WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Odontologia equina: distúrbios de oclusão

Os equinos são animais de pastoreio contínuo e isso promove um desgaste natural de incisivos (corte e apreensão) e pré-molares molares e molares (mastigação) devido ao atrito entre as superfícies oclusais antagonistas

Odontologia equina: distúrbios de oclusão   Artigos CPT

Os equinos são animais de pastoreio contínuo. Em seu habitat, os equinos mastigam por um tempo que equivale até setenta e cinco por cento do dia, com hábitos de pastoreio seletivo. Cavalos confinados em baias, com livre acesso à forragem, podem exibir os mesmos hábitos alimentares e normalmente comem até 20 horas por dia, em sessões que duram de 10 a 30 minutos.

“Este pastoreio contínuo promove um desgaste natural de incisivos (corte e apreensão) e pré-molares molares e molares (mastigação) devido ao atrito entre as superfícies oclusais antagonistas”, explica o Prof. Dr. Luiz Fernando Rapp de Oliveira Pimentel, do Curso CPT Odontologia Equina: Diagnóstico e Intervenções em Odontopatias Congênitas e Adquiridas.

Em contraste, cavalos confinados comem alimentos concentrados ou peletizados mais rapidamente. Esses cavalos confinados, que não têm livre acesso ao pastoreio, não usam seus incisivos para o corte e isso pode torná-los demasiadamente longos, devido à ausência de atrito e desgaste. Em animais estabulados há mais de 1 ano, há perda do equilíbrio oclusal entre incisivos e molares/pré-molares, o que favorece o aparecimento de maloclusões. Qualquer assimetria craniofacial (congênita ou adquirida devido a fraturas consolidadas em posição errática), ausência ou maloclusão dentária promove um desgaste anormal.

Processos dolorosos (cáries, exposição de canal pulpar, bolsas periodontais, traumas em partes moles) podem modificar o atrito normal entre as superfícies oclusais e também provocar o desenvolvimento de maloclusões. Em distúrbios de oclusão crônicos, maloclusões em molares/pré-molares podem levar ao desenvolvimento de maloclusão em incisivos. O inverso também é verdadeiro. Muitos casos de curvaturas diagonal em incisivos são resultantes de distúrbios crônicos de oclusão molar. A fratura ou ausência de incisivos não tratada pode resultar em má oclusão molar.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 

Saiba mais sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) abaixo:


- Odontologia equina: desordens de desenvolvimento craniofaciais

Conheça os Cursos CPT da área Medicina Veterinária.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!