WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Informações importantes sobre cultivo de cajá

Após a colheita, o cajá segue para a agroindústria para produção de polpa, que é distribuída para comercialização no mercado nacional e exportação

Informações importantes sobre cultivo de cajá

No Brasil, temos cajá-mirim (Spondias mombin) e caja-manga (Spondias Dulcis), ambos produzidos pela cajazeira, frutífera típica da Bahia, usada para sombrear cacaueiro e produzir frutos. A demanda por cajá é alta, principalmente no Nordeste, um dos seus maiores produtores. Após a colheita, o cajá segue para a agroindústria para produção de polpa, que é distribuída para comercialização no mercado nacional e exportação.

Clima e solo


A cajazeira apresenta bom desenvolvimento em regiões com temperatura entre 23°C e 24,5°C e umidade relativa do ar elevada. Quanto ao índice pluviométrico anual, ele deve se manter entre 1.100 milímetros a 2.000 milímetros. Em relação ao solo para plantio de cajá, ele deve ser profundo e apresentar boa drenagem. Já a declividade do terreno deve estar abaixo de 20% para facilitar o manejo da cajazeira.

Plantio


A propagação de cajá ocorre por estaquia ou plantio de mudas clonadas. No caso de estaquia, devem ser obtidas estacas lenhosas com 1,20 centímetros de comprimento por 6 centímetros de diâmetro. Geralmente, os espaçamentos utilizados são de 8 x 6 m e 8 x 8 m (entre filas). No consórcio da cajazeira com cacaueiro, a recomendação é de uma fila dupla de cajazeira com espaçamentos de 9 m x 9 m x 18 m, e 5 filas de cacaueiro com espaçamento de 3 m x 3 m.

Adubação


Na adubação de plantio da cajazeira, as covas devem receber 30 gramas de cloreto de potássio, 50 gramas de ureia, 300 gramas de superfosfato simples e 30 litros de esterco de curral (curtido). Já a adubação de produção deve ser realizada três vezes ao ano, com 150 g de cloreto de potássio, 200 g de ureia e400 g de superfosfato simples (divididos em três parcelas).

Podas


A poda de formação tem o objetivo principal de tornar a copa da frutífera mais baixa. Para isso, os ramos verticais devem ser removidos, periodicamente, até que a altura da cajazeira chegue entre 4 m e 6 m. A prática facilita os tratos culturais, bem como a colheita dos cajás.

Pragas e doenças


Os cuidados fitossanitários evitam que a cajazeira seja acometida por pragas e doenças. A mosca-das-frutas (Anastrepha sp) é uma das principais pragas e ataca principalmente os frutos de vez, onde deposita seus ovos. Além dessa mosca, outros insetos atacam a cajazeira, como tripes e formigas (saúvas). Já as doenças mais comuns no pomar de cajazeiras são a Antracnose, a Cercosporiose e a Verrugose.

Época da colheita


A época da colheita de cajá varia de acordo com o estado produtor. No Ceará, ocorre de janeiro a maio; na Bahia, de fevereiro a maio; na Paraíba, de maio a junho; no Pará, de agosto a dezembro. O ponto de colheita é quando os frutos da cajazeira estão maduros.

Conheça os Cursos CPT da Área Fruticultura:

Produção de Manga

Produção de Cupuaçu

Como Tornar seu Sítio Lucrativo

Fonte: Frutíferas.com

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Implantação de Pomar e Cultivo de Frutíferas

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!