WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O mercado cervejeiro no Brasil

A produção de cervejas artesanais cresceu nos últimos anos, contando com um número expressivo de cervejeiros em todo o país

Cervejeiros

Nos últimos anos, a cerveja deixou de ser apenas uma bebida e passou a ser considerada quase um evento social: diariamente, ela reúne amigos, familiares, casais e até desconhecidos em uma mesa de bar para desfrutarem de um momento de diversão e descontração, seja após o trabalho, aos finais de semana ou até mesmo em um momento comum do dia a dia.

Alexandre Fontes, professor do Curso CPT Homebrew – A Arte de Fazer Cerveja em Casa, destaca que essa fama adquirida pela bebida fez com que crescesse também o interesse pela fabricação dela, de forma artesanal, para que tenha um sabor ainda mais especial. Por conta disso, fabricação de cervejas artesanais chegou ao Brasil e rapidamente se espalhou, haja vista qualidade da cerveja produzida, variedade de tipos que podem ser adaptados de acordo com o gosto de cada um e por ser um hobby fascinante.

Nesse contexto, o SEBRAE e a Abracerva – Associação Brasileira de Cerveja Artesanal, realizaram uma pesquisa para conhecer um pouco mais esse mercado, que é recente, mas que possui grande potencial.

O empreendedor

Dos 486 empreendedores entrevistados, a maior parte, 87%, é composta por homens, com idade média de 39 anos e grau de escolaridade considerado alto. Dentre os estados brasileiros, O Rio Grande do Sul e São Paulo são os que possuem o maior número dessas cervejarias independentes, com 20% e 18%, respectivamente. Com 13%, Minas Gerais vem logo atrás, seguido pelo Rio de Janeiro e Santa Catarina, ambos com 11%.

Desses empreendimentos, a maioria é considerada “jovem”, pois possuem de um a quatro anos de funcionamento. Envolvidos, geralmente, estão dois sócios e quatro funcionários distribuídos pelas etapas de operação da produção.

Faturamento

Pelo relato da maioria dos entrevistados, ficou constatado o crescimento do setor, pois foi apontado que o faturamento cresceu de 2017 para 2018. Apenas 30% disse que o faturamento se manteve, contra 9% de empreendedores que relataram queda. Já em 2019, a metade descreveu igualdade entre receitas e despesas, o que requer atenção.

Produção

Em relação à quantidade produzida, boa parte dos cervejeiros relataram produzir de 1.000L a 4.999L/mês. Porém, mais da metade, considerando a capacidade máxima de produção, afirmou possuir capacidade para a produção de até 9.999L/mês.

Capacitação

A capacitação para ingressar nesse setor é fundamental. Prova disso é que 81% dos cervejeiros declararam que já realizaram algum curso sobre tecnologia e/ou produção cervejeira. Alguns também afirmaram terem feito cursos sobre estilos, sommelier e harmonização.

Local de produção

67% dos empreendedores cervejeiros produzem sua cerveja em fábrica própria; enquanto 25% produzem em fábrica de terceiros – produção cigana; e 8% produzem em bar próprio. Essa produção terceirizada, conhecida como cigana, varia, para quase metade dos empresários, entre 100L a 1.000L/mês. Porém, a média de produção está em 1.775L/mês.

 


Conheça os Cursos CPT da Área Treinamento Profissional:

Homebrew – A Arte de Fazer Cerveja em Casa
Como Montar Uma Microcervejaria e Produzir Cerveja Artesanal
Segredos do Vinho – Compra, Armazenamento, Degustação e Harmonização

Fonte: SEBRAE Empreendedorismo – sebrae.com.br
por Renato Rodrigues

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Infográfio - Como fazer Cerveja Artesanal

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!