WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Ourives, com o aperfeiçoamento das técnicas o trabalho artesanal resiste à produção industrial

Em um país onde há muitas joalherias para poucos ourives, o mercado de trabalho é garantido para bons profissionais

A arte de fabricar joias é anterior à escrita e vem sendo aperfeiçoada desde então.

A arte de fabricar joias é anterior à escrita e vem sendo aperfeiçoada desde então.

A arte de fabricar joias é anterior à escrita e vem sendo aperfeiçoada desde então. Essas são confeccionadas por meio de fundição, estamparia, usinagem e mesmo manualmente, por um técnico chamado de ourives.

As joias artesanais tem o seu lugar garantido, por mais que surjam novidades no mundo da moda. As tendências até podem variar de estação para estação, mas é o  talento que vai determinar a criação de peças mais atraentes. Isso corresponde a um mercado consumidor sempre crescente e ansioso por inovações, tanto nas técnicas de fabricação, quanto na expressão dos estilos e conceitos escolhidos.

Segundo o IBGM - Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos, o potencial de crescimento da indústria de joias é enorme. Tal indústria aumentou o seu faturamento em pelo menos 40% em 2007, elevando o volume de exportações e expandindo o mercado interno.  O Brasil ocupa a 23a. posição no ranking de países produtores de joias de ouro, tendo mantido a média de produção de 22 toneladas por ano.

O mercado joalheiro no Brasil está dividido em dois segmentos; o da indústria de joalheira, que investem pesadamente em inovação, design e o uso de materiais alternativos, buscando estabelecer uma identidade bem definida do produto brasileiro, e o das pequenas empresas, as chamadas “fundo de quintal”. Mais informal, esse é composto pelos micro-ateliês de ourives e designers.

Com o objetivo de transmitir o ofício e formar profissionais qualificados para atender à demanda do setor, o CPT – Centro de Produções Técnicas, elaborou o curso “Ourives – Aperfeiçoamento de Técnicas”, no qual você estará recebendo informações de Ailton Batista Lopes, ourives com mais de 15 de experiência.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada e mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Chegamos, atualmente, a um estágio de produção em escala industrial, mas o trabalho artesanal ainda permanece e, surpreendentemente, é responsável por uma parcela significativa da produção de joias no Brasil. Em um país onde há muitas joalherias para poucos ourives, o mercado de trabalho é garantido para bons profissionais.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!