Resultados da busca para "fluxograma-de-frutas-em-calda"

A fabricação de doces em calda e compotas aumenta a renda familiar no Brasil

O Brasil, País de enorme extensão territorial, possui todos os fatores desejáveis à produção de frutas. De norte a sul, listam-se inúmeras variedades produzidas para atender ao consumo interno, externo e, também, para a industrialização. No entanto, tamanha demanda acarreta também em prejuízos, já que muitas das frutas, de alguma maneira, acabam se estragando, seja na colheita, no transporte ou até mesmo durante a comercialização. Apesar dos danos físicos sofridos, muitas vezes as frutas não perdem suas propriedades, tornando o descarte uma ação impensada. Essas frutas podem e devem ser reaproveitadas e, quando feitas de forma correta, geram renda extra às famílias. Uma boa forma de fazer do descarte de frutas um lucro real é com a fabricação de doces em calda e compotas.

Doces de fruta em barra - o aproveitamento das frutas agrega valor à produção

O aproveitamento das frutas produzidas na propriedade para fabricação de doces de fruta em barra, tais como goiabada, bananada e outros, é uma atividade muito importante, principalmente, para o pequeno produtor rural, porque agrega valor à sua produção e aumenta a sua renda. É interessante, também, como aproveitamento das frutas de final de safra, ou aquelas que não dão classificação adequada para o mercado de frutas in natura. Além disso, possibilita o aproveitamento das partes das frutas que não são utilizadas no processamento de compotas, geleias e doces cristalizados.

Arroz doce cremoso com calda de frutas vermelhas: aprenda a fazer

Quer uma receita fácil de fazer e ao mesmo tempo deliciosa, que demanda pouco tempo para ficar pronta e leva ingredientes básicos? Arroz doce cremoso com calda de frutas vermelhas! Além de tudo isso que foi descrito, você vai surpreender a todos com esta sobremesa. Vamos lá?

Calda Bordalesa: o que é, para que serve e como utilizar?

A calda bordalesa é um fungicida que surgiu no século passado, na região de Bourdeaux, na França, para o controle de míldio em videiras. Ela resulta da mistura de sulfato de cobre com cal virgem, diluídos em água. O seu uso é permitido na Agricultura Orgânica por ser o sulfato de cobre um produto pouco tóxico, e por melhorar o equilíbrio nutricional das plantas. A preparação mais comum da calda bordalesa se dá na proporção de 1 parte de cal virgem e 1 parte de sulfato de cobre para 100 partes de água.

Doces de fruta em barra - fases do processamento

A seleção das frutas é muito importante, para se conseguir um produto final de boa qualidade. Deve-se usar somente frutas sadias. Em alguns tipos de fruta, é possível eliminar partes estragadas, aproveitando-se somente as partes sadias, como no caso da goiaba. Frutas muito maduras ou muito verdes alteram o paladar do doce, prejudicando sua aceitação. No entanto, é importante utilizar uma parte de frutas de vez, que são mais ricas em pectina, além das frutas maduras, para melhorar o corte do doce.

Fruticultura irrigada permite obter frutos de qualidade em todas as regiões e na entressafra

Devido à crescente procura de frutas in natura nos últimos tempos, cresce, também, a preocupação dos produtores em apresentar ao público consumidor um produto de excelente qualidade. Para que isto seja possível, é necessário que os fruticultores façam um correto manejo da plantação e um dos itens de maior importância para a obtenção de frutos saudáveis, apetitosos e de boa aparência física é a irrigação. Por meio da irrigação é possível viabilizar a produção agrícola em regiões áridas, semiáridas ou com distribuição irregular de chuva, possibilitando a obtenção de frutas de melhor qualidade até mesmo na época da entressafra.

Doce de Mamão em Calda: aprenda fazer

O doce de mamão em calda geralmente é feito com o fruto bem verde. Na hora de colher, colha aqueles que têm mais ou menos o mesmo tamanho, para que os pedaços fiquem uniformes. Os frutos devem ser manuseados com cuidado, para evitar que se amassem e rachem, o que levará à perda de matéria-prima.

Descascamento químico de frutas: saiba mais sobre isso

Descascamento químico é o processo mais moderno e eficiente de tirar a casca para alguns tipos de frutas, principalmente quando se deseja preparar doces em calda. Esse processo é ideal para deixar os frutos com melhor aspecto visual.

Receitas com o fruto kiwi

O fruto quiuí, quivi ou kiwi, além de ser uma fonte de vitamina C, tem um delicioso sabor cítrico adocicado. Essa característica exótica enriquece a cada dia não só a nossa culinária como a culinária mundial. Desde pratos salgados a coquetéis, essa fruta vem conquistando o paladar das pessoas mais exigentes. Além disso, para cada 100 g do fruto, temos apenas 62 kcal; gordura total 0 g; colesterol 0 g; hidratos de carbono 13 g; fibra dietética 3,3 g; açúcares 12 g; proteínas 1,3 g; vitamina E 4 mg; vitamina C 107 mg; cálcio 36 mg. Ou seja, é o fruto comercializado mais rico em nutrientes. E o melhor, é uma delícia!

Frutos e hortaliças - redução do tamanho (corte)

A redução de tamanho dos frutos e hortaliças é realizada por diferentes meios, quando os frutos e hortaliças são transformados em peças menores, com forma definida e tamanho uniforme. É uma etapa importante por facilitar o manuseio, porém, apresenta algumas desvantagens. O corte causa dano mecânico às células e, portanto, aumenta a respiração dos tecidos, tornando-os mais suscetíveis à deterioração.

Atendimento Online
Quer Facilidade