Resultados da busca para "vagina-da-egua"

Reprodução de cavalos - quando auxiliar a égua em trabalho de parto

A maioria das éguas requer pouco ou mesmo nenhum auxílio. Partos difíceis (distócicos) são normalmente consequência de potros fracos, doentes ou mesmo mortos, ou que não se encontrem em posição normal para nascer. Como o tempo de trabalho de parto é curto, aproximadamente 50 minutos, e acontece sob grande pressão abdominal, é aconselhável que o proprietário e o gerente do haras estejam familiarizados com o parto e conheçam os procedimentos para correção de situações que requeiram atenção.

Sangramento na gravidez - 6 dúvidas que atormentam as futuras mamães

Passar pela gestação sem apresentar um probleminha sequer é privilégio de poucas. Muitos são os tormentos das mamães até a tão esperada hora do parto e, para evitá-los ou amenizá-los, é preciso que elas estejam sempre atentas à manutenção da sua própria saúde para, assim, manter o bom desenvolvimento dos seus bebês. Durante a gestação, não faltam aquelas que apresentam corrimentos vaginais, coceiras, dores nos mamilos, fortes enjoos, dores de cabeça e, não poderiam deixar de ser ressaltados, os tão temidos sangramentos. Ter um sangramento durante a gestação dá indício de que algo não vai bem e, ao seu primeiro sinal, as futuras mamães devem procurar o médico de sua confiança imediatamente

Inseminação artificial em bovinos: fatores que levam a ótimos resultados

Na inseminação artificial, a monta é substituída pela colocação do sêmen no aparelho reprodutivo da vaca, por meio de materiais apropriados. Um desses materiais é o aplicador, que é introduzido na vulva da fêmea, atravessando a vagina e a cérvix, permitindo a deposição do sêmen na entrada do útero. Esse sêmen é diluído para aumentar as chances de fecundação. No entanto, é preciso também que haja um óvulo fértil na vaca.

Reprodução de cavalos: comportamento da égua e regras de higiene da monta

Nos mamíferos, com exceção dos primatas, a fêmea só aceita o acasalamento no período do cio ou estro. Essa fase do ciclo dura, em média, sete dias, variando o período no decorrer da estação de monta, sendo mais longo no início da primavera, diminuindo nos meses de dezembro e janeiro. A maioria das éguas para de ciclar durante as estações de outono-inverno, quando a luminosidade diária diminui. Esse período é chamado de Anestro estacional. Os ovários se tornam inativos, uma vez que lhes faltam os estímulos oriundos da hipófise.

Reprodução de cavalos - cuidados com a égua gestante e o potro

As éguas gestantes, em princípio, devem ser separadas das éguas vazias em piquetes diferentes e quando houver piquetes suficientes devem ser separadas em quatro lotes. Além disso, é muito importante que as éguas gestantes não sejam mantidas confinadas. Com manejo adequado, elas podem fazer exercícios, não excessivos, até um ou dois dias antes do parto. No terço final da gestação, as marchas longas e os trabalhos fatigantes podem provocar aborto. Por isso, é mais conveniente mantê-las em um pasto situado nas proximidades da cocheira, o que facilitará as inspeções diárias. No entanto, as cocheiras somente deverão ser usadas para protegê-las das intempéries.

Reprodução de cavalos - fases do parto (1ª fase)

Quando o desenvolvimento do potro atinge a maturação, a sua glândula hipófise libera o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) que ativa a córtex da glândula suprarrenal da égua. Essa glândula libera os esteroides para a síntese de estrógenos. A ação dos estrógenos se faz presente no trato genital, dilatando o cérvix, dando início à formação do canal do parto. A prostaglandina secretada pelo útero estimula o ovário a produzir relaxina, que em ação conjunta com estrógenos atuam no relaxamento muscular (miorrelaxante) e estimulam a neuro-hipófise a secretar a ocitocina que provocará as contrações uterinas, dando início à manifestação externa de sinais que identificam a primeira fase do parto.

Gestantes: tudo sobre o trabalho de parto e como se preparar para o nascimento do bebê

Os sinais preliminares do parto começam com a expulsão do tampão mucoso da vagina. Em outras palavras, começa com a saída de uma secreção mais espessa que pode vir acompanhada de um pouco de sangue. Este ainda não é um sinal de que deva ir para o hospital, mas sim de que o trabalho de parto não demorará a começar. Por isso, a gestante deve relaxar e não se precipitar, tornando o momento único em sua vida. Afinal, após 9 meses de gestação, o seu lindo bebê está por vir!

Reprodução de cavalos - como detectar éguas no cio

Fatores como idade adequada, boa condição nutricional, presença de fotoperíodo longo (16 h/dia) e temperaturas mais quentes são essenciais para que a égua entre no cio. Essas condições estão inter-relacionadas, pois é exatamente quando os dias se tornam mais longos e a temperatura aumenta que a pastagem se torna mais exuberante, melhorando o escore nutricional dos animais que tiverem acesso a ela.

Reprodução de cavalos - fotoperíodo controla a atividade ovariana das éguas

O controle da atividade ovariana é regulado pelo fotoperíodo (duração do período de luz), em função das estações do ano. Assim, modificando a duração do fotoperíodo diário ou realizando noites farmacológicas graças à administração de melatonina (mensageiro hormonal da noite), é possível modificar o controle estacional dos ciclos estrais, cujo objetivo é ter éguas ciclando o ano inteiro.

Como é o aparelho reprodutor de uma galinha?

O aparelho reprodutor de uma galinha difere sensivelmente do que se observa entre os mamíferos. A maior parte do desenvolvimento embrionário se dá fora do organismo materno. Por isso, a célula reprodutiva feminina é envolvida por grande quantidade de material nutritivo, necessário à alimentação do embrião.

Atendimento Online
Quer Facilidade