WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Vai plantar melão? Conheça as exigências dessa cultura

O melão não se comporta bem em locais de temperaturas baixas, que causam redução na qualidade e produtividade dos frutos

Vai plantar melão? Conheça as exigências dessa cultura   Artigos CPT

 

O melão (Cucumis melo L.) requer climas mais quentes e secos para o seu plantio, exigindo temperaturas relativamente elevadas. De acordo com o FRUPEX - Programa de Apoio à Produção e Exportação de Frutas, Hortaliças, Flores e Plantas Ornamentais do Brasil, ele não se comporta bem em locais de temperaturas baixas, que causam redução na qualidade e produtividade dos frutos.

As plantas são suscetíveis à geada em todos os estágios de desenvolvimento, e níveis de temperatura abaixo de 18°C dificultam a abertura das flores ou induzem o abortamento das flores e frutos. Temperaturas maiores de 35°C podem afetar a floração e a frutificação e a germinação das sementes é bastante afetado pelo clima. Para elevar seu o teor de açúcar, o melão necessita de temperaturas entre 25 - 30°C, alta intensidade luminosa, baixo umidade relativa do ar, solo arenoargiloso e calcário.

Solo


O melão é uma cucurbitácea das mais exigentes em termos de solo, não sendo adaptável facilmente como as demais. É levemente tolerante à acidez, preferindo solos com pH na faixa de 6,4 a 7,2. Apresenta bom desenvolvimento em solos francoarenosos ou areno-argilosos, leves, soltos, bem arejados, planos e de alta fertilidade. Solos argilosos de difícil infiltração da água e aeração são inadequados para o cultivo do melão, essa cultura requer considerável quantidade de oxigênio no solo.

Deve-se escolher áreas bem drenadas e livres fungos e nematoides. É importante ter o histórico da área. Solos cultivados anteriormente com outras curcubitáceas não são recomendados antes que se faça uma rotação de pelo menos três anos com gramíneas ou com plantas de outras famílias. Dessa forma, irá reduzir a proliferação de muitas doenças, especialmente o cancro da haste.

Quanto ao preparo do solo, este deve ser bem preparado para permitir uma boa drenagem da área e um bom desenvolvimento das raízes. Sendo que o número de operações de gradagem e nivelamento depende de cada tipo de solo, especificamente. É importante considerar, em todas as áreas, práticas de prevenção a erosão usando curvas de nível e um plantio adequado. Depois do preparo da área, deve-se irrigá-la, para manter úmido o solo antes de efetuar a semeadura.

Época de Plantio


A semeadura é feita em sulcos ou covas. Em solos com fertilidade alta é usado o espaçamento de 0,5 a 1,0 m entre plantas e de 2,0 m entre linhas. Coloca-se duas a três sementes por cova. É feito desbaste para se ter uma planta por cova. Quanto à profundidade que as sementes devem ser semeadas varia de 2 a 2,5 cm.

Para solos de fertilidade baixa o espaçamento pode ser menor (0,25 m na linha e 1,5 m entre linhas). Nesse tipo de plantio é colocada só uma semente por cova. Dessa forma o campo terá um espaçamento médio 0,3 m entre plantas, não sendo necessário fazer a operação de raleio nas plantas.

O plantio do melão do Nordeste pode ser feito durante o ano todo; em algumas épocas se torna inviável, em virtude dos fatores climáticos adversos. Para esta região, o período de dezembro a março é de alto risco em relação às fortes chuvas. Nesta época, o melão está em alta no mercado.

Local de Plantio


Antes de instalar a cultura do melão, é importante observar os seguintes fatores:

· Procurar terrenos planos; evitar escolher aqueles com declividades muito acentuadas;
· Terrenos com inundações e encharcamentos periódicos devem ser evitados;
· Procurar escolher terrenos que facilitem instalação de projetos de irrigação;
· Não plantar esta cultura duas vezes seguidas na mesma área; fazer rotações com culturas de outras famílias como: leguminosas, gramíneas etc.
· É importante terrenos que permitam boa infiltração e drenagem fácil;
· Quanto a acidez, dar preferência aos solos de acidez fraca, neutros ou levemente alcalinos, ou corrigidos;
· Procurar solos areno-argilosos, soltos, profundos, bem drenados e ricos em húmus;
· Evitar solos muito pesados, como os argilosos;
· Quanto ao preparo do solo, este deve ser feito com pelo menos dois meses de antecedência; fazer aração profunda e, depois gradagens bem feita.

Obs.:


Solos fora do acima exigido podem produzir plantas com crescimento deficiente, incapazes de manter a sua folhagem até o completo desenvolvimento dos frutos.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Fruta de mercado comercial garantido? Melão!

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da área Fruticultura.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!