares com a presença de um pó amarelo vivo. Ocorre principalmente em períodos de baixas temperaturas e alta umidade do ar.

- O que fazer?

Indica-se a aplicação de enxofre em pó molhável durante o desenvolvimento dos frutos. Pode-se, também, pulverizar com calda bordalesa. Também é indicado realizar uma poda de limpeza, retirando os ramos em excesso, os doentes, os quebrados e os mal posicionados, a fim de arejar e aumentar a insolação interna da copa. Não deixar faltar água nas plantas e adubar as jabuticabeiras com esterco de curral curtido.

- Como fazer?

Calda bordalesa: coloque 100 gramas de sulfato de cobre dentro de um saco de pano e deixe de molho em 5 litros de água morna. Após 24 horas, junte o material a uma solução de 100 gramas de cal virgem com 5 litros de água e misture bem. Em seguida, coe e despeje em um pulverizador para aplicar na planta.

5) Jabuticabeiras improdutivas


A genética da planta, as diversas enfermidades existentes na cultura, os aspectos do meio ambiente onde está instalada a plantação, e a nutrição insuficiente para o desenvolvimento da fruteira são alguns fatores que, isoladamente ou não, podem interferir e impedir produção de frutos nas jabuticabeiras.

- O que fazer?

Solicite a visita de um profissional da área agrícola para eventuais estudos, diagnósticos e indicações de tratamento.

6) Fungos nas jabuticabas


Diante da presença de fungos, recolha amostras e envie-as a um profissional ou a alguma instituição de pesquisa ou casa da agricultura da região, para a correta identificação do patógeno. Bata, se possível, muitas fotos, pois em alguns casos elas auxiliam no rápido reconhecimento do problema.

- O que fazer?

Identificado o problema, solicite a visita de um profissional para a indicação do tratamento ideal, assim como para a melhor realização do mesmo.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

 

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Fruticultura.

Por Silvana Teixeira.
Fonte: Globo Rural.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Aplicação Econômica de Adubos Curso Aplicação Econômica de Adubos

Com Prof. Dr. Júlio César Neves

R$ 480,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação Curso Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação

Com Prof. Eurípedes Malavolta, Prof. Dr. Godofredo C...

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo e Uso  do Nim Curso Cultivo e Uso do Nim

Com Prof. Dr. Edmilson José Ambrosano e Prof. Dr. Niv...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Eliza Sasho

26 de set de 2018

o meu pe de jabuticaba floresceu e encheu de frutos, mas agora estao caindo todos ainda verdes e pequenos, nao estao conseguindo se manter nos galhos. O que pode ser e como podemos tratar?

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de set de 2018

Olá ELiza.

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Sugerimos que consulte um técnico da área.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Maiza Fernandes Ferreira lemes

17 de mai de 2018

O meu pé de jaboticaba floresce mas não vinga os frutos, O que fazer?

Resposta do Portal Cursos CPT

18 de mai de 2018

Olá Maiza,

Deve ser deficiência de adubação, recomendamos que consulte uma casa agrícola para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

avelino correa

21 de fev de 2018

A jaboticaba precisa das abelhas para dar fruto. Devido aos passarinhos, tampei o pé com plástico

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de fev de 2018

Olá Avelino,

Um dica simples e super prática para espantar pássaros do seu pé de jaboticaba é pendurar em barbantes ou até mesmo nos galhos da árvore DVD's ou CD's velhos, pois o reflexo do fundo deles espanta eficientemente os pássaros.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

leila maria de morais galusni

17 de ago de 2017

Eu amo jabuticaba tenho um pe no meu quintal e ainda não brotou o que fazer

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de ago de 2017

Olá, Leila.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. O não florescimento pode ocorrer devido a vários fatores, como pragas, doenças ou até mesmo falta de nutrientes da planta. Recomendamos que você procure um técnico agrícola para que possa avaliar sua jabuticabeira.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

REINALDO JOSÉ NASCIMENTO

22 de jun de 2017

BOM DIA...GOSTARIA DE SABER SE CONSIGO JABUTICABAS SEM ABELHAS POIS ENVOLVI MEUS 4 PÉS DE JAB. HÍBRIDAS COM SOMBRITE PARA EVITAR ATAQUE DOS FRUTOS.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de jun de 2017

Olá, Reinaldo.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Conforme dito na matéria, você deverá mudar a colméia de lugar para mantê-las longe do seu pé de jabuticaba.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Outros artigos relacionados à área Fruticultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade