WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Trato dos cães - como dar o banho

 

Como dar banho em cães

 

No caso de algumas raças, o banho é, talvez, uma das etapas mais importantes do trato de cães. O banho dado de forma imprópria em um cão, como o Poodle, pode tornar impossível dar um acabamento próprio ao pelo. A frequência do banho varia de raça para raça. Por exemplo, o Poodle deve ser banhado a cada quatro ou seis semanas, enquanto que o Pointer pode ficar de três a quatro meses sem banho. Já os cães que são mantidos em casa têm de ser banhados com mais frequência, por razões de higiene.

Dicas:

- Antes do banho, o cão deve ser escovado, por inteiro, com a rasqueadeira, para desfazer todos os nós;
- Separe todos os produtos e equipamentos que serão usados e deixe à mão (xampus, cremes, escovas, duas toalhas de banho, corrente ou coleira (se precisar);
- Coloque um tapetinho de borracha no fundo da banheira, pois evita que o cão escorregue.

Passo-a-passo do banho

Materiais necessários

- Toalha;
- Xampus: existem vários tipos e marcas. Escolha o tipo de acordo com a cor da pelagem do animal ou a necessidade. Existem produtos clareadores para pelagem branca, outros específicos para pelagem escura, xampus antialérgicos e antipulgas (estes apenas quando o animal tiver idade superior a 6 meses). Evite usar xampus humanos, pois eles podem causar alergias no cão;
- Condicionador: indispensável para cães com pelagem longa. Existem xampus 2 em 1 que dispensam o uso do condicionador. Use produtos específicos para animais;
- Algodão;
- Cortador de unhas;
- Pente de metal;
- Pente para desembolar a pelagem;
- Escova de arame;
- Perfume em spray (para animais).

Frequência do banho

Você pode começar a dar banho no cão ou gato a partir de 45 dias de idade, contanto que a temperatura esteja quente. Jamais banhe um filhote em dias extremamente frios. Há veterinários que indicam o primeiro banho quando com mais idade.

O banho pode ser dado semanalmente, mas a frequência irá depender da raça e da tolerância do animal. Se ele começar a apresentar muitos problemas de pelagem e/ou pele, deve-se diminuir a frequência dos banhos.

Coloque um chumaço de algodão dentro de cada ouvido do cão para impedir a entrada de água.

Se o animal tiver pelagem longa, escove-o muito bem e procure investigar possíveis nós na pelagem. Se existirem, tente removê-los com um pente especial (desembolador). Mas cuidado! Se você puxar os nós excessivamente, irá machucar a pele do animal, causando feridas. Os nós mais difíceis devem ser deixados para a aplicação do condicionador.

Use água morna para banhar o animal. A água fria pode ser usada no verão. Já a água muito quente pode queimar a pele e deixá-lo desconfortável durante o banho. A temperatura elevada também pode retirar a gordura que protege superficialmente o cão e torná-lo predisposto a doenças de pele.

Comece molhando a cabeça e pescoço (isso impedirá que eventuais pulgas subam para esses pontos, onde é mais difícil removê-las). Depois de molhado, use sabão de coco, em barra, para ensaboar e retirar toda a sujeira. Use uma escova plástica para que o sabão chegue até a pele.

Ensaboe quantas vezes for necessário, até que a água saia limpa.

Nota: Para que o animal não fuja correndo pelo local todo ensaboado, prenda-o pela coleira e guia curta em algum ponto d a banheira. Nunca o deixe preso sem que você esteja por perto. Ele pode tentar pular e se enforcar.

Aplique xampu no pelo e esfregue até fazer espuma. Deixe agir por alguns segundos, enxágue bem e use o condicionador, principalmente nas franjas e nós (cães de pelagem longa). Dê maior atenção às orelhas, à área do ânus e à almofada d os pés.

Enxágue com água morna (cubra a entrada do ouvido com o polegar para evitar a penetração de água e mantenha uma mão sobre os olhos para protegê-los do sabão). Repita a operação e aplique novamente xampu.
Enxágue até retirar todo o sabão e a água sair limpa de qualquer sujeira. Aplique condicionador nas pontas dos pelos (cães de pelos longos). Faça o enxágue final até remover todo o produto.

Esprema com as mãos, com delicadeza, os pelos das pernas, cauda, orelhas e outras partes do corpo, para remover o excesso de água. Deixe que ele chacoalhe, várias vezes, pois isso facilitará a secagem.

Truque: para que o cão chacoalhe, eliminando a água dos pelos, assopre rapidamente sobre seu focinho.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os cursos da área Como Fazer, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, entre eles o curso Como Fazer Banho e Tosa em Cães.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre Trato dos Cães:

Cuidados antes de atuar no ramo

Secagem dos pelos

Banho a seco

Banho antipulgas

Como combater pulgas

Como combater carrapatos

Cuidados com a pelagem

Como limpar as orelhas

Limpeza dos dentes

Como cortar as unhas

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!