WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Resultados da busca para "como-desidratar-ervas-medicinais" ()

7 ervas aromáticas usadas com fins medicinais

As ervas aromáticas, como alecrim, tomilho, manjericão, orégano, salsinha, cebolinha e coentro, enriquecem diversos pratos com aromas e sabores incríveis. Inclusive, algumas delas constituem uma das bases da gastronomia brasileira. Além disso, as plantas aromáticas ou ervas-de-cheiro podem ser usadas com fins medicinais, pois promovem benefícios à saúde humana.

Cuidados durante a colheita e pós-colheita das plantas medicinais

A colheita e pós-colheita das plantas medicinais devem ocorrer cuidadosamente, para preservar ao máximo a integridade das partes colhidas, diminuindo, assim, a perda de princípios ativos. Por isso, é muito importante orientar a mão de obra, para que não sejam coletadas plantas doentes, com manchas, terra, poeira, partes deformadas, ou insetos. Isso evita a coleta de material que deverá ser eliminado na fase de beneficiamento, o que exigiria mais mão de obra e mais gastos.

Como montar fábrica de frutas desidratadas lucrativa

Atualmente, desidratar frutas tornou-se um negócio rentável, pois a concorrência é mínima. Quando bem planejado, o empreendimento alcança alto faturamento mensal. Sendo assim, montar fábrica de frutas desidratadas pode ser uma oportunidade imperdível de lucrar alto. Mas o que é preciso para se destacar no mercado e se tornar um empreendedor de sucesso?

Medicina natural - plantas medicinais que tratam e curam doenças comuns

A tradição de usar remédios caseiros para a cura de doenças comuns como gripes, resfriados e problemas digestivos está presente em todos os lares. E, de fato, muitas das plantas usadas pelo povo têm seu efeito curativo comprovado, após serem submetidas a criteriosos estudos.

Como desidratar banana para a produção de banana-passa

A banana desidratada apresenta uma boa aceitação pelos consumidores não apenas devido ao seu valor nutricional, mas também pelo seu aroma e sabor. É um alimento altamente energético, com cerca de 300 calorias por 100 g de produto, sendo facilmente assimilável, constituindo uma fonte de energia ativa.

Plantas medicinais e condimentares: para quem vender?

As plantas medicinais e condimentares cultivadas em sistema hidropônico visam a atender às indústrias de alimentos, de cosméticos e de fármacos. Devem ser cultivadas espécies que atendam simultaneamente a esses diferentes segmentos de mercado e, também, a um mercado mais abrangente, como farmácias de manipulação, comércio de condimentos, feiras e objetos artesanais produzidos com plantas medicinais e aromáticas (travesseiros, sachês, bonecas etc.), supermercados e mercados pequenos, e plantas destinadas a cultos religiosos (como arruda e alecrim).

Conheça 5 plantas medicinais que curam

Cientificamente, estudos comprovam que os efeitos terapêuticos de algumas plantas medicinais - como hortelã, capim-cidreira, alho, arnica e eucalipto, além de altamente vantajosos, em termos de custos e benefícios para o homem, são muito eficazes. Trata-se de plantas medicinais com propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e expectorantes.

Frutas desidratadas: uma atividade comercial em plena expansão no Brasil

A fome e o desperdício de alimentos são dois dos maiores problemas que o Brasil enfrenta, constituindo-se em um dos maiores paradoxos de nosso país, já que produzimos 140 milhões de toneladas de alimentos por ano, e somos um dos maiores exportadores de produtos agrícolas do mundo.

A busca por qualidade é o caminho para o cultivo comercial de plantas medicinais

A demanda por plantas medicinais está aumentando nos últimos anos. No entanto, no Brasil, a maior parte das plantas medicinais comercializadas são provenientes do extrativismo, ou seja, da coleta de plantas que nascem espontaneamente nas matas e pastagens. Geralmente, quando desidratadas, essas têm qualidades insatisfatórias, como baixos teores de princípios ativos, e apresentam sinais de deterioração.

Princípios ativos das plantas medicinais: ações terapêuticas

O propósito principal da farmácia viva é ter sempre ao alcance das mãos as plantas medicinais indicadas para o tratamento de sintomas e doenças mais comuns e de menor gravidade, como gripe e dor de cabeça. Isso nos traz maior segurança no uso das plantas, devido à certeza de estar usando a planta correta e da melhor qualidade do material.

Fique por dentro das novidades!