WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

3 doenças em peixes ornamentais causadas por protozoários

As doenças mais comuns em peixes ornamentais causadas por protozoários são a Costiose, o Íctio e a Oodiniose

3 doenças em peixes ornamentais causadas por protozoários

Um dos agentes patógenos causadores de doenças em peixes ornamentais são os protozoários. As mais comuns são a Costiose, o Íctio e a Oodiniose, que apresentam sintomas característicos. Geralmente, quando os peixes estão com a imunidade baixa, eles se tornam mais suscetíveis a essas doenças, que podem ser transmitidas por peixes contaminados, recém introduzidos no aquário, afirma Manuel Vazquez Vidal Junior, zootécnico e professor do Curso CPT Produção de Peixes Ornamentais.

Costiose


A Costiose é causada pelo protozoário com o nome científico Costia necatrix. Os sintomas mais comuns da doença são falta de apetite e manchas esbranquiçadas distribuídas pelo corpo do peixe, além da mudança de comportamento. Nesse caso, o peixe passa a se esfregar em pedras e ornamentos do aquário, além de permanecer no fundo. Também surgem feridas no corpo e ramificações avermelhadas nas barbatanas.

Tratamento

Para combater o protozoário, devem ser utilizados medicamentos parasiticidas, prescritos por médico veterinário, aplicados na água do aquário, em intervalos de 48 horas. O procedimento deve ser realizado, à noite, com o sistema de filtragem e a lâmpada do aquário desligados.

Íctio


O Íctio é causado pelo protozoário com o nome científico Ichthyophthirius multifiliis. Um dos sintomas mais característicos é o surgimento de pontinhos brancos no corpo do peixe, em especial nas nadadeiras. Como a doença irrita a pele do peixe, ele começa a se esfregar em pedras e ornamentos do aquário. Com o avanço da doença, esses pontinhos se espalham nas brânquias do peixe, o que resulta em problemas respiratórios.

Tratamento

Assim como no tratamento da Costiose, para combater o protozoário, devem ser utilizados medicamentos parasiticidas, prescritos por médico veterinário, aplicados na água do aquário, em intervalos de 48 horas. O procedimento deve ser realizado, à noite, com o sistema de filtragem e a lâmpada do aquário desligados.

Oodiniose


A Oodiniose é causada pelo protozoário com o nome cientifico Oodinium pilullaris. Um dos principais sintomas da doença é o surgimento de uma espécie de veludo na pele do peixe. Além disso, surgem pontinhos brilhantes em todo o corpo do animal, até mesmo nas brânquias e nas nadadeiras. Se não tratada, a doença avança e, consequentemente, surgem úlceras com muco na pele do peixe. Em casos mais graves, a pele do animal descola.

Tratamento

Assim como no tratamento da Costiose e do Íctio, para combater o protozoário, devem ser utilizados medicamentos parasiticidas, aplicados na água do aquário, em intervalos de 48 horas. O procedimento deve ser realizado, à noite, com o sistema de filtragem e a lâmpada do aquário desligados. A diferença está na dosagem maior, prescrita por médico veterinário.

Conheça os Cursos CPT da Área Piscicultura:

Produção de Peixes Ornamentais

Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura

Nutrição e Alimentação de Peixes

Fonte: Blog Petz

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Guia Completo para Alimentação de Peixes

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!