WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Como fazer ovos de Páscoa

Invista na produção caseira de ovos de chocolate e complemente a sua renda

Chocolate: difícil resistir a essa deliciosa tentação. Foto: divulgação

Difícil encontrar alguém que não se renda ao sabor incomparável e insubstituível do chocolate. Biscoito, bolo, bombom, chocolate em barra, sorvete ou trufa. É grande a variedade de produtos alimentícios que são constituídos dessa deliciosa matéria-prima. O patissier Paulo Lanna, da Escola de Culinária Maria Chocolate de Belo Horizonte, explica que o chocolate é basicamente dividido em 4 tipos:

– Ao leite: composto por leite em pó ou condensado e cerca de 20% de massa de cacau;
– Branco: não contém massa de cacau, mas obtém seu sabor da manteiga de cacau;
– Meio amargo: alto teor de massa de cacau e pouca ou nenhuma adição de açúcar;
– Orgânico: alto teor de massa de cacau.

Tipo mais saudável

Desde que começou a ser industrializado, tem havido vários estudos acerca das propriedades do chocolate e dos benefícios proporcionados à saúde quando ingerido em quantidades ideais. Apesar de ainda não serem conclusivas, pesquisas apontam que o tipo mais indicado para consumo é o meio amargo, pois ele retarda o envelhecimento, combate o mau colesterol, é constituído de ferro, fósforo e diversas vitaminas como A, B, C, D e E.

Chocolate orgânico

Ovo de Páscoa decorado. Foto: Browsing Photography

Seguindo princípios sustentáveis, o chocolate orgânico já é produzido no Brasil, mais especificamente no Sul da Bahia. Essa iniciativa de produção consciente, cujos frutos têm boa qualidade, já recebeu premiação internacional. Lanna explica que urina de vaca, esterco verde e fosfatos naturais são essenciais no cultivo desse tipo de chocolate. Ele pode ser consumido por pessoas intolerantes à lactose sem restrições, pois não contém leite. Esse ingrediente é substituído pela soja. Outra vantagem do chocolate orgânico é que ele não possui glúten ou gordura trans.

A Páscoa e seus símbolos

Seguindo o calendário cristão, a data na qual comemoramos a Páscoa não é fixa, podendo variar a cada ano entre 22 de março e 25 de abril. Nessa época, é comum decorarmos a casa e presentearmos uns aos outros com alguns símbolos já convencionados por diversas culturas ao redor do mundo. Os ovos, por exemplo, representam o renascimento e os coelhos são animais associados à fertilidade. Em forma de ovos dos mais variados tamanhos, o chocolate é, por tradição, o principal objeto representativo dessa data. No Domingo de Páscoa, as pessoas se presenteiam com os famosos ovos de chocolate.

Derretimento do chocolate

Chocolate raspado pronto para ser derretido. Foto: Browsing Photography

O primeiro passo para a fabricação de ovos de Páscoa é derreter o chocolate em banho-maria, micro-ondas ou derretedeira elétrica. Esta é mais indicada para a produção em grande escala. Lanna explica que algumas derretedeiras, como as de 7L, possuem divisões na parte interior que propiciam o derretimento de dois tipos diferentes de chocolate simultaneamente. Caso sua produção seja direcionada ao comércio, é importante não desperdiçar nem um grama de chocolate. Bombons imperfeitos, raspas e o que sobrou na beira da panela podem ser derretidos novamente.

Temperagem do chocolate

Depois de derretido, o chocolate precisa ser temperado, termo técnico que se refere ao processo de baixar a temperatura de 45°C para aproximadamente 27°C. A temperagem permite que o chocolate mantenha o brilho, a dureza, a capacidade de contração e a resistência ao calor. De acordo com Lanna, até mesmo os dietéticos devem passar por esse processo após o derretimento. A temperagem só pode ser dispensada quando o chocolate for utilizado em cobertura fracionada.

Barras de chocolate ao leite, branco e meio amargo. Foto: Browsing Photography

Para fazer a temperagem, o chocolate só pode ser despejado em pia de mármore ou granito, pois o inox é um material que pode prejudicar suas propriedades. 2/3 da quantidade derretida deve ser despejada na pedra limpa e seca. Mexa com uma espátula, fazendo movimentos para frente e para trás até atingir a temperatura de 27°C ou 28°C. Você pode providenciar um termômetro culinário para identificar a temperatura ideal com mais precisão ou passar um pouco do chocolate embaixo dos lábios. Quando o chocolate já estiver frio, adicione o 1/3 restante e mexa até obter uma massa homogênea. Por fim, despeje-o de volta na vasilha.

Produção caseira

Essa época do ano é bastante rentável para as pessoas que fabricam ovos caseiros com finalidades comerciais. Formatos e tamanhos diferentes permitem que o público consumidor seja bem diversificado, pois os preços são variados e, portanto, acessíveis a praticamente todas as pessoas. Fabricar ovos de chocolate pode ser uma opção para presentear amigos e familiares. Lanna garante que vale a pena investir na produção caseira, pois o trabalho é realizado por meio de técnicas simples, práticas e baratas.

Os famosos ovos de chocolate são um dos símbolos pascais

O CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso Como Fazer Ovos de Páscoa para você que pretende complementar a renda nessa época do ano. Esse curso descreve a história do chocolate e da Páscoa, além de discorrer sobre o ambiente ideal para a fabricação dos ovos e sobre os equipamentos necessários durante cada processo. Você aprenderá também a derreter e a temperar o chocolate, a providenciar as embalagens e a ficar atento quanto aos prazos de validade. Por fim, o curso traz algumas saborosas e irresistíveis receitas de ovos de Páscoa. A receita abaixo é indicada para ovos de 600g e você precisará de uma forma de 500g.

Ovo marmorizado

Ovo de Páscoa marmorizado

Ingredientes

– 300g de chocolate branco
– 200g de chocolate ao leite

Modo de preparo

– Derreta e tempere o chocolate
– Na forma, faça os desenhos de mesclado usando os dois chocolates
– Leve-a à geladeira e, em seguida, faça as camadas restantes

Dicas

– Para um mesclado mais definido, coloque porções de chocolate branco e ao leite em dois cones de papel manteiga, fazendo faixas alternadas com os dois chocolates;
– Comece trabalhando com o chocolate ao leite, preenchendo depois com faixas maiores de chocolate branco para obter um resultado mais preciso;
– Para obter um mesclado mais livre, coloque na forma colheradas de chocolate ao leite, deixando espaços para preencher com chocolate branco. Em seguida, gire a forma, fazendo sucessivas camadas até terminar o chocolate.

Por Camila Guimarães Ribeiro

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!