Caixa higiênica para gatos: acessório fútil ou importante?

O tipo de caixa higiênica oferecida ao gato, onde é colocada, e como é feita a limpeza são detalhes que podem fazer muita diferença para o bem-estar do animal

Caixa higiênica para gatos: acessório fútil ou importante?   Dicas Cursos CPT

 

O tipo de caixa higiênica oferecida ao gato, onde é colocada, e como é feita a limpeza são detalhes que podem fazer muita diferença para o bem-estar do animal; portanto, enganam-se aqueles que acreditam ser este um acessório fútil. “É importante alertar para o fato de que, se o gato não estiver completamente satisfeito com a infraestrutura que lhe é oferecida, para urinar e defecar, poderá aliviar-se menos que o ideal e sofrer constipação intestinal (prisão de ventre) ou obstrução da uretra, entre outros males”, afirma Alessandra Sayegh Arreguy Silva, professora do Curso a Distância CPT Hotel para Cães e Gatos, em Livro+DVD e Curso Online.

Influem na preferência fatores como tipo de areia e altura, modelo e local da caixa. Com o passar do tempo, é possível descobrir, por exemplo, que o gato gosta de areia fina numa caixa com teto e posicionada no alto. Por essa razão, pode-se optar por não fornecer esse material no hotel, e sim exigir do dono a entrega da caixa particular de cada animal, para se evitar futuros transtornos.

Limpeza e registro diários


Gatos gostam de utilizar caixa limpa. Alguns chegam a segurar as necessidades até que alguém limpe a caixa. Como essa retenção não é saudável, procure limpar as caixas diariamente.

Posicionamento


Evite colocar caixas higiênicas perto de lugares onde o gato bebe água ou come. A proximidade pode levar o felino a evitar tanto as caixas quanto a água, o que não é bom, já que eles costumam ingerir menos líquido do que devem. Alguns gatos preferem locais altos, principalmente quando há cães que possam incomodá-los num momento tão delicado, no qual concentração e relaxamento são importantes.

Há gatos que se sentem intimidados por outros na hora de se aliviarem ou de terem acesso à caixa higiênica. Então, pergunte ao dono como é a preferência de seu gato, para fazer os devidos ajustes durante a hospedagem do pet.

De tempos em tempos, a caixa de areia pode ser lavada. Mas é preciso ter cuidado com o produto usado na limpeza, pois o odor pode repelir o gato. Por isso, evite produto com cheiro forte e, ao lavar a caixa, enxágue-a bem.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pet.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 448,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Principais Acidentes Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Principais Acidentes

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 448,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Hotel para Cães e Gatos Curso Hotel para Cães e Gatos

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 486,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade