Resultados da busca para "principios-ativos-de-cera-de-mel"

Mel - embalagens apropriadas para o armazenamento e a comercialização

É recomendado que o mel seja embalado em vasilhames de boca larga para que o consumidor possa consumi-lo mesmo em processo de cristalização. A embalagem do mel deve contar com um rótulo frontal identificando o produto, tipo de florada e sua marca, juntamente com ilustrações atrativas. São permitidas informações sobre a qualidade do mel, cristalização, como torná-lo líquido, dicas de consumo e receitas. Por exigência legal e como forma de orientação ao consumidor, o rótulo deverá conter ainda as seguintes informações:

Empresa de limpeza - principais tipos de ceras e enceradeiras

As ceras são produtos recomendados para aplicações sobre pisos, e sua função é melhorar o aspecto dos mesmos, deixando-os brilhantes, além de manter uma camada protetora contra arranhões de sapatos, carrinhos, cargas, entre outros. As ceras devem ser antiderrapantes e favorecer a limpeza, proporcionando maior qualidade na limpeza e na preservação dos ambientes em geral. As enceradeiras, por sua vez, são equipamentos que poderão ser utilizados para remover sujidades aderidas e muito incrustadas, renovar, e dar brilho nos pisos em geral.

Saiba um pouco mais sobre metodologia ativa

Na aprendizagem ativa, o ensino-aprendizagem não ocorre de forma passiva, com os alunos recebendo e anotando informações. Na metodologia ativa, os alunos participam ativamente das atividades, em sala de aula, o que torna a aprendizagem muito mais efetiva. Por meio dela, o professor busca meios, que potencializam a autonomia e a autodeterminação dos alunos.

Processamento de mel puro e composto: um investimento de lucro certo

Não há dúvida de que processar e comercializar o mel deve ser o maior objetivo de qualquer casa do mel ou entreposto de produtos das abelhas. Entretanto, o mel pode ser utilizado em diversos produtos alimentícios, cosméticos e farmacêuticos, como parte de sua composição.

Licor de mel - aprenda a fazer

O mel pode ser utilizado em diversos produtos cosméticos e farmacêuticos, como parte de sua composição. Com ele também é possível produzir pães, bolos, balas, biscoitos e licores para serem vendidos em feiras, lojas de artesanato e padarias. Caso o objetivo não seja comercial, ter esses produtos em casa para servir aos convidados é sempre uma excelente opção. Veja como é fácil fazer um licor de mel

Técnicas de depilação - cera quente

A depilação com cera quente é o método mais comum e um dos mais usadas nos salões. A cera é aquecida a uma temperatura em torno de 38 a 40°C em um aparelho próprio para aquecer a cera. Esta pode ser usada em todas as partes do corpo. É menos dolorida e dura de 20 a 25 dias. Deve ser evitada por pessoas com pele muito sensível. Assim como a cera fria, a depilação com cera quente retira os pelos pela raiz, o que permite uma durabilidade de, pelo menos, 20 dias.

Como produzir melado - correção da acidez, remoção das impurezas, verificação do ponto e acondicionamento

O melado é outro produto obtido da cana, muito procurado no mercado de alimentos naturais. Trata-se de um alimento energético e nutritivo, que pode ser consumido, por exemplo, com pão ou queijo. Além disso, também pode o melado ser utilizado na produção de sorvetes, iogurtes e como adoçante natural para leite, café e saladas de frutas. Na verdade, o melado corresponde ao xarope do caldo da cana em estádio não cristalizável, com a uma concentração de açúcar em torno de 65 e 74° Brix.

Abelhas sem ferrão - mel com baixo teor de açúcar e ação antibacteriana

O mel das abelhas sem ferrão é considerado o mais delicioso que existe, além de ser diferenciado por sua consistência, aroma, coloração e sabor. Além disso, quase todas as características físico-químicas desse mel atendem aos padrões exigidos pela legislação brasileira, com base no mel da Apis mellifera. Uma das grandes vantagens do mel das abelhas sem ferrão refere-se ao teor de açúcar do mel das melíponas e trigonas, menor que o mel das Apis, chegando a 70%.

Ensino individual por módulos - atividades extras

As atividades extras nada mais são do que um conjunto de atividades elaboradas com o objetivo de sanar deficiências, ou seja, têm como objetivo proporcionar a recuperação da aprendizagem. São atividades de ensino adicionais oferecidas ao aluno que demonstrou não ter alcançado os objetivos do módulo e que precisa trabalhar novamente o conteúdo em parte ou no seu todo. Embora não precisem ter o mesmo volume de trabalho e a abrangência da fase de atividades de ensino, as atividades extras deverão ser elaboradas de forma a garantir uma revisão de todo o conteúdo do módulo, utilizando recursos tão variados quanto os usados na fase de ensino.

Metodologias ativas de ensino: nem fácil e nem difícil, apenas efetivo

Aprender pelas metodologias ativas não vai ser mais fácil ou mais difícil, apenas mais efetivo. Provavelmente, será percebido, inicialmente, como mais trabalhoso tanto para os professores como para os alunos, mas esperamos que os métodos propostos em si e os resultados que podem ser alcançados rapidamente se transformem em combustível motivador. “O envolvimento, naturalmente, vai crescer, assim como a ocorrência de bons resultados, à medida que os alunos se acostumam a aprender de forma ativa”, afirma Dr. Per Christian Braathen, professor do Curso a Distância CPT Metodologias para Aprendizagem Ativa, em Livro+DVD.

Atendimento Online
Quer Facilidade