Controle de pragas do cupuaçu

Controle de pragas do cupuaçu

 

Devem ser feitas inspeções constantes no pomar, onde estão plantados os cupuaçuzeiros, com o objetivo de identificar as pragas que os atacam, trazendo prejuízos ao fruticultor. Feito isso, deve-se imediatamente iniciar o controle para evitar maiores danos à cultura de cupuaçu. Entre as pragas mais comuns dos cupuaçuzeiros temos os besouros, os pulgões, os piolhos, as lagartas, as cigarrinhas, as moscas brancas e as saúvas.

Pragas de maior incidência:

Besouro (Costalamaita ferruginea)

As mudas, no seu início de desenvolvimento, podem ser atacadas por um besouro de cor amarelo-queimada, que produz furos nas folhas, prejudicando a planta. Seu controle pode ser feito por meio de pulverizações com inseticidas, periodicamente, nos períodos de chuvas.

Gafanhoto (Schistocerca spp.) e saúva (Atta sp.)

O gafanhoto (Schistocerca spp.) e a saúva (Atta sp.) sempre atacam as plantas na fase de viveiro. Para seu controle, pode-se aplicar heptacloro, na dosagem de 0,2%, de 15 em 15 dias.

Rato (Oryzomy ssp.)

O rato geralmente ataca as sementes do cupuaçu, principalmente aquelas que não foram tratadas. Pode-se controlar esta praga com o uso de armadilhas e iscas.

Pragas de menor incidência:

Broca-do-Tronco

É a larva de uma mariposa que abre galerias circundando a casca dos galhos e os troncos.

Broca-do-Fruto

É uma larva de um coleóptero da família Scolytidae. As larvas provocam furos nas cascas dos frutos, facilitando a entrada de fungos e depreciando o valor comercial.

Pulgões

Podem ser controlados com a aplicação de Malathion-50E, 2%, mais espalhante adesivo.

Vaquinhas

São coleópteros que podem ser controlados com a aplicação de Carbaril, na dosagem de 15 a 17 kg/ha.

Lagartas

Podem ser controladas com uso do mesmo produto recomendado para a praga anterior.

Abelha-Cachorro (Irapuá ou Arapuá)

Deve-se localizar a sua colmeia e destruí-la, aplicando-se Malathion ou queimando o ninho que, normalmente, encontra-se em galhos e topo das árvores.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Fruticultura , entre eles o Curso Produção de Cupuaçu, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por Andréa Oliveira.

Saiba mais sobre o cultivo de cupuaçu e o controle de pragas e doenças que o atacam, acessando os artigos abaixo:

O cupuaçu e seu cultivo

Controle de doenças do cupuaçu

Cursos Relacionados

Curso Produção de Quivi (Kiwi) Curso Produção de Quivi (Kiwi)

Com Prof. Ênio Schuck e Prof. Gervásio Silvestrin

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Acerola Curso Produção de Acerola

Com Prof. Dr. Flávio Alencar

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Produção de Cupuaçu Curso Produção de Cupuaçu

Com Prof. Pesquisadores da Ceplac

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

José Antônio De Souza

31 de mar de 2018

Tenho um pé de cupuaçu que está na terceiro ano que produz fruto eu moro em campo grande ms

maria do socorro

26 de fev de 2014

Amei essas informações, moro no sul do PA, aqui o cultivo do cupuaçu ainda é desconhecido. plantei em nossa propriedade e estamos na terceira safra mais desconhecemos as doenças e os cuidados com o fruto. Víamos as abelhas achávamos que era normal. Por meio das informações sabemos as providências a serem tomadas. Obrigada!

Resposta do Portal Cursos CPT

5 de mar de 2014

Olá, Maria do Socorro!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos muito felizes que o artigo sobre "Controle de Pragas do Cupuaçu" tenha lhe auxiliado.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Fruticultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade