WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Abelhas sem ferrão: Mandaçaia (Melipona mandacaia)

Mandaçaia é uma palavra indígena que significa vigia bonito fato este por se observar no orifício de entrada da colmeia uma abelha sempre a vigiar

Abelhas sem ferrão - Mandaçaia (Melipona mandacaia)

Mandaçaia é uma palavra indígena que significa “vigia bonito” (mandá:vigia/çai:bonito), fato este por se observar no orifício de entrada da colmeia uma abelha sempre presente, ou seja, a vigia. A Melipona mandacaia é uma abelha social brasileira, de cabeça e tórax pretos, abdome (com faixas amarelas interrompidas no meio de cada segmento) e asas ferrugíneas. Também é conhecida pelos nomes de Amanaçaí, Amanaçaia, Manaçaia e Mandaçaia-Grande. Medindo entre 10 e 11 mm de comprimento, estas abelhas nidificam em árvores ocas. Seus ninhos, com boca de barro, são grandes e, em geral, contêm muitos litros de mel.

Na colônia de Mandaçaia, as operárias têm seus ovários desenvolvidos e, muitas vezes, podem fazer postura. Estas posturas podem ser efetuadas antes ou após a postura da rainha. Geralmente, os ovos de operárias, postos antes da postura da rainha, são ingeridos por ela, e os ovos postos após a postura da rainha darão origem a zangões (machos), isto porque a larva do macho se desenvolve mais rápido comendo, então, o ovo posto pela rainha.

Os machos de Mandaçaia, ao contrário dos de Apis mellifera, podem realizar algum tipo de trabalho na colônia, como a desidratação do néctar. Mas sua principal função nas colônias é fecundar a rainha durante o voo nupcial.

- Ocorrência
Esta espécie de abelha possui excelentes características para ser criada racionalmente e pode ser encontrada ao longo da Costa Atlântica, desde o Norte até o Sul. Porém, é nas regiões secas, principalmente na Bahia, que as encontramos em maior quantidade.

- Morfologia
É uma abelha de cor negra, tendo em seu abdômen quatro listras amarelas brilhantes transversais nos tergitos, placa dorsal dos segmentos do corpo dos artrópodes. A região entre as antenas, geralmente possui pelos negros. Na parte inferior da face, possui uma pontuação muito fraca. O ventre e a porção mediana superior do tórax são menos lustrosos na base do que no ápice. É uma abelha robusta que mede entre 8 a 12 mm.

- Ninho
A Mandaçaia constrói seus ninhos em ocos de troncos de árvores, em uma altitude mediana. A entrada do ninho é construída com geoprópolis – uma mistura de barro com resinas extraídas das plantas. Geralmente, na parte externa do orifício de entrada, as mandaçaias constroem sulcos radiais convergentes. Neste orifício, passa somente uma abelha por vez.

A partir do orifício de entrada, encontramos um canal de mais ou menos 20 cm de comprimento, chamado túnel de ingresso, que desembocará próximo aos favos de cria, os quais são envolvidos por lamelas de cerume irregulares, chamados de invólucros, estes são constituídos de uma mistura de cera e própolis, cuja finalidade é conservar a temperatura interna do ninho.

O ninho, geralmente, tem a forma de discos sobrepostos, no sentido horizontal. Estes discos são formados por células, com aproximadamente 1 cm de altura por 0,5 cm de diâmetro, confeccionados com cerume, onde são desenvolvidas as crias. Constroem, também, com o mesmo cerume, potes ovais, medindo cerca de 3 a 5 cm de altura, por 2,5 cm de diâmetro, ligados entre si.  Estes potes são usados para armazenar alimentos, mel e pólen, e se encontram geralmente abaixo ou acima da região dos favos de cria, e próximos a eles.

O ninho desta abelha possui uma população bem menor em relação à Apis mellifera, não chegando a ultrapassar 2.000 abelhas. Normalmente, encontramos famílias somente com centenas de indivíduos. A Mandaçaia é uma abelha muito mansa, mas costuma repelir os intrusos com um movimento bastante intenso ao redor do possível inimigo, chegando a mordiscá-lo com suas fortes mandíbulas.

- Mel
O mel produzido pela Mandaçaia é procurado pelo seu agradável sabor não enjoativo. É bastante liquefeito, devido ao alto teor de umidade, fato este que requer o seu armazenamento sob refrigeração para evitar a fermentação. Na natureza, a Mandaçaia pode produzir de 1,5 a 2,0 litros de mel, em épocas de boa florada. Quando criada racionalmente, a produção da Mandaçaia pode aumentar.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre as abelhas


Anatomia das abelhas
O mercado do mel no Brasil
Abelhas sem ferrão e com ferrão
Funções da rainha
Funções do zangão e das operárias
Termorregulação da colmeia
A dança em busca de alimento

ABELHAS SEM FERRÃO


Critérios de escolha das espécies para a criação
Requisitos ideiais para a criação
Vantagens e dificuldades quanto à sua criação
Mel com baixo teor de açúcar e ação antibacteriana

ESPÉCIES DE ABELHAS SEM FERRÃO


Abelha-Limão (Lestrimelitta limao)
Boca-de-Sapo (Partamona helleri)
Borá (Tetragona clavipes)
Guarupu (Melipona bicolor)
Guira (Geotrigona mombuca)
Guiruçu (Schwarziana quadripunctata)
Iraí (Nannotrigona testaceicornes)
Irapuã (Trigona spinipes)
Jataí (Tetragonisca angustula)
Jataí-da-Terra (Paratrigona subnuda)
Lambe-Olhos (Leurotrigona muelleri)
Manduri (Melipona marginata)
Marmelada Amarela (Frieseomelitta varia)
Mirim Droryana (Plebeia droryana)
Mirim-Guaçu (Plebeia remota)
Mirim-Preguiça (Friesella Schrottkyi)
Mombucão (Cephalotrigona capitata)
Tataíra (Oxytrigona tataira tataira)
Tubuna (Scaptotrigona bipunctata)
Uruçu (Melipona scutellaris)
Uruçu-Amarela (Melipona rufiventris)

ABELHAS COM FERRÃO


Origem da Apis mellifera e mecanismo de defesa
Gênero Apis e sua distribuição no mundo
Como as Apis mellifera se comunicam

ESPÉCIES DE ABELHAS COM FERRÃO


Abelha-Africana (Apis mellifera scutellata)
Abelhas Africanizadas (Africana+Europeia)
Abelha-Carnica (Apis mellifera carnica)
Abelha-Caucasiana (Apis mellifera caucasica)
Abelha-Europeia (Apis mellifera mellifera)
Abelha-Italiana (Apis mellifera ligustica)

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT da área Apicultura.
Por Andréa Oliveira.
Fontes: Embrapa, USP, WebBee e Wikipédia

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Rita Inês soares de Lima

21 de abr. de 2021

Qual mês pra se retirar o mel mandaçaia e onde encontro mel delas

Resposta do Portal Cursos CPT

4 de mai. de 2021

Olá, Rita Inês

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Os principais meses da safra de mel vão de maio a junho e de outubro a janeiro. Mas pode ser colhido mel o ano todo, seguindo alguns fatores são essenciais - como local do apiário próximo a flora, boas práticas de manejo das abelhas, escolha e manutenção das melhores colmeias e rainhas e criação migratória.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que serão fundamentais para o seu aprendizado.

Atenciosamente,
Erika

José Alves dos Santos

2 de abr. de 2021

Pode criar abelhas mandasaia em Regente Feijó SP e como consigo o enxame?

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de abr. de 2021

Olá, José Alves

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

O CPT trabalha com a produção e comercialização de cursos de capacitação a distância, onde o aluno tem a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos e enriquecer sua grade curricular.
No momento não trabalhamos com indicações de fornecedores.

Com relação a criação em sua cidade, o ideal é você fazer uma pesquisa de mercado.

Atenciosamente,

Erika

Rudi Jose Pereira de Sousa

27 de dez. de 2020

Seria interessante distinguir as espécies de mandaçaia, considerando os hábitos distintos: produção de mel, população da colônia, tamanho etc..

Resposta do Portal Cursos CPT

30 de dez. de 2020

Olá,Rudi 

Como vai?

Agradecemos sua visita ao nosso site!

Encaminhamos sua sugestão para o setor responsável, o que lhe somos gratos.

Em breve, uma das nossas consultoras entrará em contato com informações e esclarecimentos sobre os cursos que serão fundamentais para o seu aprendizado.

Atenciosamente,
Erika

Aurelito Viana Da Silva

24 de fev. de 2018

Sou de São Paulo zona sul gostei do artigo gostaria de saber onde comprar enxame de mandacaia pra iniciar criação

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de fev. de 2018

Olá Aurelito,

Para mais informações recomendamos que entre em contato com criadores em sua região.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Osvanir Saggin

23 de mar. de 2017

Tenho pequena criação de Jatai ( 6 ou 7 caixinhas) e gostaria de ter também a abelha mandaçaia, por não ter ferrão. Minha pergunta é: ela suporta frios mais ou menos intensos, que ocorrem aqui em Francisco Beltrão-PR., bem no sudoeste do Paraná, próximo da Argentina? Se é possível cria-las, onde encontro para comprar. Grato pela atenção

Resposta do Portal Cursos CPT

27 de mar. de 2017

Olá Osvanir,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. A Mandaçaia habita regiões mais altas e mais frias, o comportamento externo dessa subspécie em relação a temperaturas baixas - 14 e 16 graus - e umidade relativa alta 75 a 90% no verão no horario das 8 a 11 horas é bem intenso o trabalho de coleta. Devido ao seu tamanho avantajado, possui bom controle de temperatura corporal, o que lhe permite viver em lugares mais frio.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!