WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

"com-regiao-do-brasil-e-a-origem-do-curio"

O segundo maior roedor do Brasil? A paca. Conheça!

A paca (Agouti paca) pode medir cerca de 70 cm e pesar até 10 kg, representando um dos maiores roedores do Brasil, perdendo, em tamanho, para a capivara. Em geral, só tem um filhote por vez e até duas gestações por ano. “Notívaga, a paca se alimenta de frutas e raízes. Assim como a capivara, era encontrada originariamente em quase todo Brasil”, afirma Prof. Fábio Morais Hosken, professor do Curso CPT Criação Comercial de Paca.

As cobras mais venenosas do Brasil

Classificar as serpentes mais venenosas do Brasil é um assunto um pouco complexo, pois temos de avaliar a quantidade de acidentes ofídicos, bem como as consequências do envenenamento. No entanto, quatro delas são bastante significativas, como a coral verdadeira, a cascavel, a surucucu e a jararaca. A coral verdadeira é a mais venenosa, embora cause apenas 1% dos acidentes com cobras no país. Em segundo lugar, está a cascavel; em terceiro, a surucucu pico-de-jaca; e, em quarto, a jararaca, responsável por mais de 80% dos acidentes no Brasil. Independente de seu tamanho, uma única picada de uma dessas criaturas pode ser tão letal quanto o ataque voraz de um grande carnívoro. Por outro lado, as serpentes (ou cobras) contribuem, e muito, para a medicina. O Captopril (hipertensão), isolado do veneno da jararaca, é um exemplo disso, além da cola para fins cirúrgicos. Daí a importância de se preservar as espécies, respeitando-as.

Conheça o Curió, o pássaro com canto corrido

O Curió (Oryzoborus angolensis), também conhecido como avinhado e papa-arroz, é nativo do Brasil, também podendo ser encontrados exemplares na Bolívia, no Paraguai e em outros países da América do Sul, sempre a partir de aves que emigram daqui para lá. Pássaro da família dos fringilídeos, a mesma de outros afamados cantores como as patativas e os canários. Existem diferenças morfológicas marcantes entre os Curiós de diversas regiões do país. O bico, a conformação da cabeça e o timbre de voz também sofrem variações. Muitos estudiosos e criadores acreditam se tratar de subespécies que ainda não foram catalogadas.

Zebuínos no Brasil - raça Nelore e Nelore Mocho

O primeiro casal de Ongole ao chegar ao Brasil foi em 1875. A princípio, o Nelore era cruzado com o Guzerá, tanto quanto com outras raças que chegavam da Índia, pois na concepção antiga "tudo era Zebu". Devido ao fato de os criadores gostarem de orelhas grandes, característica que diferenciava o gado europeu do indiano, ganhavam destaque os produtos que mais se assemelhavam ao Guzerá (Guzonel). Com isto, o Nelores, de curtas orelhas caía em depreciação e menos prestígio. Apenas na década de 1950, o Nelore passou a frequentar as Provas de Ganho de Peso nos concursos, mostrando ser um animal realmente precoce e de alta velocidade de ganho de peso. Por se tratar de um gado rústico, exigir pouca mão de obra, ser resistente, precoce e também pelo fato de as vacas não precisarem ser recolhidas aos currais no momento da parição, o Nelore começou a ?ganhar o mundo?, desbravando fronteiras agropecuárias antes inimagináveis. Com isto, a vaca Nelore garantiu o predomínio da raça no país inteiro. Pela primeira vez, o pecuarista podia ter um gado que exigia pouco trabalho, permitindo que a atenção ficasse voltada para o melhoramento zootécnico. Desde 1955, o Nelore nunca mais parou de aumentar seu efetivo e hoje predomina na maior parte do território pecuário nacional.

7 pragas agrícolas de fora que ameaçam as frutíferas do Brasil

Bactérias, fungos, vírus, nematoides, insetos e ervas daninhas estão entre as pragas agrícolas quarentenárias, ainda não encontradas no Brasil, mas que podem colocar em risco os cultivos de frutíferas do país. Com ações preventivas, como plano de contingência e alerta fitossanitário, é possível impedir ou dificultar a entrada dessas pragas em nosso território, principalmente via importação.

Peixes de água doce do Brasil - principais espécies, distribuição geográfica, habitat, alimentação, reprodução e características gerais

Os peixes de água doce do Brasil são inúmeros, existem cerca de 25.000 espécies, com grande variedade de formas e habitats. Todas apresentam características bastante distintas umas das outras. Principalmente, quanto ao comportamento, que pode ser o mais variado. Alguns peixes de água doce têm hábitos noturnos e, durante o dia, praticamente não se movimentam. Já outros precisam de menos oxigênio do que a maioria. Enfim, o universo dos peixes de água doce é bastante amplo. Por isso, é muito importante conhecê-lo a fundo para obter informações específicas so

Peixes de água doce do Brasil - Pirarucu (Arapaima gigas)

O peixe Pirarucu é o maior peixe de escamas de água doce do Brasil e um dos maiores do mundo. Possui corpo em forma cilíndrica, cabeça achatada e mandíbulas salientes. Seus olhos são amarelados e de pupila azulada, um tanto salientes. Sua coloração é marrom-esverdeada, escura no dorso a avermelhada nos flancos, sendo a intensidade variável de acordo com o tamanho do individuo e com o tipo de água em que vive. É uma espécie que tem respiração acessória, utilizando-se do oxigênio dissolvido na água, mas principalmente do ar e, por isso, tem que subir frequentemente à superfície d´água. Pode viver mais de 18 anos. Devido à sua excelente carne, é considerado o Bacalhau Brasileiro. Pode atingir comprimento máximo de 2,10 m e 112 Kg de peso.

Horta: como plantar Grão-de-bico (Cicer arietinum L.)

O grão-de-bico (Cicer arietinum L.) é uma leguminosa produzida, principalmente, no Sul do Brasil. É uma planta de origem asiática, de regiões muito frias e, por este razão, se adapta melhor na região Sul, por suas temperaturas mais baixas. Apesar disto, existem variedades que podem se adaptar às condições do cerrado e com uma produtividade muito boa, acima das médias mundiais. É uma planta herbácea, de ciclo anual, com folhas verde-amareladas, flores brancas e que alcança até 60 cm de altura.

Horta: como plantar Nabo (Brassica rapa L.)

O nabo, assim como os outros membros do gênero Brassica, é de origem europeia e foi introduzido no Brasil pelos colonizadores portugueses. Desde então, tem sido parte da alimentação dos brasileiros por ser um alimento saboroso e bastante nutritivo. O Nabo é uma planta herbácea anual ou bianual, de altura de folhas em torno de 35 cm. Estas são verdes, sem pelos, recortadas e amplexicaules. Suas flores são amarelas e os frutos são do tipo síliquas.

Biomas do Brasil - Zona Costeira

O Brasil, devido a sua grande extensão territorial e localização, é um país privilegiado quando comparado aos demais. Possui 7.367 km de litoral, composto por diversos tipos de formações vegetais, enorme variabilidade de espécies animais, formada por uma grande diversidade de ecossistemas. Toda essa extensão da Zona Costeira ou faixa litorânea brasileira é caracterizada por vários tipos de paisagem ? dunas, ilhas, praias, recifes, costões rochosos, baías, estuários, brejos e falésias, e vai do Norte (Cabo Orange, na foz do Rio Oiapoque) ao Sul do país (Chuí), passando por 17 Estados e mais de 400 Municípios. É uma faixa complexa, dinâmica, mutável e sujeita a vários processos geológicos, provocados pela ação mecânica das ondas, das correntes e das marés, fatores modeladores das zonas costeiras.

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!