Resultados da busca para "combate-a-incendios"

Plantação de Eucalipto - como combater as saúvas e os quenquéns

O plantio do eucalipto é muito semelhante ao plantio de outras espécies agronômicas propagadas por mudas. Antes, porém, deverão ser controladas as plantas que possam concorrer com as mudas em sua fase de estabelecimento, logo após o plantio. Estas plantas, além de competir por água e nutrientes, crescem rápido e podem abafar as mudas recém-plantadas. Outro cuidado importante é o controle de formigas cortadeiras, que atacam as mudas intensamente, cortando ramos e folhas, podendo matar a planta ou atrasar seu desenvolvimento.

Formigas Cortadeiras - combate direto com formicidas

Nos reflorestamentos, o combate direto às formigas cortadeiras é constituído, basicamente, pelo tratamento com formulações químicas, denominadas formicidas. Entre as metodologias de combate, estão incluídas as iscas granuladas, pós secos e produtos aplicados por termonebulização. Para usar formicidas, quase sempre é necessário conhecer a área do formigueiro, que é obtida multiplicando-se o maior comprimento da área de terra solta pela sua maior largura. Na prática, o silvicultor mede o formigueiro com passadas largas sobre o monte de terra solta, que, convertidas em metros, permitem obter a área estimada do ninho.

Formigas Cortadeiras - importância do combate às saúvas e quenquéns

O combate das formigas cortadeiras é fundamental em reflorestamentos já que elas constituem fator limitante, causando perdas diretas, como morte de mudas e redução no crescimento de árvores; e indiretas, como diminuição da resistência das árvores a outros insetos e agentes patogênicos, a desuniformização nos povoamentos, em razão das desfolhas, além da quantidade enorme de agrotóxicos aplicada no controle de tais pragas.

Formigas Cortadeiras - combate químico por iscas granuladas

Entre as técnicas de combate atualmente existentes, o uso de iscas granuladas contendo substâncias tóxicas é considerado como a mais prática e econômica. Essa técnica, se corretamente usada, oferece segurança ao operador, permite o tratamento de formigueiros em locais de difícil acesso e dispensa mão de obra e equipamentos especializados.

Formação de brigadas, eficiência no combate a incêndios florestais

A ação do homem no meio ambiente tem sido a principal causa da destruição da vegetação. Dentre elas, o fogo é, provavelmente, o maior responsável pela devastação em todo o território nacional, e dependendo da intensidade das queimadas, a destruição pode ser total e irreversível, ou prejudicar o crescimento e outras características silvipastoris.

Dicas para brigadistas de incêndio

A seca desta época do ano traz uma grande preocupação: as queimadas. Neste momento, o treinamento de brigadista torna-se ainda mais importante pelo surgimento de constantes focos de incêndios. Após o combate, para se ter certeza de que o fogo realmente apagou, ficam algumas dicas, para os brigadistas, registradas no curso

Trato dos cães - como combater carrapatos

Infelizmente, não há nenhum esquema de tratamento preventivo. Se o cão frequenta áreas infestadas por carrapatos, ele certamente irá pegá-los. Regiões com vegetação em sítios ou fazendas são os lugares mais comuns. Porém, existem muitos casos de pessoas que tem problemas com carrapatos dentro de seus canis ou quintais. Às vezes, em um passeio a uma praça ou parque, o cão pode se infestar.

Trato dos cães - como combater pulgas

As picadas de pulgas causam irritação e desconforto, podendo ocorrer forte reação alérgica em indivíduos mais sensíveis. Os cães com pulgas ficam irritados, mordem-se, arranham a pele, arrancando pelos e causando lesões na pele, predispondo a infecções cutâneas. Para um combate eficiente, precisamos levar em conta o tipo de ciclo de vida da pulga. Como ela tem um estágio de amadurecimento no ambiente, é necessário tratarmos o ambiente e também o cão.

Formigas Cortadeiras - técnicas curativas

A simples presença de colônias de formigas cortadeiras na área cultivada não é motivo para justificar seu combate. Isso só deve acontecer quando elas ameaçarem causar prejuízos que justifiquem, financeira ou estrategicamente, as despesas de combate. No caso de plantios destinados à comercialização, a relação benefício/custo do combate envolve aspectos econômicos; no caso de paisagismo ou de conservação de ambientes, envolve aspectos relacionados à finalidade das árvores no sistema.

Formigas Cortadeiras - combate químico por formicida em pó

Os formicidas em pó não devem ser usados se o terreno estiver muito úmido, pois os pós comuns aderem às paredes dos canais do formigueiro. Além disso, são incapazes de atingir o interior de colônias muito grandes e, por isso, não conseguem matá-las. Assim sendo, só devem ser usados para o combate de espécies de formigas que constroem ninhos pouco profundos. São aplicados com o auxílio de diversos tipos de bombas aplicadoras existentes no mercado.

Atendimento Online
Quer Facilidade