WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "qual-arvore-pode-plantar-na-beira-tanque" ()

Além de tanques escavados, em quais estruturas recriar tilápias?

A recria de tilápias pode ser feita em outras estruturas diferentes dos tanques escavados, podendo ser destacados os hapas, os tanques elevados ou suspensos de fluxo contínuo ou com recirculação de água, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Criação de tilápias - dimensionamento dos tanques

O dimensionamento, isto é, a determinação do número de tanques que será necessário, bem como a capacidade de cada um deles, deverão ser estabelecidos em função do volume de produção de peixes que se deseja obter. Essa é uma etapa que deve ser feita com critérios, pois, trabalhar com um número de tanques além do necessário elevará o custo de implantação da piscicultura, além de ocupar maior área do terreno, sem necessidade. E, por outro lado, se o número de tanques for inferior ao necessário, não será possível produzir a quantidade de peixes desejada.

Sistema hidropônico de cultivo de hortaliças e plantas medicinais

O sistema hidropônico de cultivo de hortaliças e plantas medicinais, condimentares e aromáticas, é a melhor alternativa para atender a um público cada vez mais exigente em relação a qualidade das plantas, higiene, ausência de resíduos de agrotóxicos e alto teor de princípios ativos. Nesse sistema, as plantas são cultivadas sem contato com o solo, utilizando apenas solução nutritiva para promover o seu crescimento. Com o uso de água de boa qualidade, as plantas não sofrem contaminação por organismos nocivos à saúde.

Como podar acerola?

A acerola exige alguns tipos de podas. Elas devem ser feitas na planta desde o momento em que ela começa a soltar os ramos. "A poda de formação tem o objetivo de promover a formação da copa com três a quatro galhos mestres, distribuídos simetricamente, os quais formarão a estrutura básica da copa", afirma Dr. Flávio Alencar Araújo Couto, professor do Curso a Distância CPT Produção de Acerola, em Livro+DVD. Quando a planta estiver com 50 a 60 cm acima do nível do solo, faz-se um desponte, a fim de diminuir a dominância apical sobre os ramos principais.

Guia prático para plantar erva-doce

A erva-doce ou funcho (Foeniculum vulgare) é uma planta medicinal perene, que também pode ser cultivada anual ou bienalmente. Originária do Mediterrâneo, a erva-doce pode alcançar 2,5 metros, com folhas de até 40 centímetros e pequeninas flores aromáticas. Desde a época de nossas avós, a erva-doce é utilizada como tratamento natural de cólicas intestinais em bebês.

Como esvaziar tanques de terra para uma nova remessa de alevinos

Precisa esvaziar tanques de terra para receber uma nova remessa de alevinos? Então, faça-o corretamente. “Após a captura e transferência dos peixes do tanque de recria para os de engorda, será preciso esvaziá-lo para fazer a sua preparação correta, visando ao recebimento de nova remessa de alevinos”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Produção de Tilápias em Tanques Escavados.

Produção comercial de Agapanto - propagação, cultivo, tratos culturais e cultivo em vasos

Planta ornamental, apesar de sua rusticidade, o Agapanto é uma nativa da África do Sul. Possui características de clima subtropical e é muito encontrado em jardins do sul e do sudeste por gostar e tolerar climas frios. Para se desenvolver satisfatoriamente, o Agapanto precisa de solo rico em matéria orgânica. O nome Agapanthus, em latim, significa "flor do amor" e chama mesmo a atenção no jardim, por suas hastes florais de quase 1 m de altura. No auge da beleza, que acontece durante a primavera e o verão, o Agapanto apresenta inflorescências globosas, compostas por inúmeras flores azuladas. A planta é perfeita na separação de plantas altas em jardins e também para embelezar paredes exeternas e muros.

Regras gerais para a colheita das plantas medicinais

As plantas medicinais, da mesma forma que outras plantas, como as hortaliças apresentam um ponto de colheita ideal, que é o momento de maior concentração de princípios ativos na planta. As substâncias com atividade terapêutica, ou princípios ativos, encontrados nas plantas, geralmente concentram-se em maior quantidade em um determinado órgão. Assim, em algumas plantas os princípios ativos estão em maior concentração nas folhas e hastes, em outras, estão nas flores.

Colheita das plantas medicinais: estádio do desenvolvimento, época do ano e hora do dia

A colheita das plantas medicinais varia conforme o órgão da planta que será coletado, seu estádio de desenvolvimento, a época do ano e a hora do dia, caso contrário, seus princípios ativos não serão bem aproveitados, prejudicando a sua função terapêutica. O estádio de desenvolvimento da planta medicinal é muito importante para que se determine o ponto de colheita, principalmente em plantas perenes e anuais de ciclo longo, em que a máxima concentração é atingida após certa idade e/ou fase de desenvolvimento.

Plantas medicinais - loção para a queda de cabelo, complexo emagrecedor e pomada para a psoríase

O uso de plantas para a cura de doenças e sintomas remonta aos primórdios do homem na Terra. Essa sabedoria popular atravessou os séculos e ainda hoje as plantas são remédios de grande valor para muitos povos, principalmente daqueles de baixa renda. Cientificamente, estudos já comprovaram que os efeitos terapêuticos de algumas plantas medicinais sobre certas doenças, além de altamente vantajosos em termos de custos e benefícios para o homem, são muito eficazes. Ao mesmo tempo, é possível notar nas sociedades do mundo inteiro crescente interesse das pessoas por formas de tratamento que têm como base ingredientes naturais, já que são menos agressivo do que o tratamento com produtos sintéticos. A queda de cabelos, a psoríase, o vitiligo, doenças do fígado, a obesidade, são algumas das doenças que afetam populações pelo mundo todo e todas elas podem ser combatidas ou controladas por meio do uso de produtos feitos com plantas medicinais. Quer saber como? Veja algumas receitas amplamente utilizadas dermatologicamente no combate à doenças comuns:

Fique por dentro das novidades!