WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Aprenda agora sobre controle biológico de pragas agrícolas

O controle biológico de pragas é realizado com a ajuda de inimigos naturais, que combatem o ataque de invasores nas lavouras

controle biológico de pragas agrícolas, controle biológico natural, controle biológico aplicado, controle biológico clássico, controle biológico

O controle biológico de pragas é realizado com a ajuda de inimigos naturais, que combatem o ataque de invasores nas plantas. Na agricultura, uma forma de fazer isso é com o MIP - Manejo Integrado de Pragas, induzido ou natural, com o objetivo de diminuir a população das pragas nas lavouras. Se os alvos forem insetos-praga, são utilizados microrganismos entomopatógenos, insetos parasitoides e insetos predadores.

Os microrganismos entomopatógenos (bactérias, fungos, vírus, nematoides e protozoários) causam doenças nos insetos-praga até matá-los. Já os insetos parasitoides, mais especificamente suas larvas, parasitam a praga e dela se alimentam até exterminá-la por completo. Quanto aos insetos predadores, eles são maiores que a praga e também a consomem até dizimá-la.

Exemplos de inimigos naturais para controle biológico:


Um inseticida microbiológico à base de um poderoso fungo entomopatogênico, conhecido como Beauveria bassiana, coloniza o inseto-praga até exterminá-lo por definitivo da lavoura. Já a vespa Trichogramma pretiosum é um voraz inimigo natural da lagarta-do-cartucho-do-milho (Spodoptera frugiperda). Quanto à vespa Cotesia flavipes, quando liberada de forma inundativa no canavial, acaba com a lagarta da broca-da-cana (Diatraea saccharalis).

Principais tipos de controle biológico:


Controle biológico natural

O controle biológico natural mantém os inimigos naturais na lavoura sem impactar no ecossistema. Outra forma eficiente é cultivar plantas atrativas próximas à lavoura para que os inimigos naturais se alimentem das presas localizadas nas plantas de atração. Além disso, qualquer tecnologia utilizada deve agir apenas na praga-alvo (não nos organismos benéficos).

Controle biológico aplicado

Muito comum na agricultura atual, o controle biológico aplicado usa inimigos naturais desenvolvidos em laboratórios (conhecidos como inseticidas biológicos) para serem liberados, de forma inundativa, nas lavouras. Como a liberação é massal, as populações do inseto-praga são reduzidas de forma significativa e em curto espaço de tempo.

Controle biológico clássico

O controle biológico clássico age a longo prazo e é indicado para cultivos de espécies de plantas perenes ou semiperenes. No processo, os inimigos naturais são liberados, em pequena quantidade, uma vez (ou mais vezes) na lavoura. Se as pragas não forem nativas, devem ser utilizados inimigos naturais importados.

Liberação dos inimigos naturais:


A liberação dos inimigos naturais ocorre de três formas. Na inoculativa, a liberação ocorre em número limitado para controle da praga a longo prazo. Já na inoculativa estacional, os inimigos naturais são liberados inicialmente, em densidade elevada, quando há infestação da praga na lavoura (curto a longo prazo). Por fim, na inundativa, os inimigos naturais são criados e liberados, de forma massal, na plantação, para controle a curto prazo.

Conheça os Cursos CPT da Área Agricultura:

Produção de Milho em Pequenas Propriedades

Produção de Milhos Especiais

Controle de Formigas Cortadeiras

Fonte: Blog Aegro

Por Andréa Oliveira

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis E-book Miniguia Básico Sobre Preparo do Solo

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!