WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"a-pulga-pode-transmite-doenca-para-bezerros-e-matar-rapidamente"

Pulga: parasita externo causador de desconforto e transmissor de doenças aos cães

As pulgas, nome popular dado aos sifonápteros (Siphonaptera), são uma ordem de insetos sem asas. Parasitas externos, elas se alimentam do sangue de aves e mamíferos, principalmente cães, podendo perfeitamente transmitir perigosas doenças, como o tifo e a peste bubónica aos animais. Sua maior incidência se dá sobre animais de estimação, também chamados de hospedeiros, como o gato, o cachorro, entre outros. Por meio deles, as pulgas garantem sua alimentação e segurança, permanecendo toda a sua vida. Além das incômodas picadas, elas transmitem vermes, parasita hematófagos e podem induzir a processos alérgicos, diminuindo a qualidade de vida dos animais. Devido a sua grande habilidade de saltar, uma pulga é capaz de pular a um metro de distância (200 vezes o próprio tamanho), o que lhe permite passar de um hospedeiro a outro com a maior facilidade. Dependendo da espécie, seu tamanho pode chegar a 5 mm de comprimento. É interessante, então, tanto para donos de canis quanto para os manates de animais, que se saiba tudo sobre as pulgas, como se alimentam, como é o seu ciclo de vida, como evitar as infestações, as principais espécies de maior interesse dos médicos e veterinários e, também, como devem proceder as medidas de controle desse terrível parasita.

Biomas do Brasil: Mata dos Pinhais ou Mata de Araucárias

A Mata dos Pinhais, caracterizada devido a grande presença de pinheiros, principalmente o Pinheiro-do-Paraná, está localizada na região Sul do Brasil (Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), em locais com altitudes superiores a 500 m. Está incluída dentro do Bioma Mata Atlântica e é também conhecida como Mata de Araucárias, em função da forte presença da Araucária angustifolia neste bioma. Registros apontam que a Mata dos Pinhais já ocupou cerca de 2,6% do território nacional e assim como outras formações florestais do Brasil ela vem sendo degradada em função do corte ilegal de árvores, para a produção de madeira e resinas. Outro fator que tem contribuído para o desmatamento é a abertura de novas áreas destinadas à agricultura e pecuária e, com isto, 95% da mata nativa já foi derrubada nas últimas décadas.

Principais doenças de bezerros na fase da cria

Alexandre Bizinoto, professor do Curso CPT Cria de Bezerros de Corte, destaca que Para se ter rentabilidade na atividade de cria, o pecuarista precisa estar atento ao manejo dos bezerros, evitando que sejam acometidos por doenças, o que pode prejudicar o seu desenvolvimento e comprometer as outras fases da criação.

A água transmite doenças?

A água transmite doenças? Sim, estando contaminada a água é capaz de transmitir muitas doenças, entre elas cólera, diarreia, leptospirose, hepatite, esquistossomose, giardíase, entre outras. No entanto, com a adoção de uma das principais ações de saneamento básico, que é o tratamento da água e do esgoto, praticamente eliminam-se as possibilidades de ocorrência dessas doenças.

Top 3 doenças mais comuns em bezerros

Na pecuária, uma das fases mais críticas ocorre nas semanas iniciais de vida do bezerro. Por serem muito novos, são frágeis e vulneráveis a infecções e doenças. Sendo assim, “o pecuarista deve monitorar continuamente esses bovinos. Se constatada alguma anormalidade, deve-se procurar imediatamente um médico veterinário para um tratamento rápido e assertivo.

Gestão zootécnica na pecuária leiteira: principais doenças em bezerras

Saber diagnosticar e tratar as principais doenças em bezerras é indispensável para o desenvolvimento saudável desses animais, afirma Lucas Repolês Lourenço, professor do Curso CPT Gestão Zootécnica na Pecuária Leiteira. Nesse sentido, serão apresentadas as principais doenças e as estratégias de prevenção direcionadas a bezerras, especialmente àquelas na categoria de aleitamento em fase de transição.

Quais as principais doenças em bezerros e bezerras recém-nascidos?

Todo pecuarista deve se preocupar com a saúde do seu rebanho, especialmente os animais com dois meses de vida. Vale lembrar que o adequado ganho de peso para corte e o bom desenvolvimento das futuras vacas de leite são determinados por esse estágio. Quando ocorrem perdas nessa fase, raramente elas são recuperadas.

Águas naturais cada vez mais contaminadas transmitem doenças infecciosas no meio rural

Trabalhos científicos realizados pela Embrapa têm mostrado que em determinadas regiões até 98% das águas naturais analisadas apresentaram bactérias de origem fecal, que é o parâmetro indicativo de poluição por esgoto. Esses trabalhos foram realizados em áreas rurais, onde era de se esperar menor poluição dos recursos hídricos. A água microbiologicamente contaminada pode transmitir grande variedade de doenças infecciosas, de diversas maneiras: diretamente pela água (provocada pela ingestão de água contaminada); causadas pela falta de limpeza e de higiene com água e veiculadas por parasitas encontrados em organismos que vivem na água.

Por que vacinar os bovinos?

Os bovinos quando não vacinados podem ser atacados por várias doenças que, além da queda da produção, podem causar a morte dos animais que as contraíram. O resultado é um só: prejuízo; tanto para os criadores quanto para a economia do país. Além disto, estudos mostram que muitas dessas doenças podem ser transmitidas aos homens. Fica comprovado, portanto, a extrema importância e necessidade de combater e prevenir doenças, principalmente com o uso de vacinas específicas.

Doenças causadas por carrapatos: erliquiose e babesiose

Os carrapatos são artrópodes hematófagos, ou seja, alimentam-se de sangue do animal parasitado. O carrapato propriamente dito não causa muitos problemas além da coceira, mas a pulga é vetor de diversas outras doenças, além de problemas dermatológicos. “Portanto, ele pode transmitir uma série de doenças, algumas delas muito severas, podendo levar o cão ao óbito. As principais doenças transmitidas pelos carrapatos são a Erquilose e a Babesiose”, afirma Alessandra Sayegh Arreguy Silva, professora do Curso CPT Capacitação de Auxiliar Veterinário - Cães e Gatos.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!