Horta - como plantar Aspargo (Asparagus setaceus)

Horta - como plantar Aspargo (Asparagus setaceus)

 

Se tem uma horta ou vai plantar um jardim de vegetais, considere semear espargos, que são um dos legumes mais suculentos, delicados e deliciosos da roda dos alimentos. São ricos em fibra, vitamina C, vitaminas B1 e B2, vitamina E, ácido fólico, fósforo, cálcio, magnésio, ferro, zinco e potássio e são especialmente utilizados em dietas de emagrecimento, pois são baixos em calorias e não têm gordura, nem colesterol.  
 
O aspargo é uma hortaliça perene, com raízes de grande longevidade. Seu caule é dividido em duas partes e nele são formadas as gemas, de onde brotam os turiões, a parte mais consumida da planta. É consumido principalmente ao natural, depois de cozido, em forma de sopas, saladas, conservas e em pó para sopa, tendo propriedades rejuvenescedoras, tônicas e diuréticas que trazem muitos benefícios à saúde. Uma alimentação com espargos garante uma excelente condição das artérias, da pele, das unhas, do cabelo, dos ossos, da vista, do estômago, do coração e do sistema nervoso e é por isso que o espargo é considerado um vegetal de luxo.
 
As raízes dos aspargos são numerosas, carnosas, desenvolvem-se horizontalmente e constituem órgãos de reserva de alimentos. Nascem do rizoma e a esse conjunto dá-se o nome de “garra” ou “aranha”. As raízes novas, que se formam anualmente, nascem acima das velhas, que morrem quando as mais novas estão bem desenvolvidas. A “garra” ou “aranha”, com um a dois anos de idade é a muda do aspargo.
 
A plantação e o cultivo de espargos refletem um comprometimento a médio/longo prazo, dado que este é um vegetal que demora muito tempo a crescer. Apesar de existirem mais de 300 variedades diferentes, apenas 20 são comestíveis. A sua produção é dividida em quatro variedades principais. São elas:
 
- Os aspargos verdes
 
Os aspargos verdes são a variedade mais comum no mercado e caracterizam-se pelo seu sabor tenro e suculento. São muito utilizados na preparação de saladas, principalmente no Verão, e combinam muito bem com o pepino e com o tomate.
 
- Os aspargos brancos
 
Estes são os aspargos mais delicados e adocicados e são cultivados debaixo da terra, de modo a impedir o desenvolvimento da clorofila, criando assim a sua coloração branca. Usualmente, os aspargos brancos encontram-se em conserva, mas também podem ser frescos ao serem adquiridos em algumas lojas de gourmet específicas, mas sempre a um preço mais elevado do que a variedade verde, dado que a sua produção é mais trabalhosa e exaustiva.
 
- Os aspargos violetas/verdes
 
Este tipo de aspargos apresenta uma mistura de cores entre o violeta e o verde e distinguem-se pela produção de rebentos carnudos que proporcionam um sabor fresco, agradável e exclusivo.
 
- Os aspargos violetas
 
Esta variedade de aspargos é mais pequena do que os da cor verde ou branca (normalmente apenas 2 a 3 centímetros de altura) e apresenta um sabor mais doce e intenso que os demais. A cor violeta destes aspargos deve-se à ação das antocianinas que alteram a cor das plantas e têm a função de as proteger contra a luz ultravioleta dos raios solares.
 
Independentemente da sua variedade, os aspargos são vegetais de fácil preparação, contudo, deve-se ter sempre o cuidado de remover previamente as partes lenhosas que não podem ser ingeridas.
 
Como cultivar Aspargo
 
O cultivo de aspargos pode ocorrer por meio de três métodos distintos:
 
- A sementeira direta;
- A transplantação de plântulas com 10 a 12 semanas;
- A plantação de coroas (conjunto de raízes) com 1 ano de idade.
 
Para que haja boa produção, o solo deve ser fértil, profundo, com boa capacidade de retenção de umidade, sílcoargiloso e friável para que os turriões não se entortem ao atravessá-lo. Os terrenos sujeitos a encharcamento são inteiramente contraindicados para essa cultura. As colheitas mais precoces são obtidas nos solos que se aquecem depressa pela ação dos raios solares.
 
O aspargo é planta ligeiramente tolerante à acidez do solo e são desejáveis, para seu melhor crescimento e produção, aqueles cujo pH varia de 6.0 a 6.8. Essa planta não deve ser cultivada onde as condições de clima sejam propícias à vegetação o ano todo, porque as reservas alimentares não se acumulam e são gastas na produção de novas hastes.
 
1. Escolher o local da plantação: Deve selecionar um local onde nunca tenha plantado qualquer tipo de vegetal, de modo a reduzir a possibilidade de contaminação por fungos no solo. O terreno deve estar limpo de ervas daninhas, pois a existência destas pode sufocar o crescimento dos espargos.
 
2. Fertilizar o local da plantação com antecedência: É necessário adubar e estrumar atempadamente o local onde vai plantar os seus aspargos para que a terra fique a mais fertilizada possível. Deve abrir um buraco de cerca de 20 centímetros de profundidade e fazer um camalhão abaixo do nível do solo. Em seguida, deve colocar as coroas nas valas espaçadas entre si a uma distância de 20 a 30 centímetros e afaste as valas à distância de 1,5 metros. Por último, deve cobrir as coroas com cerca de 5 centímetros de terra.
 
3. Cultivar os aspargos: O aspargo deve ser cultivado em solos profundos, bem drenados e com uma boa percentagem de areia. O pH do solo deve situar-se entre os 6,2 e os 6,7 e o fósforo e o potássio têm de ser introduzidos no solo antes da plantação dos aspargos. Na Primavera (Março), deve adubar a planta com azoto e outros nutrientes e não se deve esquecer de adubar após a colheita (Maio/Junho) passados cerca de 3 meses, para a planta repor as reservas que foram consumidas.
 
4. Deixar o aspargo repousar: O aspargo é uma planta que se adapta a uma grande diversidade de climas, mas prefere climas temperados e suaves. Necessita de um período de repouso vegetativo de pelo menos 90 dias que, geralmente, coincide com o período do Inverno (baixas temperaturas).

5. A colheita deve ser realizada manualmente, entre os meses de agosto a novembro, no terceiro ano de vida da planta. Os turiões devem estar jovens e com pouca fibra, pois quanto mais tarde for a colheita maior será o teor em fibras e, desta forma, mais rapidamente os aspargos lenhificam e endurecem, fazendo com que o seu sabor fique mais amargo.  
 
6. Os turiões são colhidos com 18 a 25 cm de comprimento. Quando os turiões começam a ficar finos a colheita precisa de parar, para que não ocorra a exaustão do sistema radicular, o que pode causar a morte da planta no seu jardim.

Aprimore seus conhecimentos acessando os Cursos CPT, da área Horticultura, entre eles o Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo, elaborados pelo Centro de Produções Técnicas.

Entre os mais comuns, fáceis de serem cultivados e manejados, listam-se os seguintes vegetais listados nos links de referência abaixo. Clique e confira!

Horta - vegetais cultivados em pequena quantidade para o consumo próprio

Abobrinha (Cucurbita pepo L.)

Acelga (Beta vulgaris cicla)

Agrião (Nasturtium officinale)

Alcachofra (Cynara cardunculus subsp scolymus)

Alface (Lactuca sativa)

Alho Poró (Allium porrum)

Bardana (Arctium lappa)

Batata (Sclanum tuberosum)

Berinjela (Solanum melongena)

Beterraba (Beta vulgaris)

Brócolis (Brassica oleracea)

Cebola (Allium Cepa L.)

Cenoura (Daucus carota)

Chicória (Cichorium endivia)

Couve (Brassica oleracea)

Couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis L.)

Ervilha (Pisum sativum)

Espinafre (Spinacia oleracea)

Fava (Vicia faba)

Grão-de-bico (Cicer arietinum L.)

Inhame (Colocasia esculenta)

Mandioquinha (Arracacia xanthorrhiza)

Mostarda (Sinapis alba)

Nabo (Brassica rapa L.)

Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller)

Pepino (Cucumis sativus)

Pimentão (Capsicum annuum)

Quiabo (Abelmoschus esculentus)

Repolho (Brassica oleracea var. Capitata L.)

Serralha (Sonchus oleraceus)

Taioba (Xanthosoma sagittifolium)

Tomates (Solanum lycopersicum)

Vagem (Phaseolus vulgaris)

Por Silvana Teixeira

Fontes: Hortamiga, nplantas, Portal do Jardim, Globo Rural, Globo Rural, Jardinaria, O Meu Jardim, Site Unimed, Frutas no Brasil, Saberes do Jardim, Vovó que ensinou, Horta em Casa, Como Fazer Tudo, Portal São Francisco


Horta - como plantar Aspargo (Asparagus setaceus)

Cursos Relacionados

Curso Hidroponia - Solução Nutritiva Curso Hidroponia - Solução Nutritiva

Com Prof. Dr. Quirino Carmello

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças - Sistema de Produção

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo Curso Horta Caseira - Implantação e Cultivo

Com Prof. Dr. João Tessarioli Neto

R$ 446,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica Curso Como Tornar sua Fazenda Orgânica

Com Prof.ª Clevane Valle e Prof. Joe Valle

R$ 428,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,67 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Hidroponia  -  O Cultivo sem Solo Curso Hidroponia - O Cultivo sem Solo

Com Prof. Dr. José Damião

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Maria Inês oliveira

28 de nov de 2018

Onde eu consigo comprar as mudas (aranhas), por favor?

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de nov de 2018

Olá Maria,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site. Vocẽ pode encontrar em feiras, e até floriculturas, e as sementes em casa agrícola.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Odete Rigato Mioto

26 de jan de 2018

Quero aprender sobre o cultivo de aspargos.

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de jan de 2018

Olá Odete,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Gilda Silva

17 de ago de 2017

Amei as informações sobre como plantar aspargos. Minha mãe tem horta e interessou se muito pelo assunto. Vou divulgar o que aprendi sobre esta rica planta alimento.

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de ago de 2017

Olá, Gilda.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues

Nivaldo Donizeti Bento

25 de jun de 2017

Adoro horticultura mais por viver em uma cidade não disponho de muito tempo ,principalmente por conta do trabalho mais gostei demais principalmente sobre as informações sobre o cultivo do aspargos é minha hortaliça preferida adoro.

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de jun de 2017

Olá, Nivaldo.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo!

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

vitor hugo steigleder filho

15 de mai de 2016

Moro numa cobertura com bom espaço, com varias plantas, como temperos em geral. Colho tomate cereja, alface, couve,alho poro, pitanga, etc. Quero passar a plantar tomate pomodoro ou gaucho, pimentoes e aspargos. Que tipo de vaso precisarei? Obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

16 de mai de 2016

Olá Vitor,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Não existe um tipo pré-determinado de vaso, em casas agrícolas eles podem lhe informar qual vaso é o mais indicado para cada cultivo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

lauras soares

24 de jun de 2015

Gostaria de saber mas!!!

Resposta do Portal Cursos CPT

25 de jun de 2015

Olá, Laura!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Valquir coutinho

14 de mai de 2015

Parabéns adorei seu site está me ajudando muito.

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de mai de 2015

Olá, Valquir!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ANTONIO ROBERTO VIEIRA

15 de mar de 2014

Foi uma pesquisa gratificante,e tirou algumas duvidas além de trazer conhecimentos.

Resposta do Portal Cursos CPT

17 de mar de 2014

Olá, Antônio!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso artigo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade