WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Como coletar sangue da veia jugular animal?

Você precisa coletar sangue da veia jugular de animais? Pois bem. Saiba, então, que a primeira procidência a ser tomada é localizar corretamente a veia jugular no pescoço do animal

Coleta de sangue em veia jugular de animal deitado   Artigos CPT


Você faz medicina veterinária ou é profissional da área e precisa coletar sangue da veia jugular de animais? Pois bem. Saiba, então, que a primeira providência a ser tomada é localizar corretamente a veia jugular no pescoço do animal.

“A veia jugular passa pela região média do pescoço. Após localizá-la, o próximo passo e fazer o garrote, na entrada do tórax. A agulha para coleta de sangue venoso, então, deve ser inserida na região média da jugular”, explica Gustavo Carvalho Cobucci, Mestre em Medicina Veterinária e Professor do Curso CPT Clínica Médica de Cães e Gatos.

Na prática, como proceder? Como posicionar o paciente para um trabalho efetivo? Vamos lá:


I- Animais de pequeno porte: podem ser mantidos sobre a mesa de atendimento em decúbito external, em decúbito lateral ou ainda no colo do proprietário.
II- Animais de médio porte: podem ser mantidos sobre a mesa, em decúbito external, ou sentados. O braço do auxiliar deve envolver o corpo do animal, e a mão deve erguer a cabeça do paciente para cima, de modo que o nariz fique apontado para o teto.
III- Animais de grande porte: podem ser contidos sentados ou deitados no chão.

O veterinário deve sentir a veia jugular antes de introduzir a agulha e, posteriormente, posicioná-la em ângulo de 20o a 30o, em paralelo com a pele. O bisel deve sempre estar voltado para cima.

Caso o sangue não entre na agulha ao puxar o êmbolo da seringa, apenas redirecione a agulha em direção à veia para que o sangue possa fluir através do bisel. Deve-se soltar o garrote antes de finalizar a coleta, pois o sangue deve voltar a fluir sem a pressão do garrote antes de retirarmos a agulha da veia jugular do paciente.

Um pouco mais sobre o que encontrar no Curso CPT Clínica Médica de Cães e Gatos? Assista ao vídeo!


 

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!