WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"apicultor"

O correto manejo da colmeia aumenta os lucros do apicultor

No Brasil, é fato comprovado que muitos apicultores não preparam suas colmeias para safras futuras. Como resultado desta falta de manejo, eles têm baixa produtividade de mel, deixando de produzir muitos quilos do produto. Essa falta de manejo, no entanto, pode ser facilmente resolvida. Com práticas fáceis, o apicultor pode reverter essa situação aumentando consideravelmente sua produção de mel e, consequentemente, lucros maiores. Para tal, deverá acatar a três fatores decisivos: fornecer alimentação artificial antes da florada, providenciar a substituição anual de rainhas e trocar os favos das colmeias. Sabendo-se que a abelha rainha só bota ovos se houver uma entrada regular de pólen e néctar, indicando estar havendo o início de uma florada, o apicultor, por meio da aplicação da alimentação artificial, poderá induzi-la a botar e, assim, aumentar a postura de acordo com o desenvolvimento da colmeia.

Defensividade das abelhas, domínio da colmeia e manuseio dos quadros pelo apicultor

Um dos comportamentos mais marcantes das abelhas é a defensividade. Elas respondem à ameaça da colmeia com ataques, utilizando o ferrão como arma. Quando ferroam, elas liberam um odor de alarme que atrai outras abelhas para o ataque. Esse é o maior problema para o apicultor, que deve utilizar as vestimentas e o fumegador durante o manejo, como equipamentos de segurança. Vale destacar que sem o uso de fumaça, mesmo uma boa vestimenta não será suficiente para proteger uma pessoa. O trabalho ficará inviável.

Equipamentos para manejo do apiário

O equipamento mais importante é a vestimenta do apicultor, essa lhe garante a segurança no trabalho, visto a periculosidade das abelhas. Vestido com macacão, máscara, botas e luvas, o apicultor evitará dolorosas picadas de abelhas.

Criação de rainhas e multiplicação de enxames aumentam lucros do apicultor

O sucesso de uma boa apicultura está no conhecimento da criação racional das abelhas e na utilização de técnicas de manejo que são recomendadas para se obter o máximo de produtividade, seja de mel ou de qualquer outro produto apícola.

Apicultura - tratamento das doenças das abelhas adultas e parasitas das colônias

Visando ao aumento da produção, é imprescindível que os apicultores procedam ao controle sanitário das colmeias, sabendo detectar a presença de doenças. Com isso, poderão evitar a disseminação de novas doenças prejudiciais às colmeias, como é o caso da Nosemose, da Acariose e da Amebíase. Assim, o apicultor poderá tomar medidas imediatas, como o isolamento das colmeias atacadas, evitando a contaminação de seus apiários e dos apiários vizinhos.

Abelha produz mais quando o produtor realiza um manejo racional da colmeia

Os produtos das abelhas são inúmeros. Começando pelo mel com suas qualidades nutricionais únicas e um mercado enorme; passando pela própolis, que tem uso medicinal; pela geleia real que é um superalimento; e, ainda, o pólen; a apitoxina, com seu potencial de uso farmacêutico; e pela cera, sem contar os serviços de polinização que as abelhas podem prestar para a agricultura.

Produtos naturais, como geleia real e pólen, estimulam a inteligência e a beleza

São vários os produtos das abelhas que podem ser explorados pelo apicultor. Começando pelo mel, com suas qualidades nutricionais únicas e um mercado enorme, passando pelo própolis que tem uso medicinal, pela geleia real e pelo pólen que são super alimentos e, ainda, a apitoxina, com seu potencial de uso farmacêutico, além da cera que, nos tempos atuais de intensa expansão da atividade apícola, tem alta demanda.

Abelhas rainhas controlam a capacidade produtiva da colmeia

A reprodução de uma rainha oferece ao apicultor uma oportunidade singularmente favorável para influenciar o futuro comportamento e desempenho produtivo da colônia de abelhas. Por essa razão, são desenvolvidos e praticados métodos destinados ao controle da sua produção, número de fecundação, épocas e características.

Como é feita a colheita de geleia real de qualidade

Na colheita da geleia real, o apicultor deve seguir todas as recomendações de higiene essenciais à qualidade do produto. No processo, deve-se retirar a colmeia do local, cuidadosamente, para evitar qualquer foco de contaminação. O processo de extração da geleia real pode ser realizado com o auxílio de uma espátula de aço inoxidável.

Vai abrir uma colmeia? Avalie o estado da colônia e possíveis doenças!

Todas as vezes que abrir uma colmeia, o apicultor deve sempre fazer uma avaliação do estado da colônia, mesmo que a abertura tenha outro objetivo. “Em uma rápida passada de olho, ele pode verificar diversos aspectos importantes, e promover ações para corrigir problemas”, afirma Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, professor do Curso a Distância CPT Manejo do Apiário - Mais Mel com Qualidade.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!