WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Anatomia sistemática da boca animal? Conheça o palato duro

O palato duro, juntamente com o palato mole, faz parte do teto da cavidade oral. O primeiro é nomeado dessa forma por apresentar uma lâmina óssea que dá sustentação ao teto dessa cavidade

Anatomia sistemática de boca animal? Conheça o palato duro   Artigos CPT

O palato duro, juntamente com o palato mole, faz parte do teto da cavidade oral. O primeiro é nomeado dessa forma por apresentar uma lâmina óssea que dá sustentação ao teto dessa cavidade. “Tal estrutura é composta pelos ossos do incisivo, maxilar e palatino, e esses três segmentos ósseos são conhecidos como processos palatinos: processo palatino do incisivo, processo palatino do maxilar e lâmina horizontal do osso palatino”, explica Marcelo Lopes de Santana, Professor do Curso CPT Anatomia Veterinária: Anatomia Sistemática dos Animais Domésticos.

Detalhe dos ossos que compõem o palato duro (crânio de um cachorro) Artigos CPT

No teto da cavidade oral, caudal aos dentes incisivos, está a papila incisiva, uma estrutura arredondada que, inicialmente, não tem uma função definida, mas apresenta em sua lateral uma rachadura, que é o orifício do ducto incisivo. Tal estrutura permite a comunicação da cavidade oral com o órgão vomeronasal. Este órgão é uma pequena região que comunica a cavidade nasal à cavidade oral, destacando-se por ter uma mucosa olfatória e possibilitando o reconhecimento dos aromas. Ou seja, com a ajuda desse órgão, o animal consegue atrelar os sabores aos aromas dos alimentos.

Toda a região do palato duro é constituída de uma mucosa muito resistente e queratinizada, sobretudo nos herbívoros, que apresentam alimentação com muita fibra vegetal. As elevações dessa estrutura são chamadas de rugas palatinas. As rugas palatinas são voltadas no sentido caudal e tem a função de direcionar o alimento, facilitando esse encaminhamento e impedindo o retorno do mesmo.

Detalhe da papila incisiva, do ducto incisivo e das rugas palatinas em um equino Artigos CPT

Ainda no teto da cavidade oral é possível ver a rafe palatina, que é uma linha resultada do encontro dos antímeros esquerdo e direito. Essa linha está exatamente no centro do animal e coincide com o filtro e o frênulo labial. Todas estas estruturas são vestígios da fusão dos dois antímeros do lábio superior.

No centro do teto da cavidade oral está a rafe palatina (detalhe em um cachorro) Artigos CPT

Uma característica importante dos ruminantes é a ausência dos dentes incisivos superiores. Dessa forma, uma estrutura conhecida como pulvino dentário é a responsável por auxiliar na sustentação do alimento quando o animal vai pastejar. Essa estrutura muito queratinizada serve de suporte para que o animal consiga cortar o capim com os dentes incisivos inferiores.

Pulvino dentário de bovino apontado pela pinça Artigos CPT

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Gostou da matéria? Leia mais sobre o assunto abaixo:


- Sr. Veterinário: conheça os anexos da boca de caninos e equinos

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira. 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!