Resultados da busca para "formulacao-de-racao-para-suinos"

Manejo reprodutivo na criação de suínos é fator decisivo para obtenção de maiores índices

O Brasil possui o maior rebanho comercial do mundo, avaliado em 20 bilhões de dólares, com custos de produção menores que em outros países, e ocupa o quarto lugar em exportação de carne suína. No aspecto zootécnico, a redução do índice de gordura foi a grande evolução alcançada nos últimos 20 anos. Os suinocultores brasileiros aumentaram em aproximadamente 12,5% a quantidade de carne magra na carcaça suína.

Suíno light, mais saudável que o suíno tradicional

Do campo à mesa, o suíno vem ajudando a construir o desenvolvimento econômico e social de várias regiões do país, garantindo emprego e renda a milhares de brasileiros. Saboreado em diferentes culturas em todo o mundo, a carne suína está derrubando lendas e crendices, ao se verificar a evolução da suinocultura no Brasil e no Mundo. Principalmente quando nos referimos ao porco light, mais saboroso e saudável que o porco tradicional.

Dejetos suínos agora não são mais problema

A suinocultura, no Brasil, é uma atividade predominante em pequenas propriedades rurais. Cerca de 81 % dos suínos são criados em unidades de até 100 hectares. Conforme o IBGE (1983), esta atividade se encontra presente em 46,5% das 5,8 milhões de propriedades existentes no país,

Preparando a ração na fazenda

Uma alimentação adequada para o rebanho de leite significa oferecer quantidades suficientes de proteína, energia, minerais e vitaminas para atender às necessidades de mantença e produção. Esses nutrientes são fornecidos basicamente pelo volumoso (pasto, silagem, capineira, cana de açúcar) para até um determinado nível de produção.

Sistema orgânico de criação de suínos

Até 1950, o porco era tipo banha e criado solto. Depois dessa época, com a disponibilidade da plantação de soja, os suínos foram criados confinados e passaram por rigorosa seleção.

Criação de suínos em cama sobrepostas é meio de preservação ambiental

Um dos maiores desafios da suinocultura sempre foi o manejo de dejetos e o respeito às leis ambientais. O sistema mais comum de criação de suínos no Brasil é o sistema de piso ripado, total ou parcialmente.

Suíno light, mais carne, menos gordura

Recentemente, foram desenvolvidas, no Brasil, pesquisas capazes de aferir o nível exato dos tecidos gordurosos do suíno, dando início ao processo de melhoramento genético e manejo adequado, capaz de fazer com que os suínos diminuíssem a produção de seus níveis de gordura e passassem a produzir mais carne, surgindo, a partir daí, a espécie que ficaria conhecida como "suíno light".

Criação de suínos light, mais carne, menos gordura e mais saúde na mesa do consumidor

Cada dia mais saborosa, saudável e segura, a carne suína está derrubando lendas e crendices, ao se verificar a evolução da suinocultura no Brasil e no mundo. Saboreado em diferentes culturas, o suíno sempre esteve associado à ideia de prosperidade e fartura. Ainda hoje, simpáticos porquinhos são utilizados como cofres, dando forma a sua fama, a qual pode ser percebida em toda a cadeia produtiva da suinocultura. Do campo à mesa, o suíno vem ajudando a construir o desenvolvimento econômico e social de várias regiões do país, garantindo emprego e renda a milhares de brasileiros (A.C.C.S., 2009).

Suínos produzidos no sistema orgânico são garantia de alimento seguro e saudável

Existe um mercado interno e externo ávido por consumir alimentos mais saudáveis, produzidos com qualidade ética, isto é, no caso dos suínos, animais criados, tratados e abatidos em sistemas que promovam o bem estar, que sejam sustentáveis e não degradem o meio ambiente. Dentro desse contexto, está a criação de suínos por meio da tecnologia orgânica.

Criação de suínos no sistema de camas sobrepostas é alternativa agroecológica

Atualmente, o sistema de produção intensiva predomina na exploração suinícola, o que tem gerado grande preocupação, principalmente no que se refere às questões ambientais, em função do grande poder poluente, que chega a ser quatro a cinco vezes maior que o do homem. Essa é uma das atividades que, se não for conduzida com responsabilidade e com a adoção de técnicas adequadas à realidade atual de expansão e concentração, é capaz de trazer sérios problemas ao ambiente, principalmente a contaminação do solo e das águas, proliferação de vetores e geração de odores.

Atendimento Online
Quer Facilidade