Resultados da busca para "curso-de-fantoche-rio-de-janeiro"

Confecção de fantoches de espuma em vários passos

Ligado às artes cênicas, os fantoches fazem parte do mundo infantil seja nas escolas; consultórios médicos, odontológicos e psicológicos; e em programas televisivos. Atrelado a esse crescente uso, surgiu uma atividade artesanal que pode oferecer bons lucros: a confecção de fantoches.

Fantoches possibilitam abordar diversos assuntos de maneira lúdica

Não é possível precisar quando iniciou-se o uso de bonecos na dramatização de cenas para substituir atores humanos. Há séculos, o fantoche é usado para entreter e educar; hoje, seu uso se ampliou muito. Sempre ligado às artes cênicas, ele está presente nas escolas, consultórios médicos, odontológicos e psicológicos, e em programas de televisão. Esse boneco é um instrumento facilitador na abordagem de diversos assuntos, especialmente os polêmicos.

Fantoches - aprenda a fazer e aumente sua renda

Fatores diversos, nos dias atuais, fazem com que as pessoas busquem por uma segunda opção profissional, como forma de aumentar a renda mensal. Porém, muitas vezes, essas mesmas pessoas não possuem capital suficiente para arcar com os custos de implantação de uma nova atividade.

O eucalipto e suas utilidades

O eucalipto foi introduzido, no Brasil, em 1868, nos Estados do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Primeiramente, sua utilização era para arborização de ruas, decoração, ou ainda, para quebra de ventos. O cultivo, em larga escala, só começou a ser executado, em 1903, no Estado de São Paulo. A finalidade do cultivo era a produção de lenha.

Abelhas sem ferrão - Iraí (Nannotrigona testaceicornes)

A origem do seu nome Iraí, como não poderia deixar de ser, vem do Tupi e significa (Ira: abelha, mel/ Y: rio). O Rio do Mel, o Rio Doce. Abelha indígena, pertencente a tribo dos Trigonini, constroem um berço real, ou seja, uma realeira, na periferia dos favos de cria, para que venha nascer uma nova rainha. Constrói seus ninhos nos locais mais variados, tal como muros de pedras, blocos de cimento, tijolos vazados e, com preferência, em ocos de árvores, por isso, é muito comum encontrá-las em regiões urbanas.

Abrace as oportunidades com os Jogos Olímpicos Rio 2016

Desde o final das Olimpíadas de Londres, em 2012, o Brasil se prepara para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Diante desse contexto, o mundo dos negócios está a todo vapor em busca de novas oportunidades. Um evento esportivo dessa magnitude traz ao país não somente os atletas

Como surgiu a vaquejada

Considerada um esporte, a vaquejada é uma atividade que ocorre na região Nordeste do nosso país, como no Rio Grande do Norte, em Pernambuco, no Ceará, na Paraíba, na Bahia, no Sergipe, entre outros. Embora típica dessa região, também podemos encontrá-la no Rio de Janeiro e em Minas Gerais (região Sudeste). No entanto, o berço das Vaquejadas é a cidade de Currais Novos, No Rio Grande do Norte.

Superalimento - castanha-do-Pará

A Bertholletia excelsa, castanha-do-Brasil, castanha-do-Pará, castanha-do-Acre, tocari e tururi é uma árvore da família botânica Lecythidaceae, nativa das Guianas, Venezuela, Brasil (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Rondônia), leste da Colômbia, leste do Peru e leste da Bolívia. Ocorre em árvores espalhadas pelas grandes florestas, às margens do Rio Amazonas, Rio Negro, Rio Orinoco, Rio Araguaia e Rio Tocantins.

Comidas do Sudeste têm diversidade de sabores

A região Sudeste é formada pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, possuindo diferenças marcantes na culinária de cada um deles. É, sem dúvida, a região com a maior diversidade nos hábitos alimentares.

Appaloosa - saiba tudo sobre essa raça de cavalo

A raça Appaloosa é criada no Brasil desde a década de 60. Surgiu com os índios norte-americanos que viviam na região do rio Pallose. Eles capturaram diversos cavalos dos conquistadores espanhóis, selecionando os de pelagem malhada, por serem mais atraentes. Como eles viviam em regiões muito frias, e por isso migravam muito, os cavalos foram naturalmente selecionados, restando os mais fortes e resistentes. Essa raça era mais utilizada pelos índios Sioux, Kiowas, Comanches e Cheyenes. Tempos depois, a raça foi melhorada, cruzando-se com o Quarto de Milha e em doses menores com o Puro Sangue Inglês e com o árabe

Atendimento Online
Quer Facilidade