WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Primeiros socorros nas empresas - ações rápidas e corretas salvam vidas

Nas empresas, ao contrário do que se pensa, acidentes acontecem a todo instante e enfrentá-los é a maior arma à favor da vida. Dominar as técnicas corretas dos primeiros socorros, então, fará a diferença

Diferente do que se possa imaginar, estar no ambiente de trabalho, seja ele qual for, não significa estar longe e livre de acidentes

 

Diferente do que se possa imaginar, estar no ambiente de trabalho, seja ele qual for, não significa estar longe e livre de acidentes. Os acidentes acontecem a todo instante, não marcam hora e tão pouco lugar certo. Estar preparado para enfrentá-los é a maior arma à favor da vida. Nestes momentos, dominar as técnicas dos primeiros socorros fará toda a diferença ao socorrista.

Frequentemente ouvimos casos de curtos circuitos que provocam choques e incêndios em empresas dos mais variados tipos e tamanhos; pessoas que durante o horário de expediente normal sofrem ataques cardíacos, precisando de pronto atendimento; quedas acidentais dos mais variados tipos, seja devido à escorregões, pisos molhados, etc; intoxicações por gazes ou fumaças, desmaios devido à quedas de pressão pancadas bruscas, quedas; entorses; insolação; hipotermias; convulsões; pessoas em estado de choque; queimaduras e vertigens. Enfim, muitos são os fatores que podem gerar essas situações e saber corretamente o que fazer é fundamental para se salvar vidas, enquanto o atendimento especializado não chega.

O principal objetivo dos primeiros socorros é, portanto, salvar vidas. É proteger a vítima contra maiores danos sequelas. Prestar os primeiros socorros a um acidentado é saber agir no momento certo. É realizar uma sequência de operações que permitem o controle da situação. No entanto, saber o que fazer, como fazer e quando fazer exige conhecimento prévio dessas ações.

“É preciso ser capaz de assumir a liderança nessas situações, manter-se calmo, mesmo quando sob pressão, ter a capacidade de assumir a situação e orientar outros que se predispõem a ajudar”, afirma a professora Luciana Pereira de Moraes, do curso Primeiros Socorros – nas Escolas, nas Empresas e em Residências, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

O socorrista, devidamente preparado para atuar frente a uma situação de emergência, saberá reconhecer as situações que ponham a vida do acidentado em risco; poderá aplicar técnicas de atendimento adequado quando necessário; poderá controlar focos de sangramento, se necessário; terá uma visão nítida de outras situações simultâneas que ponham a vida em risco; poderá minimizar o risco de outras lesões e complicações à vítima, e evitar focos de infecções; irá deixar a vítima o mais calma e confortável possível; irá providenciar atendimento especializado o mais precoce possível; além de providenciar o transporte adequado à vítima.

Se todos os colaboradores de uma empresa dominarem as técnicas de primeiros socorros, tornam-se ferramentas cruciais durante o momento de desespero, tornando-se capazes de amenizar as situações de risco, mantendo a calma, burlando o desespero e salvando não só as suas próprias vidas como as de outros menos preparados, caso necessário.

Por Silvana Teixeira

Se todos os colaboradores de uma empresa dominarem as técnicas de primeiros socorros, tornam-se ferramentas cruciais durante o momento de desespero

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!