WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Ordenha Mecânica Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Produção de Leite Orgânico Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal 2Produção Orgânica de Leite Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Sistema silvipastoril - saiba o que é e quais são suas vantagens

O SSP é uma das modalidades dos sistemas agroflorestais em que forrageiras e, ou animais e árvores são cultivados na mesma área, beneficiando o meio ambiente, os produtores e a sociedade

Integração lavoura pecuária

O sistema agroflorestal é um tipo de manejo de recursos naturais, dinâmico, que adota os princípios de proteção ecológica, diversificando e sustentando a produção, por meio da integração de árvores nas fazendas e na paisagem agrícola. Esse recurso visa aumentar os benefícios sociais, econômicos e ambientais para usuários da terra, em todos os níveis.

Os Sistemas Silvipastoris (SSPs) são uma das modalidades de sistemas agroflorestais, nos quais forrageiras e, ou animais e árvores são cultivados, simultânea ou sequencialmente, na mesma unidade de área. Sendo assim, os SSPs apresentam grande potencial de benefícios econômicos e ambientais para os produtores e para a sociedade. Os sistemas silvipastoris são multifuncionais, havendo a possibilidade de intensificar a produção pelo manejo integrado dos recursos naturais. Dessa forma, evita-se sua degradação, além de recuperar sua capacidade produtiva.

Benefícios sociais


Os produtores rurais necessitam de opções para aumento de emprego e renda. Através do SSP, o produtor poderá usar suas melhores terras com plantios agrícolas e, obedecendo à legislação, ocupar as terras de relevo mais acidentado, pobres ou abandonadas, principalmente com o plantio de árvores, também em sistemas consorciados. A distribuição da mão de obra é otimizada ao longo do ano, diversificando a produção, melhorando as condições de trabalho no meio rural e da qualidade de vida do produtor.

Custos de estabelecimento de sistemas silvipastoris


Quanto aos custos de estabelecimento de sistemas silvipastoris, têm-se a limpeza e o preparo do terreno, a abertura das covas, o custo e o transporte de mudas, a adubação e a calagem, o plantio, o replantio, o combate às formigas, a manutenção, os tratos fitossanitários e o manejo (desrama, desbaste, colheita).

Definição do objetivo principal


Para se estabelecer um sistema silvipastoril é necessário definir o número de árvores a ser plantado; escolher corretamente as espécies, nos locais onde sua implantação trará melhor resultado. É sensato minimizar os riscos, iniciando aos poucos e aprendendo com a experiência. Deve-se capturar, ao máximo, os benefícios que podem ser associados, por meio de alterações no projeto inicial, mas sempre com foco no objetivo principal.

De que depende o sucesso dos sistemas agroflorestais?


O sucesso na implantação de sistemas agroflorestais depende de uma série de fatores, entre eles a disponibilidade de mudas de boa qualidade, viabilizada pela seleção de matrizes e implantação de viveiros. As necessidades de preparação da área para o plantio também dependem do objetivo. Em alguns empreendimentos, altas taxas de crescimento inicial e uniformidade das árvores podem ser desejáveis para garantir o planejamento do manejo e da colheita, e podem exigir um preparo mais intensivo e oneroso da área (irrigação, gradagem e controle de plantas invasoras). Em algumas situações, pode ser desnecessário alcançar a taxa máxima de crescimento inicial, e os custos de implantação poderão ser reduzidos.

Classificação dos sistemas silvipastoris


Os sistemas silvipastoris são classificados conforme o tipo de arranjo e a finalidade. Alguns dos tipos mais utilizados são árvores dispersas nas pastagens, bosquetes nas pastagens, árvores em faixas na pastagem, plantio florestal madeireiro ou frutífero com animais, cerca viva e mourão vivo, banco forrageiro e quebra-ventos.

- Árvores dispersas na pastagem

As árvores podem ser distribuídas aleatoriamente ou em espaçamentos predeterminados. Podem ser oriundas do manejo da regeneração natural, ou podem ser plantadas.

- Árvores em linhas na pastagem

Consiste na formação de faixas de árvores, recortando toda a pastagem, preferencialmente em nível. Nesse caso, pode ser recomendado o plantio das faixas de árvores seguindo as trilhas dos animais nas encostas, o que facilita o deslocamento dos mesmos, ao mesmo tempo em que se mantém a conservação do solo e do ambiente como um todo. As árvores podem ser plantadas em uma única linha, ou podem ser plantadas em duas ou mais linhas juntas. A aplicação de linhas duplas de árvores, plantadas alternadamente, pode ser uma boa alternativa para a produção de árvores associadas a pastagens. Observa-se que o plantio em linhas duplas proporciona exposição total ao sol de pelo menos um dos lados das árvores, mantendo, portanto, uma boa taxa de crescimento das árvores.

- Bosquetes

Do ponto de vista ecológico, o plantio de linhas ou de árvores agrupadas mais densamente, como os bosquetes, proporciona maior área de borda árvores/pasto, muito atraente para a vida silvestre que se abriga junto às árvores.

- Bancos de proteína

Árvores e arbustos forrageiros representam enorme fonte potencial de proteína para os ruminantes nos trópicos. A escolha das espécies para o banco de proteínas levará em conta, em primeiro lugar, a disponibilidade de sementes, bem como a facilidade de estabelecimento, boa capacidade de competição, produtividade e persistência, em sistemas de baixa alocação de insumos. Além disso, deve-se selecionar plantas de bom valor nutricional e palatabilidade aceitável.

- Fungo e mortalidade de bovinos

Ramaria flavo-brunnescens é um cogumelo tóxico para bovinos e ovinos. Seu princípio ativo ainda é desconhecido. Suas principais vítimas são bovinos e ovinos que pastam em locais com bosques de eucalipto (Eucaliptus spp.), nos meses de fevereiro a junho. Esse cogumelo é parecido com uma couve-flor, alaranjado e, ou marrom-claro, e se apresenta em colônias, coincidindo seu período vegetativo com a ocorrência de intoxicação espontânea. A intoxicação em bovinos é caracterizada clinicamente por emagrecimento progressivo, anorexia, intensa salivação, atrofia das papilas e descamação do epitélio da língua, hemorragias na câmara anterior do globo ocular e desprendimento dos cascos, chifres e dos pelos do dorso, lombo e cauda. Podem ser observadas, também, lesões de fotossensibilização.

Por Silvana Teixeira.
Conheça o Curso CPT Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens.

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Ivonete Santilha Silva

6 de abr de 2019

gostaria de receber mais material sobre esse assunto

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de abr de 2019

Olá Ivonete,

Agradecemos a visita  e comentário em nosso site. Para mais informações, cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Jose Romario alves da silva

4 de out de 2017

Muito interessante esse sistema, aqui pra nós esse sistema é novo seria interessante nós adaptar esse sistema aqui.

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de out de 2017

Olá, Jose.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!