Como é feita a polinização do maracujá?

As flores do maracujá abrem-se de maneira sincronizada, uma única vez, e devem ser fecundadas no período em que estão abertas. Passado esse período, as que não são polinizadas caem da planta

Como é feita a polinização do maracujá?   Artigos Cursos CPT
 

As flores do maracujá abrem-se de maneira sincronizada, uma única vez, e devem ser fecundadas no período em que estão abertas. Passado este período, aquelas que não sofreram fecundação caem da planta. Segundo Waldir Vicente dos Santos, professor do Curso a Distância CPT Produção de Maracujá, em Livro+DVD e Curso Online, "A flor do maracujá apresenta alguns problemas com relação à polinização e o primeiro deles é a posição do androceu em relação ao gineceu, o que dificulta que o grão de pólen atinja o estigma. O segundo problema acontece devido ao fato de o grão de pólen ser bastante pesado. Ao se soltar, ele cai no interior da flor ou no solo, não ocorrendo a polinização. O terceiro problema é a autoincompatibilidade, já que o pólen de uma planta é incapaz de fertilizar as flores dela mesma. Para que ocorra a fertilização é necessário, portanto, que haja plantas com diferentes genótipos na lavoura e, também, a presença de insetos polinizadores".

O tipo de flor, de acordo com a curvatura do estilete, também interfere na polinização. Segundo Bruckner et al. (2001), os estiletes encontram-se em posição vertical, logo que a flor se abre. Mas, logo após eles se curvam até que os estigmas fiquem no mesmo nível das anteras. Assim, curvados, os estigmas podem ser tocados pelos insetos polinizadores e retêm os grãos de pólen. No entanto, nem sempre ocorre a curvatura completa do estilete, o que dificulta a polinização pelos insetos.

Assim, podemos classificar as flores em três tipos: com estiletes totalmente curvos, com estiletes parcialmente curvos e com estiletes sem curvatura. Aquelas com estilete curvo apresentam maior taxa de fecundação, seguida por aquelas que têm estilete parcialmente curvo. No entanto, as flores com estiletes sem curvatura não dão frutos, mesmo quando são polinizadas artificialmente. As plantas que geram flores sem curvatura devem ser eliminadas, quando se faz a seleção de plantas para retirada de sementes.

Como acontece a polinização do maracujazeiro   Artigos Cursos CPT


I- Como acontece a polinização do maracujazeiro



- Principal agente polinizador

As flores do maracujazeiro são grandes, vistosas, aromáticas e com abundância de néctar, por isso, são muito atrativas aos insetos. O principal agente polinizador natural do maracujá, no Brasil, é a mamangava, uma abelha do gênero Xylocopa, que vive em mourões podres e nas matas. Quando elas visitam a flor do maracujazeiro, em busca do néctar, encostam seu dorso nos estames onde estão os grãos de pólen. Por serem de grande porte, conseguem alcançar o estigma de outras flores, efetuando a polinização.

Atenção:

Os insetos menores coletam o néctar ou o pólen, na maioria das vezes não realizando a polinização. Sendo assim, a presença de insetos pequenos, como a abelha Apis mellifera e a abelha Irapuá, pode ser prejudicial à polinização.

- Como preservar a mamangava

A preservação e o incremento da população de mamangavas é muito importante para o sucesso da polinização. As medidas que podem ser empregadas para estimular as visitas da mamangava à lavoura são: o plantio de espécies que produzem flores atrativas, como: o hibisco, a cariola e a cássia; a preservação das matas nativas próximas ao plantio; e a disposição de mourões apodrecidos e tocos secos de bambu perto da plantação, para servirem de abrigo às mamangavas.  Outro cuidado é na aplicação de produtos químicos para o controle de pragas e doenças, que deve ser feito no período da manhã, antes da abertura das flores do maracujazeiro. Quando as flores estão abertas, esses produtos podem matar os agentes polinizadores que estiverem na lavoura.

2- O que atrapalha a polinização do maracujazeiro



O excesso de chuva prejudica a produção do maracujá, pois quando o tempo está nublado e chuvoso, os insetos reduzem sua atividade. Além disso, o excesso de umidade leva ao rompimento dos grãos de pólen, reduzindo sua viabilidade e, portanto, a fertilização das flores.

3- Polinização artificial



Para se ter maior produtividade da lavoura, recomenda-se a realização da polinização artificial, uma vez que a polinização natural realizada pelas mamangavas não é suficiente para polinizar todas as flores, principalmente nos surtos de grandes floradas.

- Como proceder à polinização artificial

A polinização artificial é feita pela transferência dos grãos de pólen de uma flor para outra, com os dedos ou com o auxílio de dedeiras de feltro, no período da tarde, entre 12 horas e 30 minutos e 18 horas, horário em que as flores estão abertas. A polinização artificial pode ser feita nos períodos de maior floração para se obter um maior rendimento. Recomenda-se o caminhamento rápido do operador, passando de uma planta a outra, para misturar os polens. A frequência da polinização artificial deve ser de duas a três vezes por semana.

Um indicativo da necessidade de se realizar a polinização artificial ou mesmo se é necessário o aumento da população de mamangavas é quando se observa uma grande quantidade de flores caídas no chão do pomar. Isto pode acontecer quando a flor do maracujá não é fecundada. Ela se abre e cai. Caso a quantidade de flores caídas por planta for grande, deve ser feita a polinização artificial.

Conheça o Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Fruticultura.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso Produção de Goiaba Curso Produção de Goiaba

Com Prof. Pesquisadores da Goiabrás

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Pêssego Curso Produção de Pêssego

Com Prof. Francisco Ramos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Maracujá Curso Produção de Maracujá

Com Prof. Waldir Vicente dos Santos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Fruticultura

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade