Processamento de mel puro e composto: um investimento de lucro certo

O mel não é o único produto das abelhas. Deve-se considerar a própolis que tem uso medicinal, o pólen e a geleia real, considerados super alimentos, a apitoxina, com seu potencial de uso farmacêutico, e a cera

processamento do mel

O mel é o único produto natural doce que contém açúcares, enzimas e diversos sais minerais e vitaminas essenciais à saúde humana

Não há dúvida de que processar e comercializar o mel deve ser o maior objetivo de qualquer casa do mel ou entreposto de produtos das abelhas. Entretanto, o mel pode ser utilizado em diversos produtos alimentícios, cosméticos e farmacêuticos, como parte de sua composição.

A maioria dos entrepostos, entretanto, optam por focar a atividade no mel “in natura” ou composto, devido a aspectos mercadológicos e legais. Alguns, no entanto, investem em uma infraestrutura mais complexa para produção e comercialização de alimentos como balas, bolos e doces, cosméticos e complementos alimentares. São produtos formulados de maneiras variadas, o que lhes garante identidade no mercado.

O empreendedor apícola, entretanto, deve levar em conta que o processamento do mel “in natura” ou composto, e a produção de complementos alimentares, mesmo de bebidas alcoólicas, são regidos por normas do Ministério da Agricultura, fiscalizados pelos Serviços de Inspeção (municipal, estadual ou federal – conforme o alcance da comercialização), enquanto a produção e comercialização de cosméticos e medicamentos tem o registro feito junto ao Ministério da Saúde, encarregado da normatização e fiscalização através da Anvisa.

processamento do mel

As abelhas produzem o mel a partir do néctar das flores, e o armazenam nos favos em estruturas denominadas alvéolos

“Depois da colheita dos favos de mel, o apicultor inicia uma fase de grande importância para a apicultura, quando a combinação de cuidados higiênicos necessários à manipulação de alimentos, com eficiência e criatividade no processamento e comercialização, pode tornar seu negócio muito rentável”, afirma o professor Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, do curso Processamento de Mel Puro e Composto, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Não são poucos os que se limitam a simplesmente colher e embalar o mel em latas, vendendo-o para entrepostos e indústrias, no atacado. Especializam-se na produção e tiram o máximo proveito de sua experiência e estrutura. Outros preferem manter a verticalização da atividade, produzindo, processando e comercializando mel, tentando tirar proveito econômico de todas as etapas. E existem também aqueles que acabam se especializando no processamento e na comercialização, abandonando a fase de produção, passando de apicultores a agroindustriais.

Qualquer que seja a opção do apicultor, um dos momentos mais críticos da atividade é, sem dúvida, a extração e o envasamento, atividades que estarão presentes em qualquer tipo de empresa apícola, das quais depende, em grande parte, a qualidade do mel.

Há de lembrar, também, que o mel não é o único produto das abelhas. Deve-se considerar a própolis que tem uso medicinal; o pólen e a geleia real, considerados super alimentos; e, ainda, a apitoxina, com seu potencial de uso farmacêutico, além da cera.

O mel


O mel pode ser considerado o único produto natural doce que contém açúcares, enzimas e diversos sais minerais e vitaminas essenciais à saúde humana. É, sem dúvida, um alimento de alto potencial energético e de conhecidas propriedades medicinais. As abelhas produzem o mel a partir do néctar das flores, e o armazenam nos favos em estruturas denominadas alvéolos. Em função das espécies de flores, o mel tem sua cor, seu sabor e perfume diretamente relacionados com a predominância da florada.

A cristalização do mel


Do ponto de vista de conservação, a cristalização do mel é um processo que pode ser encarado como normal e não indica adulteração, pois quando cristalizado o mel não perde suas propriedades nutritivas.

processamento do mel

O mel acondicionado e armazenado em condições ótimas de temperatura e higiene, deve ser consumido em até seis meses após extração

O armazenamento


As condições ideais de armazenamento, depois do produto acondicionado em vidros limpos e esterilizados, é de preferência sob resfriamento, à temperatura de 4º a 8ºC. Se o mel foi acondicionado e armazenado em condições ótimas de temperatura e higiene, aconselha-se consumi-lo em até seis meses após extração.

O mel maduro


O mel maduro contém dois tipos de açúcares: cerca de 30% de glicose, e aproximadamente 45% de frutose, que são de rápida absorção pelo organismo. São inúmeros os minerais presentes, as vitaminas, e um grande conteúdo enzimático, destacando-se a presença das enzimas amilase, invertase, catalase e lipase. O teor de água ideal gira em torno de 17%. É essa combinação que dá ao mel características alimentares e terapêuticas únicas, e lhe garante um crescente mercado.

Extração do mel


O processamento do mel “in natura” começa com a recepção das melgueiras com favos; seguido da retirada dos opérculos, ou desoperculação, na mesa desoperculadora. A extração é feita por centrifugação em um equipamento chamado centrífuga. O mel centrifugado passa por filtragem em uma peneira e é colocado em um tanque decantador, onde as partículas estranhas serão separadas do produto por decantação.

Desoperculação


Os favos de mel terão os opérculos retirados com o garfo desoperculador, que tem, nas extremidades, hastes metálicas pontiagudas, as quais fazem a perfuração e retirada dos opérculos. Isso é feito sobre a mesa desoperculadora, uma estrutura em aço inoxidável, em forma de tanque, com largura igual ao comprimento dos quadros, com local para fixação deles. O mel escorrido não se perde, sendo retirado, no fundo, por um dreno lateral. A mesa também conta com um recipiente para os opérculos, feito de malha metálica de aço inoxidável, que permite o escorrimento e posterior recuperação do mel presente nessas estruturas.

A extração do mel


A extração do mel é feita por um extrator de mel, conhecido como centrífuga, que é um equipamento fabricado em aço inoxidável, onde os favos, depois de desoperculados, são fixados em suportes radiais ligados a um eixo central. O movimento circular faz com que o mel se desprenda dos favos, saia dos alvéolos e escorra pelos favos, sendo lançado contra a parede do extrator, de onde escorre por gravidade até a parte inferior do equipamento, abaixo do suporte de quadros, de onde é canalizado para o decantador.

A decantação


Na decantação, são utilizados tanques decantadores, feitos em aço inox, que podem ser verticais ou horizontais, que podem ter até 300 L de capacidade. Apresentam diferentes capacidades volumétricas, e são equipados com tampa, e um registro tipo faca na tubulação de drenagem.

processamento do mel

Muitos apicultores mantêm a verticalização da atividade, produzindo, processando e comercializando mel, tentando tirar proveito econômico de todas as etapas

O envase


No envase, pode ser usado o próprio decantador, ou um outro tanque de aço inoxidável, com um registro tipo faca na base, usado no corte rápido do mel durante o envase, o que facilita a dosagem adequada na embalagem. Deve ser instalado a uma altura suficiente para que o trabalho de embalamento seja feito de forma adequada e higiênica.

O mel composto


A fabricação de mel composto é uma forma de agregar valor ao produto, atendendo uma clientela cada vez mais numerosa, interessada em alimentos naturais e de ação terapêutica. É uma mistura de mel e extratos ou tinturas vegetais, e também de outros subprodutos das abelhas, como extrato de própolis, geléia real e pólen.

Para produzi-lo, o equipamento utilizado é o misturador, cuja principal característica é conseguir homogeneizar produtos com densidades muitos diferentes, como é o caso do mel, mais denso, e os extratos que são líquidos. Após o processo de mistura, o produto é embalado da mesma maneira que o mel “in natura”, a partir de um tanque envasador, ou mesmo em sistemas automatizados.

O aspecto mercadológico do mel composto está diretamente relacionado aos efeitos de cada produto misturado.

 - Própolis: é uma resina que as abelhas coletam nas plantas, e utilizam principalmente para calafetar e impermeabilizar frestas da colmeia, e que tem uma ação desinfetante. É considerada um antibiótico natural. Misturada ao mel, é indicada para gripes, resfriados, distúrbios gastrointestinais como úlceras e outras infecções.

- Agrião: conhecido por sua ação expectorante, o extrato de agrião é usado em mistura com mel e própolis, potencializando sua ação. Indicações: Gripes, resfriados, bronquites e tosses com catarro.

- Eucalipto: potencializa a ação preventiva e curativa da própolis e é recomendado como expectorante potente nas tosses com catarro e em bronquites. Indicações: Gripes, resfriados, bronquites e tosses com catarro.

- Guaco: é uma planta que é conhecida na medicina popular por sua ação anti-inflamatória e fluidificante das vias aéreas superiores. Na mistura com mel e própolis, é indicada para gripes e tosses secas.

- Pólen: é rico em proteínas, aminoácidos, minerais, vitaminas e hormônios. É também uma excelente fonte de energia, por isso, na mistura com mel é indicado para atletas, em diversos tipos de dietas e em períodos de convalescência.

- Geléia real: contém proteínas (18 aminoácidos); vitaminas A, C, D, E e todo o complexo B; e inúmeros minerais. Misturada ao mel é indicada na prevenção de doenças arterioscleróticas, como estimulante sexual, na alimentação de doentes crônicos ou convalescentes, no combate à depressão e à insônia.

processamento do mel

A fabricação de mel composto é uma forma de atender a uma clientela cada vez mais numerosa, interessada em alimentos naturais e de ação terapêutica

Confira mais informações, acessando os cursos da área Apicultura.

Por Silvana Teixeira

 

Cursos Relacionados

Curso Planejamento e Implantação de Apiário Curso Planejamento e Implantação de Apiário

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 420,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade Curso Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 420,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Processamento de Mel Puro e Composto Curso Processamento de Mel Puro e Composto

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera Curso Produção e Processamento de Própolis e Cera

Com Prof. Paulo Sérgio Cavalcanti Costa

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Jean Carlos Rocco

7 de nov de 2016

Adquiri o livro Manual Prático de Criação de Abelhas do mestre Paulo Sérgio Cavalcante Costa. Estou me formando em Técnico em Agropecuária, aqui na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Este mês estarei apresentando um seminário com base no livro. Recebi a visita de um enxame na minha residência, cerca de quatro meses atrás. Sinto que as abelhas me chamam para exercer esta função com elas. Gratidão pelos excelentes cursos que vocês repassam para nós técnicos e produtores.

Resposta do Portal Cursos CPT

8 de nov de 2016

Olá Jean Carlos,

Agradecemos muito que tenha gostado dos nosso cursos a distância.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Francisco joosé da Silva.

27 de jun de 2016

Excelente artigo, gostei muito já tive uma prática de colheita de mel e outra de processamento e tratamento do mel, vou estagiar nesta área.

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de jun de 2016

Olá Francisco,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Francisco joosé da Silva.

18 de jun de 2016

Excelente artigo! Estarei colhendo mel de Abelhas com ferrão na próxima segunda-feira e também vou para prática na indústria de processamento.

Resposta do Portal Cursos CPT

20 de jun de 2016

Olá Francisco,

Ficamos felizes que nosso conteúdo, tenha lhe auxiliado.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

joaquim coelho

10 de jun de 2016

Pretendemos montar um entreposto de mel, cera, etc. Gostei da matéria se puderem me ajudar, preciso saber tudo sobre entreposto, como funciona quais materiais usar. Enfim tudo sobre entreposto. Sou presidente da apivale - associação dos apicultores do vale do ribeira.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de jun de 2016

Olá Joaquim,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Francisco José da silva.

1 de mai de 2016

Muito interessante gostei pois estou concluindo o curso TÉCNICO EM AGROINDÚSTRIA e estou vendo esta matéria.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de mai de 2016

Olá Francisco,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mário Luiz Montagnoli

11 de jan de 2016

Sou um entusiasta do assunto. Gostei muito do artigo. Parabéns.

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de jan de 2016

Olá, Mário!

Agradecemos pela visita e comentário em nosso site.

Possuímos muitos artigos sobre apicultura, que poderão agregar ainda mais valores ao seu conhecimento.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Outros artigos relacionados à área Apicultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade