Resultados da busca para "adestramento-de-caes-para-o-faro"

Adestramento - como os cães aprendem?

O adestramento, além de proporcionar aos donos cães seguros e bem educados, aumenta os laços afetivos entre cães e humanos, particularmente o dono, caso este participe do processo de treinamento, ensina bons modos e, ainda, oferece ao cão uma alternativa para gastar a sua energia. Os cães que passam pelo processo de adestramento racional, tornam-se muito mais felizes, brincalhões e menos estressados.

Adestrar cães com brinquedos? Isso é possível?

Adestrar cães com brinquedos? Isso é possível? Sim, é! Os brinquedos são recursos muito importantes para se adestrar cães, pois eles os veem como uma caça, principalmente os filhotes que estão em desenvolvimento e gostam de caçar, procurar, perseguir, apreender e morder a caça. “Os cães utilizam o brinquedo para aprender, com a mãe e os irmãos a caçar, e também como forma de brincadeira. Como nosso cão de casa não precisa mais caçar, com a intenção de alimentação, eles utilizam os brinquedos para interagir com outros cães e com os seus donos”, afirma Andrês Sales Coelho, professor do Curso a Distância CPT Adestramento de Cães, em Livro+DVD e Curso Online.

Adestramento de cães: esquema de reforçamento

Um conceito que todo adestrador de cães tem de conhecer bem é o chamado esquema de reforçamento. Falamos que, no início do ensinamento de um comportamento, o reforço deve ser fornecido imediatamente após a emissão do comportamento desejado e em todas as vezes que o cão realizá-lo. Isso faz com que o comportamento seja assimilado pelo cão e, justamente por isso, é chamado de reforço. “A esse tipo de reforço damos o nome de esquema de reforçamento contínuo, em que, todas as vezes que emite o comportamento desejado, o cão recebe o prêmio”, afirma Andrês Sales Coelho, professor do Curso a Distância CPT Adestramento de Cães, em Livro+DVD e Curso Online.

Jovem ou adulto - quando treinar um cão de guarda?

Ao iniciar os trabalhos com adestramento de cães de guarda, as primeiras perguntas que a maioria dos treinadores novatos fazem é: que raça utilizar para treinar um bom cão de guarda? Existem diferenças entre treinar um cão adulto e um cão jovem? É sempre preferível treinar o cão jovem, principalmente, para treinadores que ainda não são experientes. Porém, antes de iniciar esse assunto, é fundamental esclarecer que o cão pode ser treinado em qualquer idade, mas esse trabalho deve ser sempre realizado por quem já possui conhecimento de treinamento de cães. Portanto, aqueles que desejam trabalhar nessa fascinante área devem começar pelo estudo do adestramento básico de cães. Depois que já obtiverem certa experiência, estarão aptos aos trabalhos com os cães de guarda.

Equitação terapêutica desenvolve a tenacidade, a perseverança, a calma e o domínio de si mesmo

Equitação é a arte de montar a cavalo, adestrá-lo e prepará-lo para as diversas atividades em que pode ser utilizado. A equitação desenvolve com mais harmonia essas ações e, ainda, o equilíbrio, a coordenação motora, a agilidade, a destreza, conferindo um sentimento de força física e fazendo aumentar a autoconfiança. Aumenta a vontade, o espírito de decisão, a iniciativa e a resolução. O adestramento do cavalo desenvolve no cavaleiro a tenacidade, a perseverança, a calma e o domínio de si mesmo.

Seu cachorro destrói tudo? Então, aprenda a educá-lo!

Grande parte dos donos de cães acha que não é necessário adestrá-los, mas, acredite, esta não é a melhor conduta. Ao contrário de antigamente, quando o cão permanecia amarrado a uma corrente no fundo do quintal e recebia as sobras de comida, hoje ele faz parte da família e vive dentro de nossas casas. Esse estreitamento de relações é muito importante para ambas as partes, mas para que possamos ter um convívio harmonioso, precisamos mostrar aos cães que existem regras de convivência.

Inteligência canina: é possível avaliar o grau de aprendizagem?

O critério de avaliação da inteligência canina é baseado na facilidade que o cão tem em aprender e atender prontamente a comandos dados pelo dono ou pelo adestrador, e interpretar situações ambientais de risco. Para que os cães se tornem bons guardiões, por exemplo, eles devem passar por um árduo trabalho de aprendizado. Para isso, precisam ter aptidão para o aprendizado, tanto das lições quanto dos comandos, e sua pronta resposta quando emitidos pelo treinador.

Por que estudar ou para que estudar e como aprender?

Por que estudar ou para que estudar: qual pergunta você se faria? A pergunta certa a se fazer é "para que estudar?", afirma Ethel Peternelli, professora responsável pela Aula 3 – Motivação para Estudar, da Série Professor Eventual, Volume III, produzida pelo Centro de Produções Técnicas – CPT. E as respostas para a pergunta acima são várias: - Estuda-se para adquirir conhecimento; - Estuda-se para criar e mudar comportamentos; - Estuda-se para adquirir hábitos.

Por que a fase de socialização é importante para os cães?

Pouco antes do segundo mês de vida, estendendo-se até cerca de quatro meses, inicia-se a segunda fase de desenvolvimento canina, que é a de socialização. Essa é uma das fases mais importante do filhote, considerando-se o comportamento do animal ao longo de toda a sua vida. “Nessa fase, o filhote já está neurologicamente completo e já possui a capacidade de aprendizado, tanto quanto em outra idade qualquer. Portanto, nessa época, já podemos iniciar os trabalhos de afastamento”, afirma Andrês Sales Coelho, professor do Curso a Distância CPT Adestramento de Cães, em Livro+DVD e Curso Online.

COMUNICAÇÃO: maior entrave entre os cães e os homens

Existem duas formas básicas de comunicação: a não verbal e a comunicação verbal. Aos sinais comportamentais, damos o nome de comunicação não verbal, que são os utilizados pelos cães como prioridade na sua comunicação, auxiliadas pelos sinais corporais e olfativos. Para os humanos, a linguagem verbal é prioritária na comunicação.

Atendimento Online
Quer Facilidade