Doces de fruta em barra - o aproveitamento das frutas agrega valor à produção

O processamento de doces de fruta em barra é muito fácil e prático, mas exige muito cuidado para a produção de produtos de boa qualidade

Doces de fruta em barra - o aproveitamento das frutas agrega valor à produção

 

O aproveitamento das frutas produzidas na propriedade para fabricação de doces de fruta em barra, tais como goiabada, bananada e outros, é uma atividade muito importante, principalmente, para o pequeno produtor rural, porque agrega valor à sua produção e aumenta a sua renda. É interessante, também, como aproveitamento das frutas de final de safra, ou aquelas que não dão classificação adequada para o mercado de frutas in natura. Além disso, possibilita o aproveitamento das partes das frutas que não são utilizadas no processamento de compotas, geleias e doces cristalizados.

“O processamento de doces de fruta em barra, ou em pasta, é muito fácil e prático. Mas, como todo processamento artesanal, exige muito cuidado para a produção de produtos de boa qualidade”, afirma a professora Maria da Graça Lima Bragança, do Curso Como Produzir Doces em Barra, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

O sucesso na produção de doces de fruta em barra depende, principalmente, da matéria-prima utilizada e do processamento adequado. Além disso, a manipulação adequada dos alimentos e os cuidados com a higiene, durante todo o processo produtivo, são fatores que interferem muito na qualidade final do produto.

Os doces de fruta em barra resultam do cozimento da fruta até a consistência sólida. Esses doces são também chamados doce em pasta, doce em massa ou marmelada. Em geral, o doce em barra é nomeado de acordo com a fruta que lhe deu origem como bananada, goiabada e pessegada.

As frutas, destinadas à fabricação de doces em barra, devem ser de maturação ótima, quando apresentam seu melhor sabor, cor, aroma, e são ricas em açúcar e pectina. As demasiadamente maduras sofrem perda de pectina e são mais susceptíveis à contaminação por fungos e leveduras. Por isso, as frutas deverão ser sadias e limpas, isentas de matéria ferrosa, parasitas e detritos de animais ou vegetais.

Além das frutas in natura, podem ser empregadas polpas pré-processadas e congeladas. Mas, lembre-se de que o congelamento reduz o teor de pectina das frutas. Podem ser utilizados, também, pedaços de frutas que não são aproveitados na fabricação de outros tipos de doce, como geleias e compotas.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os cursos da área Indústria Caseira.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e confira outros artigos sobre Doces de Fruta em Barra:

Principais componentes

Fases do processamento

Cristalização, mofo e sinerese

RECEITAS DE DOCES DE FRUTA EM BARRA

Receita de Bananada

Receita de Goiabada Cascão

Receita de Mangada

Receita de Doce de Maracujá

Receita de Marmelada

Receita de Pessegada

Cursos Relacionados

Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Doces e Geleias Curso Como Montar e Operar uma Pequena Fábrica de Doces e Geleias

Com Prof. Raimundo Mororó

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Produzir Doces em Calda e Compotas Curso Como Produzir Doces em Calda e Compotas

Com Prof.ª Maria da Graça Bragança

R$ 392,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Produzir Geleias e Polpadas Curso Como Produzir Geleias e Polpadas

Com Prof.ª Maria da Graça Bragança

R$ 392,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Produzir Doces em Barra Curso Como Produzir Doces em Barra

Com Prof.ª Maria da Graça Bragança

R$ 392,00 à vista ou em até 12x de R$ 32,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Indústria Caseira

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade