WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

3 fatores que afetam o desenvolvimento das hortaliças

Temperatura, água e vento são os três elementos que mais afetam o desenvolvimento de hortaliças. Sendo assim, é de suma importância que o horticultor saiba sobre o poder de cada um deles e tome suas precauções

3 fatores que afetam o desenvolvimento das hortaliças   Artigos CPT

Temperatura, água e vento são os três elementos que mais afetam o desenvolvimento de hortaliças. Sendo assim, é de suma importância que o horticultor saiba sobre o poder de cada um deles e tome suas precauções para não por em risco sua produção. A elevação da temperatura tem efeito marcante na redução do período de desenvolvimento, antecipando a época de colheita de um grande número de produtos hortícolas. Por intensificar a atividade respiratória, promove aumento da transpiração, modificações na coloração, nos teores de sólidos solúveis e de outros constituintes químicos.

Valores extremos de temperatura (altas ou baixas) contribuem para a incidência de desordens fisiológicas, aumentando a suscetibilidade à deterioração. A duração de exposição, a qualidade e intensidade de luz afetam as características de qualidade, tais como coloração e espessura da casca, tamanho, peso, além dos teores de sólidos solúveis (ácidos, açúcares, vitamina C) que dependem da fotossíntese para serem produzidos.

A disponibilidade de água é fator crítico nas fases de crescimento e maturação. O estresse hídrico pode ter efeito negativo na suculência dos tecidos bem como na aparência externa, reduzindo o peso fresco e o volume do produto devido ao murchamento pela perda do turgor celular. Em regiões onde as chuvas são escassas, torna-se necessário o uso de irrigação. Por outro lado, o excesso de chuvas é desvantajoso não só por modificar a composição dos produtos (diluição dos constituintes químicos com redução da qualidade), como também por dificultar a colheita, reduzir o período de vida útil e aumentar a incidência do ataque de microrganismos.

Ventos excessivos danificam a estrutura física dos tecidos mais delicados, causando abrasões em folhas e frutos jovens, em decorrência do atrito com as outras partes do vegetal. As abrasões prejudicam a aparência pela formação de cicatrizes e predispõem os produtos a doenças, uma vez que essas áreas danificadas têm pequena resistência à penetração por microrganismos.

Conheça os Cursos CPT da área Agricultura Orgânica.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!