Horta - como plantar Cenoura (Daucus carota)

Horta - como plantar Cenoura (Daucus carota)

 

De textura macia e paladar agradável, a Cenoura é consumida principalmente in natura. É o legume mais consumido em todo o mundo e muito fácil de cultivar. A Cenoura é largamente processada pela indústria para a elaboração das versões em cubo, ralada, em rodelas e mini Cenouras, inclusive como ingrediente de conserva de seleta de legumes, alimentos infantis e sopas instantâneas. Além disso as Cenouras são ótimas para fazer bolos, compotas, sumos e conservas.

A sua cor alaranjada mostra que a Cenoura é rica em Betacaroteno, tendo em média 4,7 miligramas deste nutriente. Contém muitos sais minerais, como Fósforo, Cloro, Potássio, Cálcio e Sódio, necessários ao bom equilíbrio do organismo, e vitaminas do Complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e as funções do aparelho digestivo. Fonte de vitamina A, a Cenoura fortalece ossos e dentes, ajuda a prevenir a cegueira noturna, combate prisão de ventre e problemas estomacais. Além disso, estimula o apetite, facilita a digestão, ajuda a evitar alguns tipos de câncer e de doenças cardíacas.

As Cenouras podem ter formato cilíndrico ou cônico. As cilíndricas são do grupo nantes, de origem francesa, recomendadas para o plantio em época fria, devido à sensibilidade a doenças de folhagem. As ligeiramente cônicas pertencem ao grupo brasília. Foram obtidas a partir de um programa de melhoramento para o cultivo no verão. A preferência do produtor brasileiro é por raízes de Cenouras cilíndricas, lisas, sem raízes laterais ou secundárias, além de uniformes, com comprimento de 15 a 20 centímetros, e com diâmetro entre três e quatro centímetros.

Como cultivar Cenoura

1. A propagação faz-se por semente, em local definitivo, com cinco centímetros entre sementes e vinte a trinta nas entre linhas.

2. As sementes exigem bom preparo do solo para que ocorra boa germinação das plantas. No preparo do canteiro, recomenda-se mexer o solo, manualmente (enxadão), espalhar na área o adubo orgânico curtido sete a dez dias, antes da sementeira. O uso de cobertura após a sementeira é recomendado, especialmente no verão, quando as temperaturas são elevadas. A cobertura protege as sementes do sol direto no verão, da erosão provocada pela irrigação ou chuvas e, impede a formação de uma crosta dura no solo que impede a germinação das plantas.

3. O cultivo da Cenoura pode ser feito durante o ano todo. Mas, para cada época deve-se escolher a semente correta.

4. É considerada uma “planta de inverno”, produz melhor em lugares onde a temperatura oscila entre 8º C e 22º C.

5. Gosta de exposição solar mediana e prefere solos de textura areno-argilosos, arenosos ou turfosos, leves, com boa drenagem e com acidez de fraca a média. Quando necessário deve enriquecer o solo com fósforo e o potássio, que são os principais nutrientes da Cenoura, mas o boro também é importante, pois na sua ausência as Cenouras racham.

6. Gosta de água, mas moderada, e não tolera encharcamento.

7. As Cenouras gostam de um local aberto e de um solo leve e fértil. Deve-se evitar terrenos úmidos e com sombra. Incorpore estrume ou composto e retire as pedras. Opte por canteiros elevados. Os canteiros devem ter em torno de 1,10 m de largura e 15 cm de altura e comprimento variável.

8. Os canteiros para a plantação de Cenouras devem ser montados em área limpa ou com a incorporação de restos culturais. Em grandes plantações, o processo de semeadura é realizado por meio de plantadeiras. Deve-se enterrar as sementes a cerca de 1 cm de profundidade, 15 cm umas das outras e em linhas afastadas de 20 cm.

9. Após o plantio, regue o canteiro para iniciar o processo de germinação. Em geral, a primeira irrigação deve ser feita até atingir 20 centímetros de profundidade. Do plantio ao raleio, as regas são leves e rotineiras. Nas seguintes, até a colheita, faça as irrigações de acordo com o tipo do solo e condições climática.

As plantinhas vão aparecer após 2 ou 3 semanas. Um mês depois da sementeira, espace as linhas, isto vai permitir que as plantas que ficarem tenham o espaço suficiente para se tornarem grandes e saborosas. As pequenas Cenouras que retirar nesta operação, já podem ser consumidas.

Quando as folhas mais velhas amarelam, secam e se curvam, é sinal de que as raízes começaram a amadurecer. A colheita já pode ser iniciada. O arranquio, a separação das folhas das raízes e a coleta são feitos manualmente. Ao colher as raízes é feita a primeira seleção, com o descarte das unidades defeituosas - Cenouras arroxeadas ou esverdeadas, com deformações e rachaduras são indícios de presença de doenças ou nematoides. A colheita é realizada entre as 10 e 16 semanas após a sementeira. Quanto mais retardar a colheita, mais grossas e fibrosas se tornam.

Aprimore seus conhecimentos acessando os Cursos CPT, da área Horticultura, entre eles o Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre os mais comuns, fáceis de serem cultivados e manejados, listam-se os seguintes vegetais listados nos links de referência abaixo. Clique e confira!

Horta - vegetais cultivados em pequena quantidade para o consumo próprio

Abobrinha (Cucurbita pepo L.)

Acelga (Beta vulgaris cicla)

Agrião (Nasturtium officinale)

Alcachofra (Cynara cardunculus subsp scolymus)

Alface (Lactuca sativa)

Alho Poró (Allium porrum)

Almeirão (Cichorium intybus)

Aspargo (Asparagus setaceus)

Bardana (Arctium lappa)

Batata (Sclanum tuberosum)

Berinjela (Solanum melongena)

Beterraba (Beta vulgaris)

Brócolis (Brassica oleracea)

Cebola (Allium Cepa L.)

Chicória (Cichorium endivia)

Couve (Brassica oleracea)

Couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis L.)

Ervilha (Pisum sativum)

Espinafre (Spinacia oleracea)

Fava (Vicia faba)

Grão-de-bico (Cicer arietinum L.)

Inhame (Colocasia esculenta)

Mandioquinha (Arracacia xanthorrhiza)

Mostarda (Sinapis alba)

Nabo (Brassica rapa L.)

Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller)

Pepino (Cucumis sativus)

Pimentão (Capsicum annuum)

Quiabo (Abelmoschus esculentus)

Repolho (Brassica oleracea var. Capitata L.)

Serralha (Sonchus oleraceus)

Taioba (Xanthosoma sagittifolium)

Tomates (Solanum lycopersicum)

Vagem (Phaseolus vulgaris)

 

Por Silvana Teixeira

Fontes: Hortamiga, nplantas, Portal do Jardim, Globo Rural, Globo Rural, Jardinaria, O Meu Jardim, Site Unimed, Frutas no Brasil, Saberes do Jardim, Vovó que ensinou, Horta em Casa, Como Fazer Tudo, Portal São Francisco

Horta - como plantar Cenoura (Daucus carota)

 

 

 

Cursos Relacionados

Curso Hidroponia - Solução Nutritiva Curso Hidroponia - Solução Nutritiva

Com Prof. Dr. Quirino Carmello

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Hidroponia - Controle de Pragas e Doenças da Alface Curso Hidroponia - Controle de Pragas e Doenças da Alface

Com Prof.ª Liliane Teixeira, Prof. Octavio Nakano e P...

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo

Com Prof. Dr. João Tessarioli Neto

R$ 446,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Hidroponia  -  O Cultivo sem Solo Curso Hidroponia - O Cultivo sem Solo

Com Prof. Dr. José Damião

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

gleiciane batalha

1 de dez de 2017

Muito bom

Resposta do Portal Cursos CPT

1 de dez de 2017

Olá, Gleiciane.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

antonio jorge cersosimo

7 de ago de 2017

Bom Dia. Li a matéria na qual ilustra todos os cursos acima citada no texto especificado, no momento queria uma opinião ou sugestão, preciso urgente tomar um curso de Técnico Agrícola, sou residente na cidade de Salvador, pensei em até mesmo buscar a EMBRAPA, no interior, adquirir 2 tarefas de terra de quero tomar um curso. Atenciosamente, Aguardo Resposta, Antonio Jorge Cersosimo

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de ago de 2017

Olá, Antonio.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Maria Edi Silveira

24 de jul de 2017

Adorei as informacoes

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de jul de 2017

Olá, Maria.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Ronildo rosa de oliveira

5 de jun de 2017

curso de cenoura e repolho

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de jun de 2017

Olá, Ronildo.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações sobre os Cursos à distância na área Agricultura Orgânica, nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Marcela Pedro Antonio Vasco

5 de mar de 2016

gostei das informacoes iram me ajudar no meu trabalho. obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de mar de 2016

Olá Marcela,

Ficamos felizes que pudemos lhe auxiliar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Luciana Sato de Lima

16 de dez de 2014

E possível plantar cenoura com a própria cenoura? Obrigada. Luciana

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de dez de 2014

Olá, Luciana!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Sim, é possível plantar cenouras com a própria cenoura. Para isto, siga os passos:

-corte o tampo da cenoura e coloque-a na água, com a parte cortada para baixo. Não é necessário colocar muita água, coloque apenas o necessário para manter a base submersa;

-note que após algum tempo, começarão a brotar folhinhas no topo da cenoura. E na parte de baixo, a cenoura começará a soltar raízes. Quando estiver neste estágio, as cenouras poderão ser plantadas em um vaso, ou no solo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade