WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Ensopado de pardal

 

Joaquim Batista é homem conhecido na cidade de Porto Firme. Tem 50 anos, sério e com filhos já criados. Nos últimos tempos, ele andava meio ruim de cama. A coisa começou a perturbar tanto que ele resolveu procurar ajuda com o Conselheiro Lotero.

A receita veio de imediato: comer todos os dias um ensopado de pardal, fórmula que não falha, afirmou o Conselheiro. Joaquim Batista agora começava a entender por que os pardais andavam meio sumidos da cidade, tinha muita gente com o mesmo problema. Tratou logo de contratar o menino, de apelido “Canarinho”, para pegar os pardais. Dona Naná, mulher de Joaquim Batista, sentiu logo a diferença e custou a arrancar o segredo do marido. Ela também foi atrás de “Canarinho” e disse:

        - Você podia pegar uns pardais fêmeas para eu fazer um ensopado e, assim, aguentar o repucho lá em casa.

       - Uai, Dona Naná, eu não sei qual é pardal fêmea e qual é macho não, eu pego é no bolo.

        - Ah! Então tá explicado. Tem dia que Joaquim é macho prá daná e tem dia que ele fica desmunhecando à toa.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!