WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"piscicultura-tudo-sobre-o-peixe-carpa-cabeca-grande"

Espécies de peixes de importância econômica para a piscicultura

Há aproximadamente 20 anos, a criação de peixes é uma atividade promissora para a economia brasileira e o potencial hídrico do país, por sua vez, além de excelente, favorece em muito a piscicultura. São mais de sete mil quilômetros de costa marítima e dez milhões de hectares de lâmina d’água, em reservatórios de usinas hidrelétricas e propriedades particulares. Segundo Dr. Giovanni Resende, professor do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

O mercado de peixes ornamentais no Brasil

Para entrar no mercado de peixes ornamentais, é necessário saber quais as exigências governamentais, ou seja, qual a legislação específica que dispõe sobre a comercialização desses peixes. Antes de iniciar no ramo, o empreendedor deve fazer o Cadastro Ambiental Rural, para obter o licenciamento ambiental, e o registro no Ministério da Aquicultura e Pesca, para transportar os peixes

Fase de engorda dos principais peixes comerciais do Brasil

Quando os peixes chegam ao peso e tamanho ideais para juvenis, eles são transferidos para outra piscicultura para engorda ou para as unidades de engorda na própria piscicultura. Essa fase vai até a comercialização, ou seja, até o momento de abate, se for peixe de corte para abatedouro/frigorífico. “Se as condições climáticas e o manejo estiverem corretos, é possível obter um lote de tilápia, por exemplo, com média de 900 g, num prazo de 210 dias de cultivo”, explica Prof. Dr. Giovanni Resende de Oliveira, do Curso CPT Criação de Peixes - Como Implantar uma Piscicultura.

Carpas comuns e carpas coloridas (Nishikigois)

A palavra carpa vem do alemão Karpfen. É um peixe teleósteo de nome científico Cyprinus carpio (L.), da família da família Cyprinidae. Muito encontrado em lagos de água doce e rios da Ásia (mais especificamente da China), Europa e África, pode ser criado em vários ambientes, adaptando-se bem a tanques externos. Possui escamas cicloides bem grandes, podendo revestir todo seu corpo ou apenas alguns aglomerados em certos pontos, dependendo da variedade. Possui um corpo bastante arqueado no dorso e mais retilíneo na região ventral. Possui uma boca pequena, repleta de barbilhões curtos, ao invés de dentes. Os machos diferenciam-se das fêmeas pela grande nadadeira ventral. É um peixe ovíparo e come todo o tipo de alimento. Pode chegar a 1,2 m e 20 kg.

Biometria em peixes: por que e como aplicar essa técnica?

A biometria consiste na pesagem de amostras de peixes ou alevinos, que estão sendo criados, para calcular a biomassa total. A partir dessa amostragem o produtor pode calcular e determinar a quantidade de ração a ser fornecida diariamente aos peixes com base em tabelas que são fornecidas pelos produtores de ração. “A técnica da biometria é relativamente simples e é uma ferramenta fundamental para o controle do desenvolvimento dos peixes em quaisquer sistemas de produção”, afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso CPT de Nutrição e Alimentação de Peixes. A biometria consiste na pesagem de amostras de peixes ou alevinos, que estão sendo criados, de forma a calcular a biomassa total. A partir dessa amostragem o produtor pode calcular e determinar a quantidade de ração a ser fornecida diariamente aos peixes com base em tabelas que são fornecidas pelos produtores de ração.

Conheça detalhes sobre a criação de peixes

Fatores como a redução de peixes em mananciais de água doce, devido à pesca predatória, e o significativo crescimento populacional têm feito com que aumente a demanda mundial por esse alimento. Sendo assim, tal situação aponta que é preciso um aumento na produção de peixes. Portanto, é nesse cenário que a piscicultura surge como uma alternativa de abastecimento dos mercados consumidores.

A temperatura da água é importante para o crescimento dos peixes?

Muitos piscicultores, principalmente os que ingressaram nesta atividade como hobby ou os principiantes, acham que para se obter o sucesso com a criação de peixes basta apenas não deixar faltar água, ração e oxigênio para os peixes. “Mas não é bem assim, ou melhor, é tudo isso e mais alguma coisa. É importante, sobretudo, manter a temperatura da água", afirma Giovanni Resende de Oliveira, professor do Curso a Distância CPT Nutrição e Alimentação de Peixes, em Livro+DVD e Curso Online.

Criação de peixes: nutrição e alimentação de peixes

Os alimentos ingeridos pelos peixes estão entre os itens mais importantes para o sucesso da piscicultura. Os criadores de peixe conhecem a relevância desse assunto e sabem que nessa atividade os pré-requisitos como boa conformação do terreno, água em abundância e de boa qualidade, um planejamento adequado sobre a construção dos tanques e a escolha das espécies que mais se adaptam à região não são suficientes.

Sistemas extensivos de criação de peixes: saiba mais sobre eles

Os sistemas extensivos são considerados uma técnica rudimentar de criação artificial de peixes, pois se assemelham muito ao ambiente natural desses animais. São de baixo custo de implantação e, além disso, neles não se praticam um manejo adequado e, também, não utilizam nenhum tipo de insumos, ou seja, não há fornecimento de ração artificial (comercial) aos peixes.

Tutorial para montar uma criação de peixes

Montar criação de peixes pode render ótimos lucros ao produtor rural. Entretanto, não basta planejar a parte estrutural e contratar funcionários bem capacitados, é fundamental escolher as melhores espécies, entender sobre as formas de cultivo, saber as diferenças entre tanques e viveiros, bem como buscar informações sobre a topografia do terreno.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!