WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

6 tipos de pintura pátina para madeira e metal

Em síntese, para fazer a pátina, basta pintar a peça com uma determinada cor e mesclar com um tom mais claro ou mais escuro

6 tipos de pintura pátina para madeira e metal

“Em síntese, para fazer pátina em madeira e metal, basta pintar a peça com uma determinada cor e mesclar com um tom mais claro ou mais escuro. Geralmente, nessa técnica de pintura especial, são utilizadas as cores branca e bege. Entretanto, as cores mais vibrantes não são descartadas. Muito pelo contrário, elas dão às peças maior autenticidade e charme”, ressalta Margaret Pires, artista plástica e professora do Curso CPT Pintura Especial Decorativa em Metais.

6 tipos de pintura pátina para madeira e metal:

1. Pátina provençal


A pátina provençal utiliza a cor branca como base e assemelha-se aos móveis antigos da região de Provença (França) – daí o nome. Essa técnica explora elementos rústicos e românticos, que dão um ar campestre às peças. Uma infinidade de objetos podem ser restaurados com pátina provençal, desde oratórios a cachepots de metal.

2. Pátina colorida


A pátina colorida combina cores variadas ou cores vibrantes específicas, mas com tons diferentes. A finalidade da técnica é chegar a um efeito envelhecido, mas atraente. Aparadores, mesas, cadeiras, baús e maçanetas de metal ganham um aspecto requintado quando restaurados com pátina colorida.

3. Pátina mexicana


A pátina mexicana difere da pátina colorida pela mescla de cores, que são trabalhadas de uma só vez. Nessa técnica, o fundo é pleno de cores, mas com cobertura mais clara. Esse tipo de pátina é perfeito para quem pretende destacar as características de um móvel desgastado. Em geral, são utilizadas as cores amarela, laranja e vermelha.

4. Pátina lavada


A pátina lavada, assim como grande parte dos trabalhos em pátina, utiliza tom sobre tom, ou tons que combinam entre si. Uma dica é escolher uma cor diferente da cor já pintada. Depois, basta diluí-la na água até chegar ao aspecto lavado. Após a aplicação sobre a base pintada, limpa-se o excesso com um pano.

5. Pátina envelhecida


Embora a pátina dê um efeito envelhecido em todas as técnicas, a pátina envelhecida destaca ainda mais esse desgaste. Na técnica, a pintura faz com que a peça tenha o aspecto de envelhecimento natural. Podem ser exploradas diversas combinações de cores, mas o tom sobre o tom é o mais recomendado nesse tipo de pátina.

6. Pátina de demolição


A pátina de demolição é um envelhecimento sem brilho. Geralmente, ela é utilizada em móveis de fazenda para lembrar peças de demolição. Esse desgaste proposital oferece originalidade a móveis e objetos. Além do estilo campestre, as peças ganham um ar mais rústico, como se tivessem séculos de história.

Conheça os Cursos CPT da Área Pinturas Especiais:

Pintura Especial Decorativa em Metais

Pinturas Decorativas em Madeira

Pinturas Especiais para Decoração

Fonte: Tua Casa - tuacasa.com.br

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!