Resultados da busca para "doma-racional-de-equideos-e-muares"

Doma natural de cavalos - passo a passo para a doma de baixo

A doma natural pode ser iniciada nos primeiros meses de vida do cavalo, próximo ao desmame. A doma de baixo, parte integrante da doma natural, deve ser continuada até a idade de 24 a 30 meses, quando se inicia, então, a doma de cima, etapa esta posterior à doma de baixo. Neste período, deve-se ensinar o potro a cabrestear, obedecer os comandos de rédeas, do chão, e se acostumar com os arreamentos.

Doma x equitação: qual é o mais importante?

Sendo a equitação o código a ser empreendido para a comunicação entre cavaleiro e cavalo, e a doma o processo por meio do qual se procura estabelecer essa linguagem, torna-se mais do que óbvia a ordem de prioridade entre ambos. Primeiro, devemos ter domínio sobre a linguagem para, em seguida, podermos tentar transmiti-la. Como seria possível a um domador o exercício eficiente da doma sem domínio prévio da equitação? A probabilidade dessa ocorrência seria quase nula.

Equinos: doma de baixo

A doma se divide em duas partes bem distintas: a doma de baixo e a doma de cima. A doma de baixo consiste basicamente em conquistar a confiança do potro e ensiná-lo a cabrestear, obedecer aos comandos de rédeas e acostumá-lo com os arreamentos. Pode ser iniciada nos primeiros meses de vida e ir até a idade em torno de 24 a 30 meses, quando se inicia a doma de cima. Esta consiste em acostumar o cavalo com o peso do cavaleiro; ensinar-lhe a obediência aos comandos de perna, de corpo e ajudas. Tudo isso deve ser feito de maneira harmoniosa, formando um único conjunto, cavalo e cavaleiro.

Doma racional de cavalos: duração dos treinos

O tempo empregado nas lições é fator importantíssimo em quaisquer ocasiões onde se pretenda o ensino do cavalo. Saber dosar tempo, intensidade, quantidade de exercícios é uma das habilidades a ser perseguida pelos treinadores. "A duração das lições deve respeitar o desenvolvimento da capacidade do cavalo em manter a atenção dirigida para as mensagens que a ele estão sendo transmitidas. Pouco adianta prosseguir na instrução de um cavalo cujas atenções já tenham se dispersado", afirma Paulo Guilhon, professor do Curso a Distância CPT Doma Racional Interativa, em Livro+DVD e Curso Online.

Doma interativa em potros: idade certa para iniciar os trabalhos

A imaturidade dos animais em idades inferiores aos 48 meses dificulta a aprendizagem. Quando jovem, o cavalo tem mais tendências à dispersão. Sua natureza curiosa, aliada ao espírito lúdico, exerce influência marcante em suas atitudes comportamentais. "Convergir as atenções de um potro de 30 meses, para que ele tenha interesse pelas instruções de aprendizagem, é tarefa bem mais trabalhosa do que em animais na faixa dos 48 meses", afirma Paulo Guilhon, professor do Curso a Distância CPT Doma Racional Interativa, em Livro+DVD e Curso Online.

Doma natural de cavalos - 5 passos para encilhar o equino

Coloque um bridão leve (grosso) para não machucar a boca do cavalo e com pinças laterais, sem as rédeas. Introduza o bridão pela lateral da boca para que ele a abra sem que o bridão machuque sua gengiva. Nesta fase, o cavalo já foi bem escovado e já deve ter perdido as cócegas. Pegamos a manta e levamos vagarosamente para o animal cheirar. Em seguida, esfregamos a manta no seu pescoço e no dorso, de um lado e do outro, do animal

Doma de cavalos - charreteamento do equino em 6 passos

Quando o cavalo estiver rodando bem no cabresto, já selado, podemos iniciar o charreteamento. Neste momento, passamos cada uma das pontas da rédea comprida pelo estribo correspondente e prendemos nos respectivos lados na focinheira do cabresto ou na professora. Em seguida realizamos as seguintes etapas:

Truques para domar os cabelos enquanto crescem, usando acessórios e produtos especiais

Se você cortou os cabelos, adorou o corte, mas está querendo mudar, terá de aprender a deixar os cabelos crescerem com charme. Mesmo porque enquanto os cabelos crescem, eles perdem o corte e ficam com pontas e mechas, que jamais ficam assentadas. Principalmente, se o corte for repicado. Entretanto, para domá-las, existem alguns acessórios, como tiaras, frufrus, presilhas e outros, e produtos especiais, como gel, mousse, spray e outros, que, além de fáceis de usar, são bastante práticos.

Doma natural de cavalos - rodando o equino no redondel com cabresto ou guia

Caso seja possível, use um redondel com um diâmetro mínimo de 10 metros. O redondel é um curral circular, podendo ter o diâmetro de 7 a 14 metros, com piso de areia, terra, ou grama. Siga os seguintes comandos para a realização desta etapa da doma de cavalos: 1. Coloque o cavalo no redondel com cabresto e toque-o para apenas um lado por cinco minutos. Em seguida, mude de lado e faça-o rodar por mais uns cinco minutos. Nas primeiras vezes, acaricie o equídeo quando pará-lo para que ele relaxe. Use os comandos de voz para tocá-lo e pará-lo.

Esporas: utilizá-las ou não em montarias?

A principal utilidade referente ao uso das esporas é o seu significado como “ajuda” de ativação do senso de alerta na percepção da montaria. "Esporas não são aceleradores, muito menos instrumentos de tortura. Elas constituem ferramenta indispensável para refinar a comunicação entre cavaleiro e cavalo", afirma Paulo Guilhon, professor do Curso a Distância CPT Doma Racional Interativa, em Livro+DVD e Curso Online.

Atendimento Online
Quer Facilidade