WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

#fiqueemcasa Vamos nos unir nessa corrente: só o conhecimento constrói o amanhã!

Dia Nacional da Conservação do Solo promove conscientização das práticas para seu uso

O plantio direto é uma boa prática para conservação do solo, pois proporciona benefícios como: controle de erosão, de plantas invasoras e de nutrientes

 

A conservação do solo está diretamente ligada ao manejo do solo e da água.

 

O Dia Nacional da Conservação do Solo é uma oportunidade para rever conceitos e avaliar as práticas no uso do solo. Na comemoração realizada na noite de ontem, na Agência de Defesa Agropecuária – Adapec, em Palmas, os engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas participaram de uma palestra ministrada pelo secretário da Agricultura e Pecuária, Roberto Sahium.

“A demanda por alimentos não para e as áreas degradadas pastagens e uma equação de sustentabilidade causam prejuízos a todos da cadeia produtiva. Só no Tocantins temos mais de 27 milhões de hectares, desses, cinco milhões são áreas degradadas”, disse o ministro acrescentando, ainda, que é possível reverter esse quadro com o manejo correto das .

A preocupação com a conservação do solo é mundial, pois envolve o desgaste das áreas produtivas, já que a expansão da atividade agrícola  para áreas novas é restrita, sendo o Brasil um dos poucos países a dispor de áreas para expansão. A conservação do solo está diretamente ligada ao manejo do solo e da água. E para o funcionamento com todas as características físicas, químicas e biológicas, é preciso evitar a erosão do terreno.

O professor do curso Plantio Direto, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, Afonso Peche, chefe do Departamento de Engenharia Agrícola de Jundiaí, SP, explica no curso que, para o controle da erosão, pode ser feito uma cobertura de matéria seca. “A cobertura de matéria seca sobre o solo funciona como um amortecedor do impacto das gotas d’água da chuva ou irrigação, não permitindo a desagregação de suas partículas, de forma que sua estrutura não seja danificada por esse impacto. Além disso, a camada protetora oferece uma resistência ao escoamento da água sobre a superfície do terreno, facilitando a infiltração e reduzindo assim o processo erosivo”, diz o professor.

O plantio direto é uma boa prática para conservação do solo. Como as sementes são colocadas em pequenas fendas de, no máximo dez centímetros de profundidade, a matéria orgânica e a estrutura do solo ficam preservadas. A utilização da camada protetora, seja de mato ou de palha, sobre o solo, é a peça principal para se alcançar, conjuntamente, uma boa produtividade e manter o solo sob boas condições para os próximos plantios.

Além da conservação do solo, a camada de palha sobre a superfície  proporciona outros benefícios como: controle de erosão, redução da evaporação da água do solo, boas condições de temperatura, controle de plantas invasoras e de nutrientes.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!