Horta - como plantar Taioba (Xanthosoma sagittifolium)

Horta - como plantar Taioba (Xanthosoma sagittifolium)

 

A Taioba (Xanthosoma sagittifolium) é uma monocotiledônea herbácea, tropical, perene, rizomatosa, que pode atingir até dois metros de altura. Possui como características grandes folhas cordiformes encontradas em tons de verde e roxo escuro, com enormes limbos cerosos e carnosos, e com nervuras marcantes.

Trata-se de uma planta frequentemente confundida com diversas espécies chamadas de taro, nome pelo qual também pode ser conhecida. Quando cultivadas como plantas ornamentais, a taioba recebe o nome de orelha-de-elefante.

A planta é cultivada em praticamente todas as regiões do Brasil e por ser uma espécie tropical, necessita de temperaturas quentes, em torno de 25 a 28 graus Celsius. A Taioba não tolera geada e em condições climáticas onde as temperaturas sejam inferiores a 15 graus Celsius, o crescimento da planta é muito comprometido. Para que se desenvolva bem, necessita de solos bem drenados, enriquecidos com matéria orgânica e cujo pH esteja entre 6 e 7. As taiobas podem ser colhidas de 80 a 100 dias após o plantio.

Pertencente a família Araceae da qual estão inclusas cerca de três mil espécies, entre elas o inhame e diversas plantas ornamentais como o comigo-ninguém-pode e o copo-de-leite, a Taioba é destaque por ser uma espécie comestível que apresenta alto teor de minerais e vitaminas.

Da taioba, utiliza-se para o consumo tanto as suas folhas, como também os seus rizomas. As folhas que possuem um sabor suave são excelentes fontes de vitamina A e diversas pesquisas já comprovaram inclusive, que a quantidade desta vitamina encontrada nas folhas de Taioba é superior as encontradas nas cenouras, que são fontes de vitamina A, bastante populares. Além disto, as folhas contêm vitamina C e minerais como o ferro, potássio e manganês. Já o rizoma, é ricamente constituído por carboidratos, porém não é muito consumido quanto às folhas, pelos brasileiros. Na África e na Ásia o consumo dos rizomas é comum.

No Brasil, principalmente nos estados de Mina Gerais, Bahia, Rio de Janeiro e Espírito Santo, aprecia-se muito o consumo de folhas de taioba. Elas que podem ser preparadas de variadas maneiras, desde cruas em saladas, como também refogadas e como ingredientes de receitas exóticas, estão se tornando cada vez mais conhecidas e presentes na alimentação dos brasileiros, tanto por serem nutritivas, como também pelos seus poderes medicinais. Tem propriedade depurativa, emoliente e cicatrizante. Promove cicatrização de úlceras e sua raiz serve para atenuar casos de lepra. Todas as partes da planta contém ráfides de oxalato de cálcio.

Deve ser cultivado sob sol pleno ou meia-sombra, em solo leve e fértil, enriquecido com matéria orgânica, mantido úmido. Por estes motivos é uma excelente planta palustre no paisagismo de lagos e riachos. Planta essencialmente tropical, o taro não tolera o frio, mas pode ser utilizada protegida, na decoração de ambientes internos bem iluminados e em estufas. Multiplica-se por divisão das touceiras ou rizomas.

Como plantar Taioba

1. A Taioba precisa de temperaturas acima de 20°C, para o seu desenvolvimento. Baixas temperaturas não são suportadas pela Taiobeira.

2. Ao escolher o local de plantio, opte por aquele no qual bata luz solar direta ou que pelo menos contenha sombra parcial.

3. Certifique-se que o solo seja bem drenado, possua boa fertilidade, com matéria orgânica suficiente para suprir as necessidades da planta e com pH entre 5,8 e 6,3

4. A planta suporta encharcamentos, no entanto o mesmo não acontece com solos compactados.

5. Nunca deixa de irrigar o solo. Somente as plantas adultas suportam a falta de água por um período de tempo.

6. O plantio é realizado por meio de pedaços de cormo ou com rebentos laterais. Os rebentos surgem próximos ao cormo principal e deverão ser tirados para esta etapa. As covas deverão possuir de 6 a 10 cm de profundidade, espaçadas de 1 m a 1,3 m entre as plantas ou de 1 m entre as linhas e 40 a 50 cm entre as plantas.

7. Faça a limpeza do local sempre que necessário, retirando-se de lá as plantas invasoras.

8. Colha a taioba com cerca de 60 a 75 dias, depois do plantio. A colheita dos cormos para replantio devrá ser feita de 7 a 12 meses depois do plantio. Durante este processo, eles deverão receber total atenção e cuidado para que se evite ferimentos e posterior deterioração.

Aprimore seus conhecimentos acessando os Cursos CPT, da área Horticultura, entre eles o Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre os mais comuns, fáceis de serem cultivados e manejados, listam-se os seguintes vegetais listados nos links de referência abaixo. Clique e confira!

Horta - vegetais cultivados em pequena quantidade para o consumo próprio

Abobrinha (Cucurbita pepo L.)

Acelga (Beta vulgaris cicla)

Agrião (Nasturtium officinale)

Alcachofra (Cynara cardunculus subsp scolymus)

Alface (Lactuca sativa)

Alho Poró (Allium porrum)

Almeirão (Cichorium intybus)

Aspargo (Asparagus setaceus)

Bardana (Arctium lappa)

Batata (Sclanum tuberosum)

Berinjela (Solanum melongena)

Beterraba (Beta vulgaris)

Brócolis (Brassica oleracea)

Cebola (Allium Cepa L.)

Cenoura (Daucus carota)

Chicória (Cichorium endivia)

Couve (Brassica oleracea)

Couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis L.)

Ervilha (Pisum sativum)

Espinafre (Spinacia oleracea)

Fava (Vicia faba)

Grão-de-bico (Cicer arietinum L.)

Inhame (Colocasia esculenta)

Mandioquinha (Arracacia xanthorrhiza)

Mostarda (Sinapis alba)

Nabo (Brassica rapa L.)

Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller)

Pepino (Cucumis sativus)

Pimentão (Capsicum annuum)

Quiabo (Abelmoschus esculentus)

Repolho (Brassica oleracea var. Capitata L.)

Serralha (Sonchus oleraceus)

Tomates (Solanum lycopersicum)

Vagem (Phaseolus vulgaris)

Por Silvana Teixeira

Fontes: Hortamiga, nplantas, Portal do Jardim, Globo Rural, Globo Rural, Jardinaria, O Meu Jardim, Site Unimed, Frutas no Brasil, Saberes do Jardim, Vovó que ensinou, Horta em Casa, Como Fazer Tudo, Portal São Francisco

Horta - como plantar Taioba (Xanthosoma sagittifolium)

 

Cursos Relacionados

Curso Hidroponia - Solução Nutritiva Curso Hidroponia - Solução Nutritiva

Com Prof. Dr. Quirino Carmello

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo

Com Prof. Dr. João Tessarioli Neto

R$ 446,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica

Com Prof.ª Clevane Valle e Prof. Joe Valle

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Hidroponia  -  O Cultivo sem Solo Curso Hidroponia - O Cultivo sem Solo

Com Prof. Dr. José Damião

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

nadja naira gloria barcellos de andrade obadia

22 de out de 2018

OLÁ, ESTOU EM DUVIDA ; TENHO TAIOBAS GRANDES , TOTALMENTE VERDES,( FOLHAS E CAULES,), FORMATE EXATAMENTE COMO UM CORAÇAO , UMA LINHA SUAVE QUE CIRCULA TODA A FOLHA, O LADO DIREITO E ESQUERDO DA PARTE DE CIMA DA FOLHAS SE FECHAM JUNTO AO TALO. ENFIM TUDO AFIRMA QUE É TAIOBA COMESTIVEL, MAS NOTEI UM LEITE QUE SAIU DAS FOLHAS QUANDO A MACHUQUEI SEM QUERER.E AGORA LI QUE ESSE LEITE SAI DE TAIOBAS BRAVAS, QUE NÃO SÃO COMESTIVEIS. AFINAL POSSO OU NÃO CONSUMIR ESSAS FOLHAS ?

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de out de 2018

Olá Nadja,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. A taioba brava não é comestível, ela é tóxica e pode até matar. Na dúvida é melhor não consumir, e fazr o replantio com a taioba mansa.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

José Teixeira Pinto netto

6 de dez de 2015

Bom dia! Existe algum tipo específico para adubação? Gostaria de implementar una adubação química além da adubação de insumos. Qual tipo? obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de dez de 2015

Olá, José Teixeira!

Recomendamos que procure uma casa de produtos agrícolas para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Almir de O dos Santos

8 de nov de 2015

Olá Sou de mato grosso do sul e gostaria de saber como faço para adquirir muda de taioba. Obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de nov de 2015

Olá, Almir!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você pode encontrar mudas de taioba no mato ou com pessoas que já a cultivam.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Amarildo Freitas

20 de out de 2015

Por gentileza, preciso de informação a respeito de curso, livro ou boletim do cultivo da taioba de forma comercial. Agradeço.

Resposta do Portal Cursos CPT

21 de out de 2015

Olá, Amarildo!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Durcilene

8 de ago de 2014

Gostaria de saber onde posso comprar tubérculos da taioba. Por favor, me ajude. Moro em Cuiaba, MT. Sei que o bulbo é resistente o bastante para chegar de qualquer parte do Brasil em boas condições de plantio, por isso agradeço muito se me indicarem alguém que possa me vender. Muito obrigada

Resposta do Portal Cursos CPT

12 de ago de 2014

Olá, Durcilene!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações recomendamos que procure em casa especializadas em produtos agrícolas.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Sants

IRAENE ALVES

25 de fev de 2014

POR GENTILEZA ,GOSTARIA DE SABER SE A TAIOBA COMESTÍVEL SAI UM LEITE DA FOLHA, DO TALO, TENHO ESSA DUVIDA. SE POSSÍVEL ME ENVIE A RESPOSTA PARA MEU E-MAIL. AGRADEÇO IRAENE.

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mar de 2014

Olá, Iraene!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Este leite que sai das folhas é encontrado na taioba "brava", que não é a variedade comestível.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Maria Isabel de Camargos

23 de nov de 2013

Gostaria de saber se vocês tem algum informativo, boletim, livro ou vídeo sobre produção comercial de Taiobas. agradeço.

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de nov de 2013

Olá, Maria Isabel!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Edilene

28 de ago de 2013

Por favor não consigo diferenciar a taioba mansa da taioba brava. Vocês podem me explicar?

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de ago de 2013

Olá, Edilene!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

A taioba brava, possui talos escuros e a parte de cima do coração termina antes de começar o talo; Já a taioba mansa, comestível possuí uma cor verde mais claro, tanto o talo quanto a folha, nervuras claras, em Y e lobos que se juntam exatamente onde começa o talo (embora isto também aconteça com outras variedades bravas, mas com talos bem roxos, que é um bom parâmetro para diferenciá-las).

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade